O desfile SS 2023 contou com muitas caras conhecidas

Falámos com o designer de moda a propósito dos seus 25 anos de carreira.

Que recordações tem de Moçambique, onde nasceu?

O cheiro, as cores e as paisagens naturais. O contacto com diferentes culturas e a vivência de realidades completamente diferentes marcaram-me muito positivamente. Fui criado na diferença, mas com a consciência de que no fundo somos todos iguais. O importante é o respeito.

O seu país natal reflete-se nas suas criações?

Tive uma infância feliz. Tudo era diferente. Estávamos perto de África do Sul. Quem nasce em África tem uma postura de vida diferente, pois a magia desse continente perpetua em nós. Moçambique era um país que queria ser moderno, com necessidade de se mostrar livre e grandioso. Essas manifestações refletiam-se nas festas e o luxo transparecia de uma forma natural. Claro que crescer nesse ambiente livre, festivo e de glamour facilitou o meu percurso, influenciando decisivamente, ainda hoje, a minha carreira no mundo da Moda.

Como nasceu a paixão pela moda?

Aos 17 anos, fui estudar para Lisboa, seguindo o percurso natural de qualquer estudante. E depressa percebi que estava no curso errado, a minha paixão eram as Artes. Sempre gostei de Moda e decidi candidatar-me, hoje sei que foi a decisão certa.  

Astrid Werdnig, uma das caras conhecidas do desfile

O que o caracteriza como designer de moda?

Como Designer de Moda de autor, sempre acreditei que a Moda deve ser consciente e responsável, e que deve valorizar a qualidade e a durabilidade. Esta é uma das preocupações e o ADN da marca Carlos Gil. Não me considero um revolucionário no mundo da Moda porque dou mais importância à elegância, mas obrigo-me a estar em constante evolução. Estudar o corpo das mulheres e conseguir realçar a sua elegância e simplicidade com uma peça ou coordenado é mais exigente do que ser um designer insurgente ou vanguardista.

Nestes 25 anos de carreira, quais foram as mudanças na sociedade que marcaram a evolução do seu trabalho?

Nos últimos 25 anos, a Moda sofreu várias mudanças significativas que refletem as mudanças na sociedade como um todo. A Moda tornou-se mais inclusiva, sustentável e tecnológica, enquanto as mulheres assumem cada vez mais um papel de liderança na sociedade.

O ADN da marca Carlos Gil há muito que se preocupa com a sustentabilidade até porque as minhas clientes sempre o exigiram. Qualquer Designer de Moda deve ser consciente e responsável, valorizando sempre a qualidade material e a durabilidade das peças. Temos a responsabilidade de incutir essa consciência.

Trabalhar para a mulher é hoje muito diferente do que há 25 anos. Hoje a forma de pensar e de agir das mulheres é muito diferente. A moda feminina adaptou-se às novas necessidades das mulheres, que agora são mais independentes, poderosas, influentes e autossuficientes. “É a mulher que usa a moda e não a moda que usa a mulher”.

Se fosse conhecido por uma peça de roupa, qual seria? Qual é que lhe dá mais gozo criar?

Considero que o blazer e o sobretudo são as peças base de arquitetura no mundo da Moda.

Que coleção mais o marcou nestes 25 anos de carreira? Conte-nos um episódio caricato….

Foi sem dúvida ter conseguido, com êxito, apresentar em 2020 a coleção Now Know na ModaLisboa durante a pandemia.

Um episódio caricato… num desfile da Fashion Week da Polónia, uma das minhas manequins, que encerrava o desfile, desmaiou, o que me criou uma situação bastante complexa. Numa fração de segundos, tomei a decisão de chamar a diretora da Fashion Week Polónia, convidando-a a encerrar o meu desfile, o que acabou por ser um sucesso, pois sendo estrangeiro dei protagonismo ao país que me acolhia.

Estabelecer-se no Fundão foi uma escolha consciente e um statement?

Passados estes 25 anos de carreira, lembro-me da luta e do caminho que desbravei, desde que abri o atelier e loja no Fundão. A maior dificuldade que senti, foi a imposição dos códigos de uma cidade do interior, mas que serviu para me tornar mais forte e convicto das minhas opiniões e decisões. Sou uma pessoa resiliente. Viver no Fundão foi e continua a ser uma escolha consciente e acredito que foi a decisão correta pois é onde me sinto feliz.

Qual é o principal mercado internacional para a marca Carlos Gil?

Os países árabes, mas tenho uma enorme vontade de estabelecer ligações com outros países e retomar alguns contatos perdidos durante a pandemia, principalmente na Ásia.

O que define a sua mais recente coleção, é uma coleção que celebra os mais de 20 anos de existência?

TIME é o nome da nova coleção, uma linha de peças onde os contrastes, a cor e o movimento são constantes. O tempo é o mote para a reflexão entre o passado, o presente e o futuro. A elegância, excentricidade e o equilíbrio que procuramos no presente serviram como conceito base para criar toda coleção, onde destaco ainda a linha de Denim, uma novidade na marca Carlos Gil, e as peças de inspiração na alfaiataria.

Uma peça-chave para esta primavera/verão?

A imagem de abertura do desfile, com quatro manequins de quatro fatos de cores diferentes, dá o mote para o desfile.

Os tons e materiais com que mais gosta de trabalhar…

O que mais aprecio trabalhar são tecidos nobres como sedas e caxemiras.

O ditado ‘amigos, amigos, negócios à parte’ não se aplica ao Carlos e à Carla? Qual o segredo do sucesso desta dupla?

Somos muito amigos do nosso amigo, adoramos viver em família e rodeados de verdadeiros amigos. Tivemos a sorte de nos encontrar e apaixonarmo-nos muito cedo, conseguindo conciliar o amor e os sonhos, a paixão e o trabalho. A Moda é o nosso mundo, a nossa vida, a nossa profissão e paixão.

Onde vê a sua marca daqui a mais 25 anos?

O meu maior trunfo foi ter conquistado as minhas clientes. Nestes 25 anos ganhei maturidade, não trabalho para o show-off, continuo a ouvir a opinião dos outros, mas confio no meu instinto, nos meus valores e nos da marca Carlos Gil. Sou fiel aos meus princípios e às minhas clientes e, por isso, daqui a 25 anos, desejo ver a marca com a mesma essência.

Fotos: divulgação

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Depois dos Magnum, Unilever diz adeus às pessoas

Depois dos Magnum, Unilever diz adeus às pessoas

XIV Congresso dos Lusitanistas - lugar de entendimento, agregação e diversidade

XIV Congresso dos Lusitanistas - lugar de entendimento, agregação e diversidade

Agricultor Luís Feijão e Sara Barbosa casaram-se este sábado: as imagens da festa

Agricultor Luís Feijão e Sara Barbosa casaram-se este sábado: as imagens da festa

Sebastião da Gama - Carne e espírito na Arrábida

Sebastião da Gama - Carne e espírito na Arrábida

10 animais que resistem ao calor

10 animais que resistem ao calor

António Coutinho: “Não é uma transição energética. É uma revolução”

António Coutinho: “Não é uma transição energética. É uma revolução”

VISÃO Júnior de junho de 2024

VISÃO Júnior de junho de 2024

O perigo por detrás dos buracos na areia da praia

O perigo por detrás dos buracos na areia da praia

Portugal e a Lei de Restauro da Natureza

Portugal e a Lei de Restauro da Natureza

As melhores imagens do NOS Alive 2024 para mais tarde recordar

As melhores imagens do NOS Alive 2024 para mais tarde recordar

Zunder, a aplicação para carregar o carro por toda a Europa, chega a Portugal

Zunder, a aplicação para carregar o carro por toda a Europa, chega a Portugal

Quem tinha mais poderes antes do 25 de Abril: o Presidente da República ou o Presidente do Conselho?

Quem tinha mais poderes antes do 25 de Abril: o Presidente da República ou o Presidente do Conselho?

Ricardo de “Casados à Primeira Vista” conta os segredos da lua de Mel com Maria João

Ricardo de “Casados à Primeira Vista” conta os segredos da lua de Mel com Maria João

Cláudia Vieira fala-nos do seu visual festivaleiro

Cláudia Vieira fala-nos do seu visual festivaleiro

'Táxi' voador movido a hidrogénio percorre mais de 800 quilómetros em voo de teste

'Táxi' voador movido a hidrogénio percorre mais de 800 quilómetros em voo de teste

Os bons genes das irmãs Patrocínio

Os bons genes das irmãs Patrocínio

Ir a banhos: 10 piscinas de hotel para aproveitar o verão

Ir a banhos: 10 piscinas de hotel para aproveitar o verão

Eduardo antes de ser Lourenço

Eduardo antes de ser Lourenço

As férias paradisíacas de Fernanda Serrano na Sardenha, em Itália

As férias paradisíacas de Fernanda Serrano na Sardenha, em Itália

O visual roqueiro de Vanessa Oliveira no NOS Alive

O visual roqueiro de Vanessa Oliveira no NOS Alive

Sustentabilidade: Este mar que se esgota

Sustentabilidade: Este mar que se esgota

VOLT Live: vem aí um apoio europeu para a compra de veículos elétricos?

VOLT Live: vem aí um apoio europeu para a compra de veículos elétricos?

Guia de essenciais de viagem para a sua pele

Guia de essenciais de viagem para a sua pele

Os municípios que dão cartas nas exportações

Os municípios que dão cartas nas exportações

No restaurante Éter, no Porto, o vinho é que manda

No restaurante Éter, no Porto, o vinho é que manda

ChatGPT chega a todos os Peugeot equipados com comandos de voz

ChatGPT chega a todos os Peugeot equipados com comandos de voz

Empreender à grande e à portuguesa

Empreender à grande e à portuguesa

Com mais sabor a verão

Com mais sabor a verão

Adia várias vezes o alarme de manhã? O problema que pode estar por detrás da

Adia várias vezes o alarme de manhã? O problema que pode estar por detrás da "mania"

Voámos no primeiro avião elétrico a operar em Portugal

Voámos no primeiro avião elétrico a operar em Portugal

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

15 festivais gastronómicos (para comer e beber bem) do Minho ao Algarve

15 festivais gastronómicos (para comer e beber bem) do Minho ao Algarve

Huawei FreeBuds 6i em teste: Sem ruído e com estilo

Huawei FreeBuds 6i em teste: Sem ruído e com estilo

Quem disse que na casa de banho o papel de parede não entra?

Quem disse que na casa de banho o papel de parede não entra?

Os alfaiates de violinos

Os alfaiates de violinos

VISÃO Se7e: Passeios de barco e aquários para visitar em família 

VISÃO Se7e: Passeios de barco e aquários para visitar em família 

O futuro começou esta noite. Como foi preparado o 25 de Abril

O futuro começou esta noite. Como foi preparado o 25 de Abril

O vestido preto com que Letizia nunca se compromete

O vestido preto com que Letizia nunca se compromete

25 peças para receber a primavera em casa

25 peças para receber a primavera em casa

Em “A Promessa”: Lurdes acusa Maria de matar o próprio marido

Em “A Promessa”: Lurdes acusa Maria de matar o próprio marido

Amendoim: Os benefícios inesperados do consumo desta oleaginosa

Amendoim: Os benefícios inesperados do consumo desta oleaginosa

Canon renova linha de câmaras profissionais com EOS R1 e EOS R5 Mark II

Canon renova linha de câmaras profissionais com EOS R1 e EOS R5 Mark II

Medicamentos com semaglutido, como o Ozempic, que se popularizou para a perda de peso, associados a novo efeito secundário grave

Medicamentos com semaglutido, como o Ozempic, que se popularizou para a perda de peso, associados a novo efeito secundário grave

Letizia e Felipe VI recebem seleção de Espanha no Palácio da Zarzuela

Letizia e Felipe VI recebem seleção de Espanha no Palácio da Zarzuela

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites