Anósmia é o termo médico que define a perda total de olfato, enquanto que Hipósmia se refere à perda parcial de olfato.

Dia Mundial da Anosmia. Sabe o que é?
Dia Mundial da Anosmia. Sabe o que é? Anósmia é o termo médico que define a perda total de olfato
Foto Pexels/ Karolina Grabowska


Ambas as situações têm um enorme impacto negativo no dia a dia do doente, perturbando aspetos físicos, funcionais, emocionais e sociais da sua vida. Não sente os odores agradáveis nem os desagradáveis pelo que não consegue identificar situações de perigo como fumos de incêndios, fugas de gás ou alimentos estragados. Como o sentido do paladar depende e está relacionado com o olfato, o doente com Anósmia ou Hipósmia também sofre de alterações do paladar, não distinguindo o doce e o amargo, nem o salgado. Além deste desconforto relacionado com a perturbação do olfato ou do paladar, a Anósmia ou a Hipósmia, têm uma enorme importância clínica, pois estes sintomas estão relacionados com doenças nasais que podem ser graves.


Anósmia. Quais são as causas?
As perturbações do olfato ocorrem quando algumas doenças afetam a Mucosa Olfativa, que é a parte da mucosa nasal envolvida na perceção do olfato. As causas podem ser inflamatórias, obstrutivas ou neurológicas.
A Anósmia e a Hipósmia podem ser agudas, em contexto de uma vulgar constipação, sendo autolimitadas e com resolução total após estar resolvida a infeção virusal ou bacteriana.

No entanto, quando evoluem de forma mais prolongada, durante semanas a meses, ou mesmo anos, seja de forma parcial ou total, a Anósmia e a Hipósmia podem estar associadas a diferentes doenças que afetam a Mucosa Olfativa, as quais devem ser identificadas e tratadas.

As causas neurológicas são as menos frequentes. São doenças que lesam ou destroem uma parte da via olfativa, como por exemplo os recetores da mucosa olfativa que captam os odores ou os nervos que conduzem essa informação ao cérebro, ou a parte do cérebro que é responsável por perceber e identificar os odores.

As causas obstrutivas incluem alterações da normal anatomia da cavidade nasal (desvio do septo, por exemplo) ou a presença de massas que ocupam a cavidade naso-sinusal, como pólipos nasais ou tumores (benignos ou malignos).
As causas inflamatórias podem ser infeciosas (gripe, vulgar constipação, entre outras viroses) ou imunológicas, destacando-se as doenças alérgicas como a rinite alérgica ou a rinossinusite.

Anósmia e Rinossinusite – que relação?
A Rinossinusite, vulgarmente conhecida como Sinusite, afeta cerca de 10 a 15% da população e é a doença nasal que mais frequentemente se apresenta com Anósmia ou Hipósmia. Define-se como uma inflamação da mucosa naso-sinusal (cavidade nasal e seios perinasais) e manifesta-se com obstrução nasal (“nariz entupido”), rinorreia aquosa (“pingo ao nariz”), rinorreia mucopurulenta posterior com pigarreio (secreções espessas brancas, amareladas ou esverdeadas, a escorrerem atrás para a garganta), cefaleias frontais (dores de cabeça em cima dos olhos) ou perturbações do olfato e paladar. A Anósmia é frequentemente indicador da presença de Rinossinusite crónica com Polipose Nasal, vulgarmente conhecida como Polipose Nasal.
A Polipose Nasal atinge 15 a 30% dos doentes com Rinossinusite, sobretudo doentes do sexo masculino e com mais de 40 anos. Consiste no crescimento polipóide, mole e em forma de gotas (pólipos) da mucosa nasal e sinusal. Tem natureza benigna (ou seja, não se transforma em maligno), mas tem um comportamento invasivo de toda a cavidade nasal e sinusal, provocando obstrução nasal com insuficiência respiratória nasal (dificuldade respiratória) e peso facial (malar e frontal). Quando o crescimento dos pólipos envolve a Mucosa Olfativa, esta fica inflamada, provocando inicialmente Hipósmia, que vai evoluindo para Anósmia. Se a rinossinusite e a polipose não forem atempadamente diagnosticadas e tratadas, as alterações do olfato podem ser permanentes.

Anósmia. Como se trata?
O tratamento incide na resolução das causas. Inclui medidas de higiene nasal (lavagens nasais com soluções salinas) e evicção de fatores ambientais como fumos e outras substâncias irritativas. São também necessárias medidas médicas como o uso de medicamentos anti-inflamatórios tópicos (vulgares “sprays nasais”) ou os corticóides (“cortisona”) reservados para os casos mais graves. A intervenção cirúrgica é necessária para a remoção dos pólipos (polipectomia).

Frequentemente ocorrem recidivas da Polipose Nasal, após a cirurgia. Para evitar esta recidiva e múltiplas cirurgias, é fundamental identificar e tratar concomitantemente, todas as doenças que podem estar associadas a Polipose Nasal, como as causas alérgicas (rinite alérgica e rinossinusite), a hipersensibilidade a aspirina, a fibrose quística, entre outras doenças imunológicas com envolvimento da cavidade naso-sinusal.

Recentemente estão disponíveis fármacos que atuam especificamente no bloqueio de recetores ou mediadores envolvidos na inflamação da Polipose Nasal. Estas terapêuticas biológicas são de uso hospitalar e têm indicação para a prevenção de recidiva de polipose nasal. Têm demonstrado eficácia na redução dos sintomas e na redução da necessidade de uso de medicamentos. Desta forma, promovem a melhoria da qualidade de vida. Alguns doentes com Polipose Nasal apresentam também inflamação noutros órgãos, podendo manifestar Asma Brônquica e Eczema Atópico. Nestes casos, estas terapêuticas biológicas têm a vantagem adicional de intervir no tratamento concomitante de todas estas doenças alérgicas.

Anósmia – sintoma pouco conhecido, mas muito relevante
Apesar da sua elevada frequência e da sua enorme gravidade, a Anósmia e a sua principal causa (polipose nasal) são frequentemente subdiagnosticadas e subtratadas. Na maioria dos casos, os doentes com Anósmia apresentarem inflamação e obstrução em simultâneo. O doente necessita de uma abordagem multidisciplinar, quer diagnóstica quer terapêutica. É essencial que o doente seja observado pela Otorrinolaringologia (ORL) que vai atuar sobre as causas obstrutivas e, concomitantemente, pela Imunoalergologia que vai identificar e tratar as causas inflamatórias, sejam imunológicas (défices imunitários, por exemplo), sejam alérgicas.
É essencial que a população geral, e o doente em particular, reconheça a relevância de identificar e tratar de forma precoce sintomas como a Anósmia. Está associada a mais do que uma causa, sendo fundamental a abordagem diagnóstica precoce e a terapêutica médico-cirúrgica concomitante. A Medicina Geral e Familiar tem papel fundamental na referenciação precoce dos doentes a cuidados interdisciplinares do foro da ORL e da Imunoalergologia.

Os textos nesta secção refletem a opinião pessoal dos autores. Não representam a ACTIVA nem espelham o seu posicionamento editorial.

Palavras-chave

Mais no portal

Mais Notícias

Jl 1401

Jl 1401

Vídeo: Um encontro com Alice Vieira, a 'contadora de histórias'

Vídeo: Um encontro com Alice Vieira, a 'contadora de histórias'

Vídeo: Vê aqui o espetáculo de 'Miúdos a Votos' 2024

Vídeo: Vê aqui o espetáculo de 'Miúdos a Votos' 2024

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Portugal faz bem: conheça a cerâmica de autor assinada pela Malga

Portugal faz bem: conheça a cerâmica de autor assinada pela Malga

Dior apresenta coleção Cruise Collection 2025

Dior apresenta coleção Cruise Collection 2025

Volta a Portugal com as receitas da Marlene Vieira

Volta a Portugal com as receitas da Marlene Vieira

Vinhos, surf e gastronomia no Oeste: Roteiro pelo que há de melhor na região

Vinhos, surf e gastronomia no Oeste: Roteiro pelo que há de melhor na região

Os nossos vinhos são os melhores do mundo

Os nossos vinhos são os melhores do mundo

Alpine A290: elétrico, tecnológico… e endiabrado

Alpine A290: elétrico, tecnológico… e endiabrado

O futuro da banca é inteligente

O futuro da banca é inteligente

Explosão solar 'acende' auroras impressionantes em Marte

Explosão solar 'acende' auroras impressionantes em Marte

Os festivais de verão

Os festivais de verão

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Adoçante comum presente em pastilhas elásticas e até pastas dentífricas associado a duplicação do risco de AVC e enfarte

Adoçante comum presente em pastilhas elásticas e até pastas dentífricas associado a duplicação do risco de AVC e enfarte

VISÃO DO DIA: Flagrante delito de

VISÃO DO DIA: Flagrante delito de "cunha"

Sónia assume desilusão e choque por Daniel a enganar em “Casados à Primeira Vista”

Sónia assume desilusão e choque por Daniel a enganar em “Casados à Primeira Vista”

O divertido vídeo do príncipe Louis a dançar no Trooping the Colour

O divertido vídeo do príncipe Louis a dançar no Trooping the Colour

João Paulo Esteves da Silva - O piano e todas as margens

João Paulo Esteves da Silva - O piano e todas as margens

Andy Lee, autor da coleção 'Não Abras Este Livro' responde a perguntas de fãs portugueses

Andy Lee, autor da coleção 'Não Abras Este Livro' responde a perguntas de fãs portugueses

Aproveite a vida ao ar livre

Aproveite a vida ao ar livre

A relação surpreendente entre o desempenho cognitivo das mulheres e a menstruação

A relação surpreendente entre o desempenho cognitivo das mulheres e a menstruação

Maria João e Elisabete divertem-se após saírem de “Casados à Primeira Vista”

Maria João e Elisabete divertem-se após saírem de “Casados à Primeira Vista”

Navegando rumo ao futuro digital do oceano

Navegando rumo ao futuro digital do oceano

Quis Saber Quem Sou: Será que

Quis Saber Quem Sou: Será que "ainda somos os mesmos e vivemos como os nossos pais?"

"O Homem dos Teus Sonhos" - ou quando Nicholas Cage não nos sai da cabeça

Contracetivo masculino em gel com bons resultados nos ensaios clínicos

Contracetivo masculino em gel com bons resultados nos ensaios clínicos

Rússia quer mesmo criar uma alternativa à PlayStation 5 e à Xbox Series X

Rússia quer mesmo criar uma alternativa à PlayStation 5 e à Xbox Series X

Moda: 20 cestas para usar no dia a dia

Moda: 20 cestas para usar no dia a dia

VISÃO Se7e: 19 sítios para ver os jogos do Euro 2024 – e torcer por Portugal

VISÃO Se7e: 19 sítios para ver os jogos do Euro 2024 – e torcer por Portugal

Manta Ray: Reveladas primeiras imagens do novo drone militar aquático dos EUA em ação

Manta Ray: Reveladas primeiras imagens do novo drone militar aquático dos EUA em ação

25 peças para receber a primavera em casa

25 peças para receber a primavera em casa

SIC obrigada a apagar imagens de Daniel e Sónia em “Casados à Primeira Vista”

SIC obrigada a apagar imagens de Daniel e Sónia em “Casados à Primeira Vista”

Casos de crianças com comportamentos autolesivos estão a aumentar

Casos de crianças com comportamentos autolesivos estão a aumentar

Desfile de celebridades na apresentação da coleção Cruise da Dior

Desfile de celebridades na apresentação da coleção Cruise da Dior

Kia EV9 GT-Line AWD em testes: A referência nos grandes SUV

Kia EV9 GT-Line AWD em testes: A referência nos grandes SUV

Auditoria forense pedida pelo Benfica não encontra dano causado por Vieira

Auditoria forense pedida pelo Benfica não encontra dano causado por Vieira

Aromas de verão para a casa

Aromas de verão para a casa

Portugal esgota hoje os recursos deste ano e começa a usar os de 2025

Portugal esgota hoje os recursos deste ano e começa a usar os de 2025

Os planos da Stellantis para criar um ecossistema de software para os carros

Os planos da Stellantis para criar um ecossistema de software para os carros

Será que já tínhamos visto o vestido que Kate usou no Trooping the Colour?

Será que já tínhamos visto o vestido que Kate usou no Trooping the Colour?

O futuro começou esta noite. Como foi preparado o 25 de Abril

O futuro começou esta noite. Como foi preparado o 25 de Abril

Rodrigo Santoro vai ser pai pela segunda vez

Rodrigo Santoro vai ser pai pela segunda vez

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

Num dos próximos quatro anos, o planeta deverá mesmo exceder 1,5ºC de aumento de temperatura

Num dos próximos quatro anos, o planeta deverá mesmo exceder 1,5ºC de aumento de temperatura

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites