iStock_000006372017_Large.jpg

Falámos com o médico Daniel Pereira da Silva, especialista em obstetrícia e ginecologia e Presidente da Federação das Sociedades Portuguesas de Obstetrícia e de Ginecologia (FSPOG) sobre a importância da vitamina D para a nossa saúde.

Qual a importância da vitamina D para o nosso organismo?

Conhecemos desde longa data que a vitamina D desempenha um papel fundamental na saúde óssea. É responsável pela otimização da absorção de todo o cálcio que ingerimos e evita a sua eliminação renal, disponibilizando-o para o osso e todas as funções que tem no organismo. Essa é a sua principal ação, mas tem muitas mais. Desde logo na função muscular, pois tonifica os músculos, e, por essa via, evita quedas. Hoje sabemos que a vitamina D tem funções em muitos tecidos e órgãos, onde interage com uma série de agentes, cujos equilíbrios parecem fundamentais para a manutenção da nossa saúde e prevenção de uma série de doenças.


Quais as principais fontes de vitamina D?

O sol é a principal fonte. A exposição solar é responsável por 80 a 85% das nossas necessidades diárias. Na maior parte do ano é fácil suprirmos as necessidades diárias. Basta expor ao sol face e mãos, no máximo meia hora, entre as 11 e às 15 horas, sem protetores solares. É tão simples quanto isso. O problema é que as pessoas têm medo do sol, ainda mais a essas horas. Podiam fazê-lo sem riscos de maior, se não excedessem esse tempo ou o fizessem nos períodos mais prolongados usando protetores.

Olhemos para o que fazemos e se passa à nossa volta: vivemos, trabalhamos, divertimo-nos em ambientes fechados. Pelas mais diversas razões, uma grande parte da população e, mesmo, os mais jovens, deixaram as atividades ao ar livre.

A alimentação é pobre em vitamina D e responde apenas por 15 a 20% das nossas necessidades.

Podemos falar de ‘super alimentos’ no caso deste nutriente?

Não, não temos super-alimentos. Os mais riscos são a sardinha, salmão, bacalhau, ovos e flocos.

Em alguns países há alimentos enriquecidos com vitamina D, mas isso não se passa entre nós.

Que problemas de saúde estão relacionados com a carência de vitamina D?

Os problemas mais óbvios são os ósseos ou seja a sua descalcificação generalizada. Os ossos ficam mais frágeis e muito suscetíveis a fraturas, mesmo em percalços banais, pequenas quedas, por exemplo. O equilíbrio pode ficar afetado, por deficit muscular, e ser causa de quedas.

A carência crónica pode fazer-se sentir a muitos níveis. As carências mais profundas de vitamina D estão associadas a doenças cardíacas, diabetes, infeções, doenças autoimunes e mesmo alguns tipos de cancro, embora não haja uma relação causal inequívoca. Os mecanismos são muito diversos e multifatoriais e não são fáceis de comprovar.

Alguma etapa da nossa vida deve implicar um reforço desta vitamina?

Como referi a vitamina D é fundamental durante toda a vida, mas há fases mais críticas. Na infância a carência de vitamina D pode levar ao raquitismo, situação que foi bem conhecida da população portuguesa e que levou ao uso do célebre e abominável “óleo de fígado de bacalhau”. Essa situação está completamente abolida da nossa sociedade graças aos cuidados médicos e à inclusão da vitamina D nos suplementos vitamínicos. Outro período crítico é o envelhecimento, em especial na mulher após a menopausa. Com a menopausa os ovários diminuem progressivamente a sua produção hormonal, o que acelera a descalcificação óssea. Essa circunstância deve merecer a devida atenção, com a ingestão adequada de produtos lácteos ou suplementação de cálcio e maiores cuidados com a vitamina D. Para o fazer devemos aumentar a nossa exposição ao sol, com os devidos cuidados e nas horas indicadas, ou fazer suplementação na dose adequada.

Quando o défice é demasiado profundo para ser reposto pelas vias normais, que tratamentos existem disponíveis?

A suplementação de vitamina D é muito fácil. Temos várias opções possíveis: diária, semanal ou mensal. A mulher deve escolher a opção que lhe pareça mais indicada para os seus hábitos.

Habitualmente é conveniente administrar 600 a 800 unidades internacionais por dia para os adultos ou o seu equivalente por semana, ou por mês.

As mulheres são mais vulneráveis à falta de vitamina D?

Sem dúvida, por força da carência de estrogénios que se instala com a menopausa. A suplementação de vitamina D é uma medida importante em todos os meses do ano em que não tenha uma boa exposição solar.

E no caso das crianças?

As crianças devem merecer uma atenção especial logo após os primeiros dias de vida. O leite materno é riquíssimo, a amamentação é uma mais-valia para os recém-nascidos, mas não é suficiente para as necessidades de vitamina D da criança. Nesses casos a suplementação justifica-se. De uma forma geral, não temos esse tipo de problemas. Os cuidados perinatais são de grande qualidade no nosso país.

Palavras-chave

Mais no portal

Mais Notícias

Relva artificial com sistema de auto-arrefecimento promete combater o calor

Relva artificial com sistema de auto-arrefecimento promete combater o calor

Arquivo VISÃO: A lenda e o mito de Calouste Sarkis Gulbenkian, o filho da elite negociante arménia e a suposta “oferta a Portugal”

Arquivo VISÃO: A lenda e o mito de Calouste Sarkis Gulbenkian, o filho da elite negociante arménia e a suposta “oferta a Portugal”

10 animais que resistem ao calor

10 animais que resistem ao calor

Maria Botelho Moniz despede-se das férias em família em Maiorca

Maria Botelho Moniz despede-se das férias em família em Maiorca

Medicamentos com semaglutido, como o Ozempic, que se popularizou para a perda de peso, associados a novo efeito secundário grave

Medicamentos com semaglutido, como o Ozempic, que se popularizou para a perda de peso, associados a novo efeito secundário grave

Cláudia Vieira fala-nos do seu visual festivaleiro

Cláudia Vieira fala-nos do seu visual festivaleiro

Homem do Leme: Artifícios

Homem do Leme: Artifícios

Ideias para decorar com riscas

Ideias para decorar com riscas

Fausto - O último dos puros

Fausto - O último dos puros

António Coutinho: “Não é uma transição energética. É uma revolução”

António Coutinho: “Não é uma transição energética. É uma revolução”

Quis Saber Quem Sou: Será que

Quis Saber Quem Sou: Será que "ainda somos os mesmos e vivemos como os nossos pais?"

Medicamentos com semaglutido, como o Ozempic, que se popularizou para a perda de peso, associados a novo efeito secundário grave

Medicamentos com semaglutido, como o Ozempic, que se popularizou para a perda de peso, associados a novo efeito secundário grave

O visual roqueiro de Vanessa Oliveira no NOS Alive

O visual roqueiro de Vanessa Oliveira no NOS Alive

Os alfaiates de violinos

Os alfaiates de violinos

Equipa do Técnico conquista segundo lugar em competição  de barcos elétricos

Equipa do Técnico conquista segundo lugar em competição de barcos elétricos

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

O pormenor amoroso do batizado do filho de Mickael Carreira e Laura Figueiredo

O pormenor amoroso do batizado do filho de Mickael Carreira e Laura Figueiredo

Depois dos Magnum, Unilever diz adeus às pessoas

Depois dos Magnum, Unilever diz adeus às pessoas

12 novas casas de banho funcionais, confortáveis e atraentes

12 novas casas de banho funcionais, confortáveis e atraentes

No restaurante Éter, no Porto, o vinho é que manda

No restaurante Éter, no Porto, o vinho é que manda

O futuro começou esta noite. Como foi preparado o 25 de Abril

O futuro começou esta noite. Como foi preparado o 25 de Abril

VOLT Live: vem aí um apoio europeu para a compra de veículos elétricos?

VOLT Live: vem aí um apoio europeu para a compra de veículos elétricos?

Curtas Vila do Conde: Um festival em grande

Curtas Vila do Conde: Um festival em grande

Em “Senhora do Mar”: Joana anuncia gravidez na leitura do testamento de Manuel

Em “Senhora do Mar”: Joana anuncia gravidez na leitura do testamento de Manuel

ChatGPT chega a todos os Peugeot equipados com comandos de voz

ChatGPT chega a todos os Peugeot equipados com comandos de voz

'Táxi' voador movido a hidrogénio percorre mais de 800 quilómetros em voo de teste

'Táxi' voador movido a hidrogénio percorre mais de 800 quilómetros em voo de teste

Sede da PIDE, o último bastião do Estado Novo

Sede da PIDE, o último bastião do Estado Novo

O espetacular vestido de noiva de Sara Salgado

O espetacular vestido de noiva de Sara Salgado

Meghan inspira-se no seu segundo vestido de casamento

Meghan inspira-se no seu segundo vestido de casamento

Concept store: a Caju Comporta celebra cinco anos com novo espaço

Concept store: a Caju Comporta celebra cinco anos com novo espaço

Os heróis portugueses que vão às Olimpíadas

Os heróis portugueses que vão às Olimpíadas

VOLT Live: vem aí um apoio europeu para a compra de veículos elétricos?

VOLT Live: vem aí um apoio europeu para a compra de veículos elétricos?

As férias paradisíacas de Fernanda Serrano na Sardenha, em Itália

As férias paradisíacas de Fernanda Serrano na Sardenha, em Itália

25 peças para receber a primavera em casa

25 peças para receber a primavera em casa

Sustentabilidade: Este mar que se esgota

Sustentabilidade: Este mar que se esgota

Os visuais dos famosos no primeiro dia de NOS Alive

Os visuais dos famosos no primeiro dia de NOS Alive

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Cidades resilientes: a biodiversidade enquanto imperativo na era da crise climática

Cidades resilientes: a biodiversidade enquanto imperativo na era da crise climática

Biovance: primeiro fundo português de investimento em biotecnologia arranca com €51 milhões

Biovance: primeiro fundo português de investimento em biotecnologia arranca com €51 milhões

O caminho para o inferno está cheio de paletas de artistas!

O caminho para o inferno está cheio de paletas de artistas!

5G e “coletes das emoções” dão música a pessoas surdas no NOS Alive

5G e “coletes das emoções” dão música a pessoas surdas no NOS Alive

Adia várias vezes o alarme de manhã? O problema que pode estar por detrás da

Adia várias vezes o alarme de manhã? O problema que pode estar por detrás da "mania"

Empreender à grande e à portuguesa

Empreender à grande e à portuguesa

Amendoim: Os benefícios inesperados do consumo desta oleaginosa

Amendoim: Os benefícios inesperados do consumo desta oleaginosa

Cinema: Mais um verão com Ingmar Bergman

Cinema: Mais um verão com Ingmar Bergman

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites