Porque festa e noites na pista de dança não são só para a geração que não sabe viver sem internet e pensa que o ‘Agora Escolha’ deve ser uma promoção da Uber Eats, este Verão, Lisboa vai ter a primeira edição do ‘Lisboa Beehive Generation X Y Z’. Uma festa para dançar as músicas do nosso passado.

Tenhamos sido hippies, grunge, heavy metal ou betinhos na adolescência, queremos ter uma noite ao som daquelas canções que ainda hoje nos fazem pôr o rádio mais alto e até dar um ‘ginga de anca’ quer estejamos a limpar o pó, a fazer compras, a caminho de uma reunião ou a deixar os miúdos na escola.

Vamos dançar! Isso é certo, mas, convenhamos, já não apetece esperar horas num restaurante até a noite começar. Quando a noite abre em Lisboa, já nós estamos prontos a fechar a porta do quarto e ir dormir. Queremos dançar a horas em que ainda não fomos atacados pelo Vitinho e queremos fazê-lo sem os ‘miúdos’ acharem que já temos idade para ter juízo.  Queremos dançar com vontade, recordar aquele romance de verão inconsequente que teve essa banda sonora, a festa da faculdade onde os Def Leppard, o Bryan Adams ou os Depeche Mode eram os maiores e sorrir ao lembrar o momento em que o Jonnhy avisa que: ‘Nobody puts Baby in the corner.’

Temos saudades das bolas de espelho, temos saudades das luzes negras e só não temos saudades da festa da espuma porque já não estamos para ficar encharcados até ir para casa! Por isso, venham as bolas e venham as luzes com fartura.