Getty

 

ROTA DA SEDA

Carla Mota e Rui Pinto. Ela é geógrafa, ele é físico, e ambos são autores do blog ‘Viajar entre Viagens‘ e do livro ‘Viagem pela Rota da Seda’.

Os grandes viajantes Carla Mota e Rui Pinto e o livro que os inspirou

“Há 15 anos que somos viajantes intrépidos a percorrer o mundo juntos, de mochila às costas. No nosso currículo contam-se mais de 100 países. Ler é e sempre foi a nossa porta de entrada no mundo. As ‘Viagens’ de Marco Polo foi um dos livros que mais nos inspirou. Lemos o livro separadamente e depois, novamente, juntos. Desse livro resultou uma viagem que durou vários meses, de Istambul até à China. Para refazer a viagem, preparámo-nos devorando o livro, tentando encontrar no mapa os lugares atuais. Lembro-me de uma passagem sobre Tabriz, no Irão, onde perdemos imenso tempo à procura de uma igreja inserida no livro mas que já tinha sido ‘engolida’ pelo crescimento da cidade e praticamente era um edifício decrépito e abandonado. Foi uma pequena desilusão, mas outros locais superaram as expectativas, sobretudo na parte chinesa, no deserto de Taklamakan. Fantástico! Desta aventura resultou o nosso mais recente projeto, um livro sobre a nossa experiência na Rota da Seda. Das nossas viagens trazemos sempre livros sobre a história desse país ou de algum autor de lá. No Báltico, por exemplo, comprámos vários livros sobre a perseguição dos judeus na II Guerra Mundial na Lituânia, as obras de Che Guevara, na Argentina, ou de Pablo Neruda, no Chile. Levámos o livro do Luís Sepúlveda ‘O Mundo do Fim do Mundo’ connosco para o Canal Beagle em busca dos cemitérios espontâneos de baleias. A biografia de Fernão Magalhães é um dos nossos preferidos: visitámos na Argentina os locais que marcaram a sua viagem de circum-navegação e fomos às Filipinas em busca do lugar onde foi morto. Os livros dão-nos o mote para viajar. Nós escrevemos os capítulos seguintes.”

PERU

Ana Ni Ribeiro. Nutricionista com paixão pelo mundo dos livros e por viagens, autora do blog e página de Instagram ‘A Nitricionista‘ e do livro ‘A Minha Dieta’.

A nutricionista prova sempre os alimentos típicos de cada país. Mario Vargas Llosa inspirou-a a viajar ao Peru.

“Quem me conhece ou está atento ao meu Instagram sabe que sou apaixonada pela minha profissão e viajar é um dos meus vícios. Como dizia Pessoa, ‘afinal, a melhor maneira de viajar é sentir. Sentir tudo de todas as maneiras’. Os livros também nos permitem viajar, e eu sempre gostei de ler, muito. Aliás, a minha mãe conta que eu ainda não sabia ler e já folheava livros, com todo o cuidado para não os estragar. Em casa dos meus pais havia (e há) muitos livros, e tinha todas as coleções de livros adaptados à minha idade. Mas mesmo assim, com 10 anos já tinha lido ‘Os Maias’ e vários outros clássicos. Tenho sempre vários livros na mesa de cabeceira, mesmo que em alturas de excesso de trabalho não tenha tempo. Durante a quarentena de março, por exemplo, não consegui ler nem uma página, mas agora voltei ao normal e li imenso no verão, romances e biografias, os meus preferidos. Um dos meus autores favoritos é o peruano Mario Vargas Llosa, desde ‘Conversa n’A Catedral’, passando por ‘A Cidade e os Cães’ e ‘Os Cachorros/Os Chefes’. Foi através da leitura da sua obra que nasceu o desejo de conhecer o seu país natal, o Peru. E como não podia deixar de ser, descobrir uma das gastronomias mais elogiadas do mundo. Durante anos sonhava ir lá, até ao dia em que decidi que era a altura certa e três meses depois estava a aterrar em Lima, uma de muitas cidades que recomendo, pela cultura, pela história, e claro pela gastronomia, que é absolutamente maravilhosa, desde os pratos típicos aos de fusão. Adorei visitar os mercados e apreciar a variedade de legumes e fruta de que nem sabemos o nome, mas que não resistimos comprar e provar. Foi lá que comi o melhor ananás da minha vida, e olhem que eu já comi muito ananás! É fantástico como os livros nos permitem viajar e quando efetivamente fazemos essas viagens é uma emoção, um arrepio na pele… como se já lá tivéssemos estado. Adoro aquela sensação ‘eu já estive aqui, sei qual é essa esquina, conheço tão bem essa luz’.”

LOS ANGELES

Luís Oliveira e Silva. Professor Catedrático e Físico no Instituto Superior Técnico, leitor compulsivo e apaixonado pela ‘cidade dos anjos’.

A Cidade dos Anjos é um tema recorrente das leituras do professor catedrático.

“Na minha família, os livros estiveram sempre presentes. A minha avó materna dizia que os livros são os nossos melhores amigos e continuo a cultivar essas amizades de forma intensa. As minhas leituras seguem ondas de interesse intelectual em que sou, muitas vezes, exaustivo, talvez por deformação profissional – quando encontro um autor que aprecio gosto muito de ler todos os seus livros para compreender o seu estilo, a evolução da sua escrita e do seu pensamento. Enquanto jovem, apreciava as biografias e os romances dos autores norte-americanos do séc. XX, nos últimos anos, motivado pelo contexto político mundial, li muitos romances distópicos e também interpretações políticas dos últimos quatro anos nos Estados Unidos e na Europa. Um tema recorrente das minhas leituras é a cidade de Los Angeles, onde dei aulas e vivi durante vários anos. Como é (e sempre foi) uma cidade singular e única, mas difícil de compreender, existe sempre muito para (re)descobrir. Quando quero ‘regressar’, mergulho nos livros de Raymond Chandler. Este escritor escreve de forma notável e quase cinematográfica, fazendo com que seja muito fácil imaginar o protagonista, Philip Marlowe, a percorrer de carro as longas avenidas e os becos de Los Angeles, de Malibu a Santa Mónica ou Beverly Hills, do Griffith Park a Hollywood ou a Westwood, criando um roteiro físico e moral da cidade. É verdade que tudo se passa nos anos 40 do séc. XX, mas os pontos mais importantes da cidade, as desigualdades sociais, o estilo de vida, e os detalhes da toponímia não só me fazem reviver a cidade que conheço e vivi, como servem de guia para novas descobertas. Outros autores tentaram capturar o espírito de uma cidade, mas, nas minhas leituras, só LA, na sua atmosfera de permanente volatilidade, é que se deixou capturar pelos seus escritores e em particular por Raymond Chandler.”

PATAGÓNIA

Raquel Ochoa. Romancista, biógrafa, cronista de viagens, autora do blog ‘O Mundo Lê-se a Viajar‘ e de vários livros, ‘Pés na Terra’ é o mais recente.

A escritora adora viajar e o livro de Bruce Chatwin inspirou-a a ir à América do Sul.

“Ler é para mim uma relação íntima, como lavar os dentes, dar um beijo a quem amamos, cozinhar para comer. Leio todos os dias e de tudo mas tenho especial interesse em ficção – romances. O primeiro livro a conseguir transportar-me totalmente, apesar de não ser um livro de viagem, mas uma transformação emocional do herói, foi ‘Siddhartha’, de Herman Hesse. Já a obra que me fez querer visitar muito um país foi ‘Na Patagónia’, de Bruce Chatwin. Despertou-me uma enorme sede de América do Sul, sobretudo desse território longínquo tão a Sul. De tal modo me envolveu que lá fui pessoalmente uns anos depois e eu própria escrevi um livro, ‘O Vento dos Outros’, sobre a minha experiência. A Patagónia é um desses sítios do mundo que por mais que colecionemos informação, quando lá chegamos tudo é impacto, surpresa, e admiração. Já se escreveram muitos livros sobre aquelas paragens, mas quando lá chegamos há uma reação pessoal. A Patagónia, na sua grande extensão, é simplesmente uma estepe muito batida pelo vento, onde de quilómetros em quilómetros surgem locais admiráveis. Compreendi toda a mística de que se fala nos livros e o título  ‘O Vento dos Outros’ faz essa alusão – à “voz” daquele vento. Quando viajo para um país, gosto de ler sobre ele antes de partir. Os de História, creio, são essenciais para perceber uma certa cultura, mas a ficção, se for boa, consegue contar-nos muitíssimo sobre os aspetos mais importantes a reter daquele lugar.Captar o espírito do local num livro nem sempre é fácil, a Índia, por exemplo, é muito complexa, e por isso, sempre que me aventuro a escrever sobre ela, quer em ficção (‘A Casa-Comboio’), quer em literatura de viagens (‘Pés na Terra’), sei que vou sempre ficar aquém. As viagens são, em grande medida, um exercício de liberdade. Ensinaram-me que nunca poderei viver sem ela. Não estou a dizer que só quem viaja é livre, nada disso, mas o ato de viajar, as escolhas e decisões diárias, a expansão dos conhecimentos é, dito de outro modo, a liberdade a ser vivida.”

Palavras-chave

Mais no portal

Mais Notícias

Tarifário da água no Algarve abaixo da média nacional é erro crasso -- ex-presidente da APA

Tarifário da água no Algarve abaixo da média nacional é erro crasso -- ex-presidente da APA

Casimiro de Brito - Entre o caos e o canto

Casimiro de Brito - Entre o caos e o canto

Porsche revela versão híbrida do 911

Porsche revela versão híbrida do 911

Pigmentarium: perfumaria de nicho inspirada na herança cultural da República Checa

Pigmentarium: perfumaria de nicho inspirada na herança cultural da República Checa

Revolut vai lançar depósitos a prazo em Portugal: “As taxas de juros oferecidas pelos bancos são muito baixas”

Revolut vai lançar depósitos a prazo em Portugal: “As taxas de juros oferecidas pelos bancos são muito baixas”

Galaxy S25 Ultra: Samsung pode apostar em grande na melhoria das câmaras

Galaxy S25 Ultra: Samsung pode apostar em grande na melhoria das câmaras

GNR apreende 42 quilos de meixão em ação de fiscalização rodoviária em Leiria

GNR apreende 42 quilos de meixão em ação de fiscalização rodoviária em Leiria

Showroom em Grijó: entre no universo da Casa 23

Showroom em Grijó: entre no universo da Casa 23

Sweet Soul, em Leça da Palmeira: O rigor da pastelaria

Sweet Soul, em Leça da Palmeira: O rigor da pastelaria

Está quase a chegar a festa final de 'Miúdos a Votos!'

Está quase a chegar a festa final de 'Miúdos a Votos!'

Desfile de famosos na festa Chopard em Cannes

Desfile de famosos na festa Chopard em Cannes

Nuno Júdice - Quando tudo se transformava

Nuno Júdice - Quando tudo se transformava

Serralves em Festa: 50 horas ininterruptas a celebrar

Serralves em Festa: 50 horas ininterruptas a celebrar

O lado lunar da inovação, enfrentando as sombras

O lado lunar da inovação, enfrentando as sombras

Vídeo: Os melhores momentos da III Conferência Girl Talk

Vídeo: Os melhores momentos da III Conferência Girl Talk

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

O novo IRS jovem, emigração e o adeus à social-democracia

O novo IRS jovem, emigração e o adeus à social-democracia

Hipertensão arterial: procedimento

Hipertensão arterial: procedimento "minimamente invasivo" melhora significativamente a qualidade de vida dos doentes

Em “Cacau”: Sal simula a morte de Marco para proteger Cacau

Em “Cacau”: Sal simula a morte de Marco para proteger Cacau

Opera: assistente Aria ganha mais 'inteligência' com o Gemini da Google

Opera: assistente Aria ganha mais 'inteligência' com o Gemini da Google

EV3: os detalhes do SUV compacto da KIA

EV3: os detalhes do SUV compacto da KIA

Miúdos a Votos: a grande festa dos livros mais fixes já começou!

Miúdos a Votos: a grande festa dos livros mais fixes já começou!

Reveja aqui a entrega dos Prémios Inovação em Prevenção

Reveja aqui a entrega dos Prémios Inovação em Prevenção

Um oásis no exterior da sua casa: mobiliário e dicas para desfrutar melhor da vida ao ar livre

Um oásis no exterior da sua casa: mobiliário e dicas para desfrutar melhor da vida ao ar livre

O concerto de Taylor Swift contado por uma 'swiftie'

O concerto de Taylor Swift contado por uma 'swiftie'

Novo Dacia Spring já pode ser encomendado em Portugal

Novo Dacia Spring já pode ser encomendado em Portugal

Pedro Cabrita Reis: Há 50 anos a criar no caos do atelier

Pedro Cabrita Reis: Há 50 anos a criar no caos do atelier

Será que vamos bater o 12º recorde de temperatura mensal seguido?

Será que vamos bater o 12º recorde de temperatura mensal seguido?

25 peças para receber a primavera em casa

25 peças para receber a primavera em casa

"Casados à Primeira Vista": Inês confessa sobre Paulo: "Damos as mãos até hoje"

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

O problema dos ultraprocessados consumidos por crianças entre os 3 e os 6 anos

O problema dos ultraprocessados consumidos por crianças entre os 3 e os 6 anos

O futuro começou esta noite. Como foi preparado o 25 de Abril

O futuro começou esta noite. Como foi preparado o 25 de Abril

Charlotte Casiraghi e Beatrice Borromeo apaixonadas pelo mesmo estilo de vestido

Charlotte Casiraghi e Beatrice Borromeo apaixonadas pelo mesmo estilo de vestido

A Lua de mel de Elson e Mariana de “Casados à Primeira Vista” em imagens

A Lua de mel de Elson e Mariana de “Casados à Primeira Vista” em imagens

Novo estudo pede cuidado com uso regular de suplementos de óleo de peixe face ao risco de doença cardíaca e AVC

Novo estudo pede cuidado com uso regular de suplementos de óleo de peixe face ao risco de doença cardíaca e AVC

Ao lado da mãe, o príncipe Hashem foi o grande protagonista da festa nacional da Jordânia

Ao lado da mãe, o príncipe Hashem foi o grande protagonista da festa nacional da Jordânia

Novo estudo pede cuidado com uso regular de suplementos de óleo de peixe face ao risco de doença cardíaca e AVC

Novo estudo pede cuidado com uso regular de suplementos de óleo de peixe face ao risco de doença cardíaca e AVC

Revolut vai lançar depósitos a prazo em Portugal: “As taxas de juros oferecidas pelos bancos são muito baixas”

Revolut vai lançar depósitos a prazo em Portugal: “As taxas de juros oferecidas pelos bancos são muito baixas”

Palavra de profissional: estúdio de design Raw-Edges

Palavra de profissional: estúdio de design Raw-Edges

Famosos no evento de abertura de novo

Famosos no evento de abertura de novo "rooftop"

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

Beatrice Borromeo e Pierre Casiraghi, os príncipes de Cannes

Beatrice Borromeo e Pierre Casiraghi, os príncipes de Cannes

Receita de Empanadas argentinas, por Fabiana Pragier

Receita de Empanadas argentinas, por Fabiana Pragier

Paris Hilton de férias no Hawai com os filhos

Paris Hilton de férias no Hawai com os filhos

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites