161128935.jpg

Ninguém lhe garante que se comer irrepreensivelmente vai viver até aos 96. Mas podemos tomar medidas preventivas face ao que já sabemos. Prepare-se para algumas surpresas,  ensinadas por David Khayat,  presidente do Instituto Francês  do Cancro, autor do livro  ‘O Verdadeiro Regime Anti-Cancro’ (Livros d’Hoje).

Copie os japoneses

Arroz, fruta e legumes: é a base da alimentação das mulheres japonesas, que têm menos cancro da mama que as americanas. Mas quando emigram para os Estados Unidos, a segunda geração já ‘apanhou’ as americanas. A conclusão não é difícil de tirar: estas mulheres adotaram os hábitos alimentares dos ocidentais e, com eles, as suas doenças. Outra conclusão: não faça como elas. Siga o Japão, não a América.

‘Pesque’ bem os peixes

Teoricamente seriam um alimento saudável, o problema é que estão contaminados por vários tipos de metais tóxicos. E são os mais gordos os mais contaminados:  espadarte, atum, enguia, cação, salmão. Então mas não têm ómega 3, que seria benéfico? Alternativa: há mais peixes com ómega 3 que estão menos contaminados, como a sardinha e a cavala. Pode igualmente escolher dourada ou robalo, linguado ou solha. E se não for afetada pela crise, que tal um belo prato de camarões?

Coma carne…de vez em quando

Tem sido a má da fita, mas há que lembrar que não comemos a mesma carne dos dois lados do Atlântico. Um bife europeu tem metade das calorias e da gordura de um bife americano. Além disso, um europeu come em média 50g de carne vermelha por dia (menos do que o tamanho da palma da mão – sem os dedos, se faz favor). Um americano come quase três vezes mais! Portanto, coma carne, se quiser, mas pouca, bem escolhida e… mal passada..

Esqueça o bife grelhado

Ao contrário do que nos doutrinaram até aqui, não devemos comer a carne grelhada nem muito bem passada, que  provoca um aumento de elementos cancerígenos. Se colocar um pouco de gordura na frigideira, esta vai interpor-se entre o metal aquecido e a carne, o que resulta numa cozedura mais suave, com menos substâncias cancerígenas. Crua, guisada ou estufada: são as melhores maneiras de comer carne. Acompanhe com legumes. Quanto às carnes brancas, coma as que quiser. Mas em ambas, se possível, escolha biológica.

Vai uma tacinha de arroz doce?

Com 250g de arroz doce e um iogurte, a sua dose diária de cálcio fica completa. Claro que também pode comer queijo fresco e leite magro. As mulheres precisam de produtos lácteos, sobretudo após a menopausa, devido à desmineralização óssea. Mas não obrigue o seu marido a comer iogurte: Khayat diz que os homens devem afastar-se dos laticínios, devido à sua relação com o cancro da próstata (desse pelo menos nunca sofreremos…).

Tome cálcio

Tome um comprimido de cálcio após a refeição com carne: para contrariar a ação cancerígena do sangue da carne sobre a mucosa intestinal.

Dê carta branca aos ovos

Desde que não tenha o colesterol elevado, os ovos são um alimento neutro do ponto de vista do cancro. Nada a apontar. Siga para mexido.  E mais uma vez,  prefira a modalidade biológica, se puder.

Faça salada de fruta

Legumes e frutas são muito benéficos: estimulam as defesas antioxidantes que controlam os estragos feitos pelos radicais livres nas nossas células. Além disso, têm poucas calorias, fraco índice glicémico e alto teor de fibra. Os ingredientes mais poderosos: vitamina C (laranjas, brócolos, quivis, couves), E (cenouras e tomate) e compostos aliáceos (contidos no alho e na cebola).

Ponha o arco-íris no prato

Os famosos antioxidantes capazes de desintoxicar as células são os mesmos que dão a cada fruto e legume a sua cor. Por isso, quanto mais (naturalmente) colorido for o seu prato, mais saudável será.

Escolha produtos biológicos

Más notícias: frutos e legumes são a principal fonte de elementos cancerígenos: nitratos, pesticidas, fungicidas, e outros produtos químicos. Os mais contaminados: pimento, tomate, alho-francês, alface, morangos, tangerinas e uvas. Os mais seguros: cenouras, batatas, pepinos, pêssegos, bananas, maçãs e quivis. Antes de comer, lave-os bem e deite fora as folhas exteriores (no caso das couves e alfaces). De qualquer maneira, coma legumes e fruta mesmo que não consiga comprar biológicos.

Gorduras sim, mas poucas

Todas as gorduras têm as mesmas calorias por grama: cerca de 9. Todas devem ser consumidas em quantidade moderada. E a ideia de que tudo o que é vegetal é benéfico para a saúde é errada (afinal, o tabaco é um vegetal…).

Não deixe que o óleo ‘fume’

Quando aquecidos, os óleos libertam poderosos agentes cancerígenos. O mais resistente é o óleo de amendoim (degrada-se a 227ºC, por oposição aos 160 do azeite), que além disso tem um sabor neutro. Guarde o azeite para as saladas e sopas. Ah, e cuidado ao cozinhar no wok: não deixe o óleo fumegar, sinal que já aqueceu demais e a sua estrutura alterou-se. Mude o óleo se isso acontecer.

Defenda-se da acrilamida

Se calhar nunca ouviu falar dela, mas é uma das suas mais potentes inimigas: é uma substância cancerígena que se produz quando se aquece a altas temperaturas um aminoácido chamado asparagina. Problema: esta representa 40% dos aminoácidos das batatas fritas, 14% da farinha de trigo e 18% na de centeio. Está presente em algumas bebidas com café, nos aperitivos, nos biscoitos e bolos, nos cereais de pequeno almoço, em tostas e bolachas, em alguns produtos infantis, pré-cozinhados e lácteos.

Açúcar: sim ou não?

Bem, David Khayat diz que sim… Não vos queremos tirar esta alegria: “Nenhum estudo sério conseguiu obter qualquer resultado reproduzível sobre a ligação entre comer açúcar e cancro.” De qualquer maneira, se o açúcar em si não representa o diabo, existe sim uma relação entre excesso de peso e cancro (ver Caixa), por isso não desate a comer bolas-de-berlim como se não houvesse amanhã. Mas, afinal, por que é que vivemos apaixonadas pelo açúcar? Para começar, porque os recetores do sabor doce são não só os mais numerosos como os primeiros a aparecer, quando ainda estamos na barriga das mães. Quando se fala em ‘memórias afetivas’, no caso do açúcar elas vão mesmo muito longe… 

Beba um copito de vinho

Como em tudo, não abuse: mas o consumo diário de dois copos de vinho para as mulheres e três para os homens é bom para a saúde. E lembre-se que o vinho tinto é cinco vezes mais benéfico que o branco: estimula o ‘suicídio’ das células anormais e melhora as capacidades de reparação dos genes danificados.

Não abuse dos sumos

São, em geral, demasiado calóricos,  mas o sumo de uva puro e o sumo de romã são benéficos, principalmente contra o cancro da mama. Curiosidade: se vai expor-se ao sol e tem a pele muito branca, esqueça o sumo de laranja: é rico em substâncias cancerígenas para a pele em presença do sol! Segundo um estudo recente, beber muito sumo de laranja pode estar ligado ao risco de desenvolver melanoma. E atenção: o aumento do consumo dos refrigerantes foi um dos maiores contributos para o aumento de peso da população. 

Peça um café

Uma boa notícia para os portugueses: todos devíamos beber café (com cafeína mesmo, que o descafeinado não faz bem nem mal) e chá (especialmente o verde) são antioxidantes.

Diversifique a alimentação

Nada é cancerígeno se comido de vez em quando. Um pacote de batatas fritas não a vai matar, um churrasco não vai provocar cancro no cólon. Adapte aquilo que come àquilo que gasta. E o principal: coma com gosto. “Laennec, um dos mais ilustres médicos franceses, costumava dizer que a doença era o resultado de paixões tristes…”

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

Floreiras a dar elegância e natureza à decoração

Floreiras a dar elegância e natureza à decoração

No bairro da Estrela, em Lisboa, um projeto chave na mão

No bairro da Estrela, em Lisboa, um projeto chave na mão

Joana Vasconcelos: “Quando trabalho, o ritmo é intenso, sou imparável”

Joana Vasconcelos: “Quando trabalho, o ritmo é intenso, sou imparável”

IDC: 15% dos pagamentos internacionais serão liquidados em tempo real até 2026

IDC: 15% dos pagamentos internacionais serão liquidados em tempo real até 2026

Sede da PIDE, o último bastião do Estado Novo

Sede da PIDE, o último bastião do Estado Novo

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

ESG Talks: “Só temos um cenário: fazer aquilo que nos for possível”

ESG Talks: “Só temos um cenário: fazer aquilo que nos for possível”

Em “A Promessa”: Verónica faz amor com Tomás

Em “A Promessa”: Verónica faz amor com Tomás

São João: 12 ideias para celebrar a noite mais longa do Porto

São João: 12 ideias para celebrar a noite mais longa do Porto

Sirius Aviation mostra eVTOL movido a hidrogénio líquido

Sirius Aviation mostra eVTOL movido a hidrogénio líquido

Restrições ao consumo de água no Algarve vão ser aliviadas

Restrições ao consumo de água no Algarve vão ser aliviadas

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Quem tinha mais poderes antes do 25 de Abril: o Presidente da República ou o Presidente do Conselho?

Quem tinha mais poderes antes do 25 de Abril: o Presidente da República ou o Presidente do Conselho?

Jantar fora à segunda-feira? É no Sea Me – Peixaria Moderna

Jantar fora à segunda-feira? É no Sea Me – Peixaria Moderna

ATL para desportistas e aventureiros

ATL para desportistas e aventureiros

A relação surpreendente entre o desempenho cognitivo das mulheres e a menstruação

A relação surpreendente entre o desempenho cognitivo das mulheres e a menstruação

Agenda pais e filhos: 8 sugestões para Lisboa e Porto

Agenda pais e filhos: 8 sugestões para Lisboa e Porto

Família real da Bélgica celebra mais uma vitória no Europeu de 2024

Família real da Bélgica celebra mais uma vitória no Europeu de 2024

Como as poeiras do Saara podem ajudar a impedir furacões

Como as poeiras do Saara podem ajudar a impedir furacões

VISÃO Se7e: Aproveitar os dias e noites de verão

VISÃO Se7e: Aproveitar os dias e noites de verão

Kiwi contra um dos mais dolorosos efeitos secundários da quimioterapia. O

Kiwi contra um dos mais dolorosos efeitos secundários da quimioterapia. O "método inovador" criado por investigadores portugueses

Inster será o 100% elétrico mais acessível da Hyundai

Inster será o 100% elétrico mais acessível da Hyundai

Perfumaria brasileira celebra a chegada do calor e conquista Lisboa e a Comporta

Perfumaria brasileira celebra a chegada do calor e conquista Lisboa e a Comporta

Princesa Ana hospitalizada após acidente

Princesa Ana hospitalizada após acidente

Carros elétricos chineses deverão ficar mais caros

Carros elétricos chineses deverão ficar mais caros

Em “A Promessa”: Laura e Maria descobrem que Nuno está à beira da morte

Em “A Promessa”: Laura e Maria descobrem que Nuno está à beira da morte

A La Redoute Intérieurs apresentou a sua nova coleção em Paris

A La Redoute Intérieurs apresentou a sua nova coleção em Paris

Mulheres confiantes antecipam o verão em fim de tarde à beira-mar

Mulheres confiantes antecipam o verão em fim de tarde à beira-mar

Há mais três emails-fraude a chegar em nome das Finanças a que é preciso estar atento

Há mais três emails-fraude a chegar em nome das Finanças a que é preciso estar atento

25 peças para receber a primavera em casa

25 peças para receber a primavera em casa

IRS: Falta muito para receber o seu reembolso? Saiba como ler o estado da sua declaração

IRS: Falta muito para receber o seu reembolso? Saiba como ler o estado da sua declaração

JL 1400

JL 1400

Sirius Aviation mostra eVTOL movido a hidrogénio líquido

Sirius Aviation mostra eVTOL movido a hidrogénio líquido

"O que é verdadeiramente desafiante é as marcas saberem o que leva as pessoas às lojas e o que funciona online". Leah Johns em entrevista

Exposição solar: O problema dos UVA

Exposição solar: O problema dos UVA

Os festivais de verão

Os festivais de verão

Quis Saber Quem Sou: Será que

Quis Saber Quem Sou: Será que "ainda somos os mesmos e vivemos como os nossos pais?"

ESG Talks:

ESG Talks: "Nós somos muito rápidos a criar legislação e depois pouco rápidos a operacionalizá-la"

Participe na conferência “Gestão de Talento no setor da Tecnologia”

Participe na conferência “Gestão de Talento no setor da Tecnologia”

Inspire-se no

Inspire-se no "look" de Matilde Reymão

Francisco Monteiro mostra momento de intimidade com Bárbara Parada

Francisco Monteiro mostra momento de intimidade com Bárbara Parada

Festivais de música erudita a não perder este mês

Festivais de música erudita a não perder este mês

ESG Talks: “A ciência, a tecnologia e a inovação são sempre fundamentais”

ESG Talks: “A ciência, a tecnologia e a inovação são sempre fundamentais”

Alpine A290: elétrico, tecnológico… e endiabrado

Alpine A290: elétrico, tecnológico… e endiabrado

Campos de férias: será que o meu filho sobrevive?

Campos de férias: será que o meu filho sobrevive?

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites