Catarina Vassalo

Com formação de base em restauro de metais, Catarina Vassalo passou por Inglaterra e Espanha antes de regressar a casa. Desde então que, no seu atelier, em Sintra, continua a sua missão de empoderar as mulheres no seu dia a dia através de peças únicas – bandoletes, toucados, brincos, etc – que vão buscar muito ao universo dos casamentos sem nele se esgotarem. Romântica incurável com os pés bem assentes na terra, dois lados da mesma mulher que nos coroa com a sua criatividade e que segue apenas uma tendência eterna: ser fiel à sua essência.

Londres e Valência, que significado têm estas cidades no seu percurso?

Têm muito significado, tanto na minha história pessoal como Catarina – porque foram os sítios onde comecei a minha familia e nasceram as minhas filhas Mia e Emma – como na história da Cata Vassalo enquanto marca. Costumo dizer que as maiores aprendizagens que fiz nestas cidades foram a nível de soft skills e personalidade. Em Inglaterra aprendi que o ‘não’ é sempre garantido e, por isso, a saber lidar e superar cada dificuldade. Em Espanha, como as pessoas têm muita alegria e esperança, guardei a máxima: “mañana más y mejor”. Ambas as culturas ajudaram-me a ser quem sou e isso reflete-se nos meus designs e, por isso, na minha marca.

Por que regressou a Portugal?

Porque é aqui que sou feliz. Foi muito importante para mim viver fora, conhecer outras culturas, descobrir outro tipo de lifestyle e tendências e, como referi, isso influenciou a minha personalidade e a minha forma de estar e ver o mundo. No entanto, é em Portugal, com a minha família, que me sinto em casa.

Sempre foi fascinada pelo universo das noivas?

Costumo dizer que, na minha vida, tudo é uma sucessão de felizes acasos que vou agarrando. E o universo das noivas é um desses acasos. O que me fascinou desde sempre foi criar peças. Faço-o desde criança e sempre senti que não era apenas um hobby mas sim uma parte de mim e daquilo que é suposto fazer no mundo. Inspiro-me muito em viagens, nas paisagens, em flores, em plantas, nas formas orgânicas e o que tudo isto tem em comum é o facto de que na natureza tudo é único e irreproduzível – nem uma fotografia tem o poder de captar a beleza de um pôr do sol. Tento transportar esta unicidade para aquilo que desenho porque as pessoas são únicas e as noivas procuram precisamente algo que as distinga e caracterize. Neste sentido o mundo das noivas foi um feliz acaso na história da Cata Vassalo.

Vendeu o seu primeiro toucado no dia em Kate e William se casaram, a quem?

A uma noiva espanhola que, acredito, sentiu precisamente que, naquele dia, na sua vida, também ela seria uma rainha: a rainha da sua própria história. E isso é um bocadinho a missão da Cata Vassalo: tornar cada mulher a protagonista no seu dia e na sua vida.

O universo dos casamentos e a forma como nos vestimos para um casamento (noivas e convidadas) mudou muito desde que começou?

Mudou e continua a mudar. Cada vez mais noivas procuram um toucado para o seu casamento e existem sempre peças que correspondem à sua personalidade. Sejam elas mais tradicionais, mais boho, mais irreverentes, mais carismáticas… Quando me perguntam que tendências se devem seguir em 2023, eu costumo responder que na Cata Vassalo nunca seguimos tendências. Para nós, tendência é ser fiel à nossa própria essência e unicidade.

Qual o casamento que a marcou especialmente? Por todas as razões que mencionei, tenho que dizer que foi o dos príncipes William e Kate [na foto].

Se pudesse fazer uma peça para uma noiva com casamento marcado para 2023, qual seria?

Esta é fácil: gostava de fazer uma peça para cada noiva portuguesa com casamento marcado para 2023 e tenho a certeza que todas elas seriam diferentes e únicas.

Hoje, já não nos ‘produzimos’ apenas para determinadas ocasiões, é porque tendemos a fazer de todos os dias uma festa e não apenas dos dias especiais?

Acho que cada dia valorizamos mais o ‘agora’. O presente que é, de facto, um presente mas também a nossa personalidade e as nossas características. E, por isso, começamos a valorizar igualmente quem somos e a forma como estamos e vivemos esses pequenos momentos. Acredito que cada vez o faremos mais e tenho o objetivo de pôr as mulheres portuguesas a usar coroas, bandoletes e tiaras em todas as ocasiões especiais, sejam elas quais forem: uma festa de anos, um jantar com amigas ou um casamento. Não é a ocasião que faz a peça mas sim a mulher que a usa.

Porque decidiu diversificar e deixar de se dedicar apenas às noivas?

Na verdade, a Cata Vassalo não começou nas noivas. Eu sempre criei peças para mulheres e foquei-me inicialmente nas convidadas dos eventos. Só quando os príncipes William e Kate se casaram é que vendi o meu primeiro toucado de noiva. A Cata Vassalo sempre foi uma marca para mulheres únicas em momentos especiais. Hoje acreditamos que os momentos especiais podem ser todos os dias e isso foi a nossa grande diversificação.

Toucado Philos, Cata Vassalo

Se eu quiser uma peça personalizada, qual o processo?

Pode vir visitar-nos ao atelier em Sintra ou fazer um atendimento online. Também estamos à distância de um telefonema, de um email ou de uma mensagem no Instagram. Queremos saber quando é a data do casamento (ou do evento porque não fazemos apenas peças para noiva) – pedimos sempre pelo menos 3 ou 4 meses de antecedência -, queremos saber quem é, como será o penteado que vai usar, o vestido, o estilo do evento… Queremos conhecer a pessoa. No seu todo. Com isso começamos a mostrar e experimentar inspirações de peças e a montar mentalmente um esboço daquilo que será ‘a’ peça certa para aquela mulher. Depois de fechado esse briefing eu começo a criar.

Tem favoritos entre os elementos e materiais que usa na criação nas suas peças?

Adoro usar peças vintage e jóias de família. Para mim é sempre um desafio e um orgulho quando alguém me entrega uma peça que está na família há gerações e me dá a liberdade de lhe dar uma nova vida.

Uma história de amor que a tenha marcado….

A minha. Valorizo muito o que tenho.

É uma romântica incurável?

Podia dizer que já fui mais, mas isso não seria totalmente verdade. Sou muito romântica e acho que isso se nota nos meus designs, mas também sou muito prática, racional, frontal e tenho sempre os pés assentes na terra. É uma combinação estranha mas é o que me define.

O que é que a Catarina Vassalo tem em comum com a Cata Vassalo?

Tudo. A Cata Vassalo é a Catarina e a Catarina também é a Cata Vassalo.

Como descreveria o seu estilo?

Cata Vassalo. Acho que orgulhosamente hoje sinto que a Cata Vassalo tem um estilo próprio e que se define com o nome da marca. Não seguimos tendências. Fazemos peças únicas. Com flores, folhas, pedras, pérolas, brasões, formas orgânicas, que refletem personalidades, sonhos, momentos, histórias de família e em que existe romantismo, carisma, unicidade e verdade. Nunca fazemos uma cópia. Temos uma linha muito própria e na nossa equipa adoramos sentir que as clientes olham para uma peça e sabem logo se é Cata Vassalo.

Que peças podemos encontrar em maior número no seu guarda roupa?

Brincos. Seguidos de sapatos e calças de ganga.

E qual a cor predominante?

Nos brincos o nosso dourado Cata Vassalo. Na roupa o preto.

Lema de vida…

Pôr tudo o que somos naquilo que fazemos.

Lema nos negócios….

O mesmo mas escolher trabalhar naquilo que realmente gostamos.

Fotos: divulgação

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

Os ténis fabricados no Porto de que a rainha Letizia precisa depois da lesão no pé

Os ténis fabricados no Porto de que a rainha Letizia precisa depois da lesão no pé

Claude: novo modelo já supera o GPT-4o em alguns testes

Claude: novo modelo já supera o GPT-4o em alguns testes

ESG Talks: “A ciência, a tecnologia e a inovação são sempre fundamentais”

ESG Talks: “A ciência, a tecnologia e a inovação são sempre fundamentais”

Pigmentarium: perfumaria de nicho inspirada na herança cultural da República Checa

Pigmentarium: perfumaria de nicho inspirada na herança cultural da República Checa

Onde ficar em Lisboa: Torel Palace

Onde ficar em Lisboa: Torel Palace

Kia EV9 GT-Line AWD em testes: A referência nos grandes SUV

Kia EV9 GT-Line AWD em testes: A referência nos grandes SUV

Requintado jantar assinala inauguração da nova exposição de Joana Vasconcelos na Boutique Dior, em Lisboa

Requintado jantar assinala inauguração da nova exposição de Joana Vasconcelos na Boutique Dior, em Lisboa

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

ESG Talks:

ESG Talks: "Nós somos muito rápidos a criar legislação e depois pouco rápidos a operacionalizá-la"

Festivais de música erudita a não perder este mês

Festivais de música erudita a não perder este mês

Novo estudo científico revela que o cérebro tenta prever o futuro enquanto se encontra em repouso

Novo estudo científico revela que o cérebro tenta prever o futuro enquanto se encontra em repouso

Adoçante comum presente em pastilhas elásticas e até pastas dentífricas associado a duplicação do risco de AVC e enfarte

Adoçante comum presente em pastilhas elásticas e até pastas dentífricas associado a duplicação do risco de AVC e enfarte

Carros elétricos chineses deverão ficar mais caros

Carros elétricos chineses deverão ficar mais caros

Moda: 20 cestas para usar no dia a dia

Moda: 20 cestas para usar no dia a dia

Rita Pereira está grávida

Rita Pereira está grávida

Caras Decoração de junho: celebrar o bom tempo e a vida ao ar livre

Caras Decoração de junho: celebrar o bom tempo e a vida ao ar livre

Investigadores testam bússola quântica no metropolitano de Londres

Investigadores testam bússola quântica no metropolitano de Londres

Jantar fora à segunda-feira? É no Sea Me – Peixaria Moderna

Jantar fora à segunda-feira? É no Sea Me – Peixaria Moderna

ATL para artistas

ATL para artistas

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Em “Senhora do Mar”: Manuel impede que Alex rapte Júlia antes de morrer

Em “Senhora do Mar”: Manuel impede que Alex rapte Júlia antes de morrer

Sair à noite em Lisboa. Roteiro, hora a hora, por bares e discotecas da cidade – até ao nascer do Sol

Sair à noite em Lisboa. Roteiro, hora a hora, por bares e discotecas da cidade – até ao nascer do Sol

ATL para desportistas e aventureiros

ATL para desportistas e aventureiros

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

JL 1400

JL 1400

Oppo Watch X chega com monitorização avançada de fitness e autonomia prolongada

Oppo Watch X chega com monitorização avançada de fitness e autonomia prolongada

Desfile de chapéus reais nas corridas de cavalos de Ascot

Desfile de chapéus reais nas corridas de cavalos de Ascot

“A Promessa” ganha espectadores e vence “Cacau” mas SIC perde audiências

“A Promessa” ganha espectadores e vence “Cacau” mas SIC perde audiências

EXAME 481 - Junho de 2024

EXAME 481 - Junho de 2024

Gabriela Barros desiste do “Congela” e TVI anuncia substituta: as primeiras imagens

Gabriela Barros desiste do “Congela” e TVI anuncia substituta: as primeiras imagens

ERP à medida de todas as empresas

ERP à medida de todas as empresas

Kiwi contra um dos mais dolorosos efeitos secundários da quimioterapia. O

Kiwi contra um dos mais dolorosos efeitos secundários da quimioterapia. O "método inovador" criado por investigadores portugueses

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

Comer em Lisboa: restaurante Kabuki

Comer em Lisboa: restaurante Kabuki

João Paulo Esteves da Silva - O piano e todas as margens

João Paulo Esteves da Silva - O piano e todas as margens

Nova app MyHyundai até vai mostrar vídeos das intervenções técnicas

Nova app MyHyundai até vai mostrar vídeos das intervenções técnicas

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

"O que é verdadeiramente desafiante é as marcas saberem o que leva as pessoas às lojas e o que funciona online". Leah Johns em entrevista

Famosos divertem-se no Rock in Rio 2024

Famosos divertem-se no Rock in Rio 2024

IRS: Falta muito para receber o seu reembolso? Saiba como ler o estado da sua declaração

IRS: Falta muito para receber o seu reembolso? Saiba como ler o estado da sua declaração

Restrições ao consumo de água no Algarve vão ser aliviadas

Restrições ao consumo de água no Algarve vão ser aliviadas

Campos de férias: será que o meu filho sobrevive?

Campos de férias: será que o meu filho sobrevive?

AlmaLusa Comporta: Arrozais à vista

AlmaLusa Comporta: Arrozais à vista

Portugal esgota hoje os recursos deste ano e começa a usar os de 2025

Portugal esgota hoje os recursos deste ano e começa a usar os de 2025

11 arraiais para celebrar os Santos Populares, em Lisboa

11 arraiais para celebrar os Santos Populares, em Lisboa

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites