Há um critério que guia todas as decisões em torno dos produtos da Smile Makers: “temos que nos sentir confortáveis em mostrá-los às nossas mães”.  A marca de ‘bem-estar sexual’, a primeira a conseguir vender vibradores através dos canais convencionais de distribuição – e não só em sex shops – destaca-se pelo design elegante, embalagens divertidas e uma abordagem diferente – mais holística – ao bem estar, que deve obrigatoriamente incluir o prazer sexual.  

Dirigida a todas as pessoas com vulva, a marca foi fundada por Peder Wikström e Mattias Hulting, dois ex executivos da Procter & Gamble, mas, como não fazia sentido ter dois homens a decidir sobre uma marca que defende o bem estar feminino, a operação propriamente dita é liderada por mulheres. Cécile Gasnault, gestora de marca da Smile Makers, explica-nos tudo sobre o conceito que promete apimentar este Natal… e mais além. Os vibradores e demais produtos da Smile Makers estão à venda na Sephora e no site da marca.

Como surgiu a ideia da Smile Makers?

Tudo começou com uma experiência pessoal de um dos nossos fundadores, que quis comprar um vibrador para a mulher e achou a experiência muito frustrante. O facto de a distribuição destes produtos estar limitada às lojas da especialidade e ao online era muito estigmatizante. E os designs e cores nas prateleiras eram muito repetitivos e os materiais de má qualidade. Mas mesmo quando começámos em 2012, o uso do vibrador era muito comum (mais de 1 em cada 2 pessoas com vulva nos mercados que analisámos) e o interesse pelos vibradores ainda mais (um terço dos que não usavam tinham curiosidade em experimentar!), e muitos estudos científicos haviam documentado os benefícios de saúde física e mental do prazer sexual.  

 Qual a missão da marca?

Quando começámos a nossa missão era normalizar a perceção sobre a sexualidade feminina. Fomos a primeira marca a trabalhar com o retalho convencional. E os nossos esforços compensaram. Hoje, as mentalidades estão a mudar e a categoria é agora reconhecida como parte de uma abordagem mais holística ao bem estar, quer seja no retalho ou nos media. Mas, quando falamos de sexualidade feminina, continuam a haver crenças limitadoras que nos impedem de a aproveitar ao máximo. Têm a ver com as ‘sexpectations’, que são condicionadas pela cultura e até pela educação sexual que tende a focar-se apenas no sexo com parceiro e penetração. O sexo deve ser descoberto com entusiasmo e curiosidade, uma e outra vez, ao longo das nossas vidas. E é por isso, que ao entráramos na segunda década da nossa jornada na Smile Makers, queremos acabar com essas crenças limitadoras. A nossa missão é inspirar pessoas com vulvas a definir os seus próprios padrões de sexo de qualidade.

Quais são os principais produtos?

Queremos adotar uma abordagem abrangente e holística do sexo. Em ambientes heterossexuais, sexo não é apenas sexo com penetração. O sexo nem sempre é feito com um parceiro. Sexo não é apenas perseguir orgasmos. Sexo não é apenas uma experiência física. A nossa oferta deve refletir isso.

É por isso que a nossa oferta abrange 3 categorias principais: uma coleção de vibradores, com diferentes categorias de preços e tecnologias, para iniciantes e utilizadores experientes; uma gama de produtos íntimos para que o sexo seja seguro e confortável, com lubrificantes e toalhitas íntimas; e uma série recém-lançada de produtos que contribuem para o mood e a estimulação de sentidos chamados ‘Sensorial Play’, com velas perfumadas e óleos de massagem, desenvolvidos com insights sobre gatilhos sexuais relacionados com o olfato.

Porque não queriam vender nas sex shops?

Mais de metade das pessoas com vulva quer encontrar vibradores no retalho tradicional – 56%, segundo uma pesquisa de 2020 realizada por um organismo independente -, mas até há alguns anos, a categoria era inexistente e os vibradores só podiam ser encontrados em sex shops, online ou offline.

A nossa intenção, ao focarmo-nos no desenvolvimento da categoria de bem-estar sexual para o retalho convencional era atender a esse segmento.

Foi também uma forma de provar pragmaticamente que comprar brinquedos sexuais é tão comum quanto comprar uma máscara facial ou um tapete de ioga, artigos que pode optar por comprar numa loja especializada ou não.

As sex shops são quase por definição uma loja especializada – uma loja que oferece uma ampla variedade de produtos dentro de uma categoria específica. Mas não vemos o bem-estar sexual como uma categoria especializada, portanto, também deve existir nas lojas comuns.

Estender a distribuição e a comunicação em torno dos brinquedos sexuais para além da indústria tradicional ampliou o alcance desta conversa. Ajudou e ainda ajuda a desestigmatizar o tema.

Que outros grandes desafios a marca encontrou pelo caminho?

O principal desafio que ainda enfrentamos é a limitação do marketing de performance nas grandes plataformas online como Meta, GDN, etc… Este é um grande canal que permanece fechado. A Meta anunciou recentemente que autorizaria a publicidade de “produtos que abordam os efeitos da menopausa”, “alívio da dor durante o sexo” e “educação sexual”, mas quando tentámos anunciar os nosso lubrificante íntimos, usando a cópia exata da suas diretrizes, ou os nossos óleos de massagem, os nossos anúncios foram recusados.

O mercado português foi um grande desafio?

Não mais do que outros mercados. Todos os mercados se consideram mais conservadores do que são, o que é bastante interessante. O sexo ainda é um tabu, mas há uma procura crescente por conversas não sensacionalistas, informadas, inclusivas e respeitosas sobre sexo em todos os lugares.

É por isso que lançámos há alguns anos um programa de educação sexual gratuito chamado Vulva Talks, com base em perguntas que recebemos ao longo dos anos e desenvolvido em conjunto com especialistas em saúde sexual.

Qual é o best-seller mundial da Smile Makers?

Na nossa loja online, onde temos um questionário ‘Como escolher’ para orientar os compradores para uma recomendação personalizada com base nas suas preferências em relação ao prazer, os mais vendidos são The Firefighter, um vibrador clitoriano, e The Artist, um vibrador duplo.

Curiosamente, isso muda quando as pessoas não têm acesso ao questionário, o que costuma acontecer nos nossos parceiros de retalho. Lá, os mais vendidos costumam ser The Surfer, outro vibrador de clitóris, e The Billionaire, um vibrador versátil. Ambos têm formas mais clássicas que as pessoas já conhecem.

Na sua experiência, o Natal é um impulsionador de vendas?

O período que vai de dezembro até o Dia dos Namorados é um bom momento para a nossa categoria, seja para se presentear, presentear um companheiro ou um amigo.

O grande sonho da Smile Makers?

Ser vendido em todos os países e ser um nome tão reconhecido como o de outras marcas de bem-estar, como grandes marcas desportivas, marcas de cuidados da pele, marcas de água…

Fotos: divulgação

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

Sede da PIDE, o último bastião do Estado Novo

Sede da PIDE, o último bastião do Estado Novo

O romântico casamento da filha de Eminem

O romântico casamento da filha de Eminem

Mini Cooper SE: fun, fun, fun…

Mini Cooper SE: fun, fun, fun…

Serif Affinity V2 em teste: Adeus Adobe?

Serif Affinity V2 em teste: Adeus Adobe?

Planeta continuou a aquecer em abril apesar da diminuição do El Niño

Planeta continuou a aquecer em abril apesar da diminuição do El Niño

Quero fazer teletrabalho, mas o meu patrão não deixa. Posso exigir?

Quero fazer teletrabalho, mas o meu patrão não deixa. Posso exigir?

AI Act: Europa dá 'luz verde' final à legislação sobre Inteligência Artificial

AI Act: Europa dá 'luz verde' final à legislação sobre Inteligência Artificial

Charlotte Casiraghi e Beatrice Borromeo apaixonadas pelo mesmo estilo de vestido

Charlotte Casiraghi e Beatrice Borromeo apaixonadas pelo mesmo estilo de vestido

Ex-gestor da Santa Casa no Brasil denunciou ameaças à PSP

Ex-gestor da Santa Casa no Brasil denunciou ameaças à PSP

O futuro começou esta noite. Como foi preparado o 25 de Abril

O futuro começou esta noite. Como foi preparado o 25 de Abril

Inês vive susto na lua de mel com Paulo em “Casados à Primeira Vista”

Inês vive susto na lua de mel com Paulo em “Casados à Primeira Vista”

Será que vamos bater o 12º recorde de temperatura mensal seguido?

Será que vamos bater o 12º recorde de temperatura mensal seguido?

A diversidade e a necessidade de “rebentar a bolha”

A diversidade e a necessidade de “rebentar a bolha”

Jl 1399

Jl 1399

Transparência do

Transparência do "look" de Bella Hadid dá que falar na passadeira vermelha de Cannes

O problema dos ultraprocessados consumidos por crianças entre os 3 e os 6 anos

O problema dos ultraprocessados consumidos por crianças entre os 3 e os 6 anos

Há mar e mar, há ser e há proclamar

Há mar e mar, há ser e há proclamar

Clive Owen é Monsieur Spade na nova série do TVCine Edition

Clive Owen é Monsieur Spade na nova série do TVCine Edition

Narrativas estrambólicas e contos que nos fazem pensar

Narrativas estrambólicas e contos que nos fazem pensar

Passatempo: ganha convites duplos para 'IF - Amigos Imaginários'

Passatempo: ganha convites duplos para 'IF - Amigos Imaginários'

David Carreira e Carolina Carvalho vão ser pais de Camila? - O segredo mais bem guardado

David Carreira e Carolina Carvalho vão ser pais de Camila? - O segredo mais bem guardado

Lisbon Design Week: Cinco dias para celebrar a criatividade, bairro a bairro

Lisbon Design Week: Cinco dias para celebrar a criatividade, bairro a bairro

Quis Saber Quem Sou: Será que

Quis Saber Quem Sou: Será que "ainda somos os mesmos e vivemos como os nossos pais?"

Humor e irreverência em iluminação

Humor e irreverência em iluminação

Auditoras falharam a identificar 75% dos colapsos de empresas

Auditoras falharam a identificar 75% dos colapsos de empresas

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

Flashbacks e outras visões de futuro no novo projeto do agrupamento Sete Lágrimas

Flashbacks e outras visões de futuro no novo projeto do agrupamento Sete Lágrimas

Em Paris, um apartamento haussmaniano com paleta contemporânea

Em Paris, um apartamento haussmaniano com paleta contemporânea

Peugeot melhora condições de garantia para todos os 100% elétricos

Peugeot melhora condições de garantia para todos os 100% elétricos

Sem Kate, William recebe o apoio dos primos e abre os jardins do Palácio a oito mil pessoas

Sem Kate, William recebe o apoio dos primos e abre os jardins do Palácio a oito mil pessoas

Médico australiano livre de cancro no cérebro graças a tratamento inovador desenvolvido pelo próprio

Médico australiano livre de cancro no cérebro graças a tratamento inovador desenvolvido pelo próprio

Flipper Zero: Conheça o gadget dos hackers

Flipper Zero: Conheça o gadget dos hackers

Quem é que estava na entrada e autorizou a menina a sair?

Quem é que estava na entrada e autorizou a menina a sair?

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

OMS atualiza lista de bactérias que ameaçam saúde humana por resistirem aos antibióticos

OMS atualiza lista de bactérias que ameaçam saúde humana por resistirem aos antibióticos

Tal como o pai, a princesa Leonor recebe o título de Filha Adotiva de Saragoça

Tal como o pai, a princesa Leonor recebe o título de Filha Adotiva de Saragoça

Diana Chaves confessa que casamento de Elisabete e Francisco foi

Diana Chaves confessa que casamento de Elisabete e Francisco foi "constrangedor"

Naomi Campbell celebra 54 anos

Naomi Campbell celebra 54 anos

Os ténis

Os ténis "mais cómodos do mundo" e os favoritos do rei Filipe VI são fabricados em Portugal

15 de maio: Dia Internacional da Família

15 de maio: Dia Internacional da Família

Lisbon Design Week, evento dedicado ao design e artesanato contemporâneo

Lisbon Design Week, evento dedicado ao design e artesanato contemporâneo

VOLT Live: O estudo que prova que os 100% elétricos são a opção mais económica para as empresas

VOLT Live: O estudo que prova que os 100% elétricos são a opção mais económica para as empresas

Óculos de sol: 35 modelos para usar agora e sempre

Óculos de sol: 35 modelos para usar agora e sempre

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

O fracasso da AIMA, a frustração dos imigrantes e a inércia do Governo

O fracasso da AIMA, a frustração dos imigrantes e a inércia do Governo

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites