@ppgdyrup

 O lar passou a ser protagonista em 2020. Com o isolamento social, ideias de novas mobílias, cores para as paredes e a busca por plantas para levar mais vida aos ambientes estiveram na lista de prioridades das famílias. Afinal de contas, o aconchego e a beleza tornam os dias passados em casa mais leves e confortáveis.

Acredito que a ressignificação do conceito de home office e o facto de as pessoas passarem a desfrutar mais do espaço de trabalho em casa levou a um movimento interessante, que é o de revitalizar o local onde vivem; de mudar projetos engessados, que muitas vezes são bonitos, mas não têm o perfil de quem ali mora.

Com tudo isto em mente, e na qualidade de designer de interiores, deixo algumas dicas para quem pretende remodelar a casa poder começar a organizar-se desde já:

  • Na etapa inicial, é preciso definir o valor estimado do investimento. Este planeamento evita que seja apanhado de surpresa durante a remodelação;

  • Avalie as reais necessidades de cada espaço. Parece simples, mas é um passo muito importante. Para começar, verifique a necessidade e circulação de cada local. Tem muita ou pouca circulação? Quantas pessoas utilizarão o espaço? Quais serão as reais funções da divisão – um quarto, por exemplo, que também acumula função do home office? Estas questões ajudarão a definir melhor os planos para cada espaço a ser modificado;

  • Pense na mão-de-obra. Muitas vezes, escolher uma equipa mais barata para economizar pode custar caro. Além disso, é preciso avaliar se é melhor “destruir” o que tem e começar tudo do zero ou realmente “apenas” remodelar. A minha experiência na área diz-me que refazer um serviço, às vezes, é mais cansativo, mais caro e muito mais demorado do que começar do zero. Então, fazer no mínimo três orçamentos e prioritizar profissionais com boas referências representa uma oportunidade muito maior de ser ter sucesso no projeto; 

  • Planeie a sua remodelação, traçando um cronograma estimado para a execução. Mas lembre-se: o projeto deve ser definido logo no início, sem mudanças ao longo do andamento das obras. Qualquer pode – e muito provavelmente vai – aumentar os dias de obras;

  • Se houver mobília, cuidado. Uma remodelação mal conduzida pode danificar pisos que não serão trocados, acessórios pelos quais tem carinho etc. Então, a organização é tudo. Tire o que for possível e cubra o que for necessário;

  • Depois da obra estrutural, chega a hora de compor a decoração. E quando pensamos no atual cenário mundial, onde nosso lar é o melhor lugar para estarmos, pensamos em conforto e aconchego. Há quem pense também numa boa acústica para assistir a séries e filmes, e até mesmo ouvir (ou produzir) boa música. A decoração do ambiente pode ajudar nesse sentido, por exemplo, ao acrescentar tapetes, posicionar sofás de forma estratégica para conter as ondas sonoras ou investir em cortinas com um tecido mais grosso. São ações práticas que ajudam a melhorar a sensação de aconchego e a ter a acústica necessária;

  • A decoração pode (e deve) ser a favor da saúde. A técnica de aplicar o estudo da cromoterapia, com o envolvimento das ondas emitidas pelas cores, nos ambientes é um recurso muito utilizado e, também, um bom aliado para transmitir aconchego, calmaria e paz. Além das cores, as plantas também são ótimas fontes de energia e ajudam a criar ma sensação de proximidade com a natureza. Dependendo da planta escolhida, como a Dracaena Marginata ou a Chamaedorea Elegans, até conseguimos uma boa eficácia no sentido de melhor qualidade do ar. Mas um detalhe importante: para que elas durem mais e fiquem sempre lindas, é preciso ficar atento às estações do ano para melhor gestão da rega;

  • Textura e composição com madeira e plantas nos remetem à natureza. Se gosta dessa sensação, invista sem medo;

  • Nos quartos, as cores claras são mais calmantes. Mas se quiser dar um toque mais alegre e quente, tons amarelados podem ser uma solução. 

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

Celebrar a Liberdade no imenso palco do Festival Dias da Dança

Celebrar a Liberdade no imenso palco do Festival Dias da Dança

Os livros da VISÃO Júnior: Para comemorar a liberdade (sem censuras!)

Os livros da VISÃO Júnior: Para comemorar a liberdade (sem censuras!)

O que os preços do petróleo dizem sobre o conflito no Médio Oriente?

O que os preços do petróleo dizem sobre o conflito no Médio Oriente?

Conheça os ténis preferidos da Família Real espanhola produzidos por artesãs portuguesas

Conheça os ténis preferidos da Família Real espanhola produzidos por artesãs portuguesas

MAI apela à limpeza dos terrenos rurais

MAI apela à limpeza dos terrenos rurais

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

25 de Abril, 50 anos

25 de Abril, 50 anos

Estivemos no Oeiras Eco-Rally ao volante de dois Peugeot (e vencemos uma etapa)

Estivemos no Oeiras Eco-Rally ao volante de dois Peugeot (e vencemos uma etapa)

Ensaio ao Renault Scenic E-Tech, o elétrico com autonomia superior a 600 km

Ensaio ao Renault Scenic E-Tech, o elétrico com autonomia superior a 600 km

Relógio Slow Retail: Moda portuguesa e cheirinho a café, para descobrir em Cascais

Relógio Slow Retail: Moda portuguesa e cheirinho a café, para descobrir em Cascais

A VISÃO Se7e desta semana - edição 1625

A VISÃO Se7e desta semana - edição 1625

Famosos brilham na reabertura de loja de luxo em Cascais

Famosos brilham na reabertura de loja de luxo em Cascais

Pestana aumentou remunerações médias em 12%. Lucros caíram 4%

Pestana aumentou remunerações médias em 12%. Lucros caíram 4%

Filha de Cuca Roseta apresenta-se no

Filha de Cuca Roseta apresenta-se no "The Voice" e leva mentores às lágrimas

Dânia Neto abre o álbum de casamento:

Dânia Neto abre o álbum de casamento: "Bolha de amor"

Vencedores do passatempo ‘A Grande Viagem 2: Entrega Especial’

Vencedores do passatempo ‘A Grande Viagem 2: Entrega Especial’

Capitão Salgueiro Maia

Capitão Salgueiro Maia

Ordem dos Médicos vai entregar a ministra

Ordem dos Médicos vai entregar a ministra "seis prioridades para próximos 60 dias"

Decoração: a liberdade também passa por aqui

Decoração: a liberdade também passa por aqui

Pigmentarium: perfumaria de nicho inspirada na herança cultural da República Checa

Pigmentarium: perfumaria de nicho inspirada na herança cultural da República Checa

Em “Cacau”: Cacau dá à luz em casa e troca juras de amor com Marco

Em “Cacau”: Cacau dá à luz em casa e troca juras de amor com Marco

Teranóstica: O que é e como pode ser útil no combate ao cancro?

Teranóstica: O que é e como pode ser útil no combate ao cancro?

Os melhores momentos do casamento de Dânia Neto e Luís Matos Cunha

Os melhores momentos do casamento de Dânia Neto e Luís Matos Cunha

Ratos velhos, sistema imunológico novinho em folha. Investigadores descobrem como usar anticorpos para rejuvenescer resposta imunitária

Ratos velhos, sistema imunológico novinho em folha. Investigadores descobrem como usar anticorpos para rejuvenescer resposta imunitária

A reinvenção das imagens

A reinvenção das imagens

No tempo em que havia Censura

No tempo em que havia Censura

Membros do Livre dizem que vitória de Francisco Paupério nas primárias para as europeias foi

Membros do Livre dizem que vitória de Francisco Paupério nas primárias para as europeias foi "chapelada eleitoral"

Conheça os ténis preferidos da Família Real espanhola produzidos por artesãs portuguesas

Conheça os ténis preferidos da Família Real espanhola produzidos por artesãs portuguesas

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

Teste em vídeo ao Volkswagen ID.7 Pro

Teste em vídeo ao Volkswagen ID.7 Pro

Com um visual de inspiração militar, Camilla inspeciona as tropas

Com um visual de inspiração militar, Camilla inspeciona as tropas

Sebastião Bugalho, o jovem atrevido que recusou ser deputado do CDS

Sebastião Bugalho, o jovem atrevido que recusou ser deputado do CDS

Mello, Espírito Santo e Champalimaud. O Estado Novo e as grandes fortunas

Mello, Espírito Santo e Champalimaud. O Estado Novo e as grandes fortunas

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

Fed e BCE em direções opostas?

Fed e BCE em direções opostas?

Parcerias criativas, quando a arte chega à casa

Parcerias criativas, quando a arte chega à casa

Meta ‘abre’ Quest OS a outras marcas como Asus e Lenovo

Meta ‘abre’ Quest OS a outras marcas como Asus e Lenovo

IRS: Falta muito para receber o seu reembolso? Saiba como ler o estado da sua declaração

IRS: Falta muito para receber o seu reembolso? Saiba como ler o estado da sua declaração

Asus ROG Zephyrus G14 em teste: o ultraportátil para gamers

Asus ROG Zephyrus G14 em teste: o ultraportátil para gamers

Regantes de Campilhas querem reforçar abastecimento de água e modernizar bloco de rega

Regantes de Campilhas querem reforçar abastecimento de água e modernizar bloco de rega

Baixa procura leva Apple a reduzir produção dos Vision Pro

Baixa procura leva Apple a reduzir produção dos Vision Pro

Quem tinha mais poderes antes do 25 de Abril: o Presidente da República ou o Presidente do Conselho?

Quem tinha mais poderes antes do 25 de Abril: o Presidente da República ou o Presidente do Conselho?

Equipe a casa no tom certo com aparelhos eficientes e sustentáveis

Equipe a casa no tom certo com aparelhos eficientes e sustentáveis

Luísa Beirão: “Há dez anos que faço programas de ‘detox’”

Luísa Beirão: “Há dez anos que faço programas de ‘detox’”

Tarifário da água no Algarve abaixo da média nacional é erro crasso -- ex-presidente da APA

Tarifário da água no Algarve abaixo da média nacional é erro crasso -- ex-presidente da APA

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites