99215888.jpg

Lev Dolgachov

Era o único hospital público em Portugal a oferecer a opção do parto na água às grávidas que o desejassem e reunissem condições para o efeito. Depois de cinco anos, em julho a prática foi suspensa no seguimento de um parecer negativo da Ordem dos Médicos. Um grupo de mães que fez parto na água naquela instituição reuniu mais de 4 mil assinaturas numa petição e promete levar o assunto ao Parlamento. A Ordem dos Enfermeiros já disse ser a favor. Por detrás dos argumentos científicos está também uma disputa antiga entre enfermeiros e médicos relativa às competências e autonomia de cada uma das classes no que toca aos partos.

CONTRA
João Bernardes, membro do Colégio de Ginecologia e Obstetrícia da Ordem dos Médicos

1. Não há evidência científica, nomeadamente ensaios clínicos randomizados, que validem a segurança e eficiência deste procedimento, sobretudo no que respeita ao recém-nascido. Há evidências de alguns benefícios para a mãe na fase inicial do parto, mas no período expulsivo pode aumentar o risco de asfixia e infeção do bebé. Não sei em que evidência se baseou a OMS. Seguimos a linha do colégio americano de obstetrícia, que é contra.

2. O parto na água existe noutros países, mas se Portugal tem dos melhores indicadores no que toca à assistência perinatal e taxa de mortalidade neonatal é porque faz algo bem. Não foi à custa destas filosofias que chegámos onde chegámos. Não devemos importar modelos só porque funcionam lá fora. A taxa de cesariana continua alta, mas está a descer. 

3. O parto aquático não se enquadra na prática dos médicos obstetras, que em Portugal não têm formação específica nesta área. Não podemos implementar uma prática destas sem mais estudos de confiança, formação e acreditação por instituições credíveis. Deve ser considerado experimental e feito apenas no contexto de ensaios clínicos. De outra forma é uma irresponsabilidade.

4. Independentemente das competências dos enfermeiros especialistas, que são fundamentais nas equipas e prestam os primeiros cuidados, os médicos é que são responsáveis hierárquicos pelas equipas.

A FAVOR
Dolores Sardo, presidente da Associação Portuguesa dos Enfermeiros Obstetras

1. Há evidência científica de que é benéfico para a mãe na primeira fase do parto, diminuindo a dor, necessidade de anestesia e o tempo de trabalho de parto. Não há ainda estudos que mostrem que é benéfico para o bebé mas também não há estudos que provem que faz mal. Há estatísticas que mostram que a taxa de admissão nas urgências dos bebés de parto na água é menor. E está de acordo com as recomendações da OMS, que alerta, desde 2006, para a necessidade de mudar práticas habituais, como a excessiva intervenção médica no parto.

2. Em Inglaterra, Espanha, Itália, Holanda, Suécia, Finlândia, Dinamarca, o parto na água é prática corrente. 

3. O parto na água surgiu em 2009, em Setúbal, como um projeto para aumentar as taxas de parto normal e combater as altas taxas de cesariana. O sucesso foi tal que apresentaram os resultados em congresso mundial: uma taxa de cesarianas abaixo dos 10%. Não houve nenhum caso que corresse mal. O Hospital organizou dois cursos 
de formação específica de parto na água. 

4. As equipas trabalham em conjunto, mas o profissional de referência no parto normal é o enfermeiro obstetra, que tem uma especialização em saúde materna e obstetrícia. Assim diz a lei. É assim porque o parto não é doença. Só se houver complicação é que passa para a alçada do médico. 
Neste caso, faz-se o que se faz nos outros, interrompe-se o parto normal e passa a haver intervenção médica. 

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

MAI apela à limpeza dos terrenos rurais

MAI apela à limpeza dos terrenos rurais

Ai Weiwei:

Ai Weiwei: "O Ocidente precisa de criar inimigos"

As elegantes escolhas de Mary da Dinamarca na visita à Noruega

As elegantes escolhas de Mary da Dinamarca na visita à Noruega

"Possível queda de meteorito" em Castro Daire. Testemunhas relatam clarão no céu

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Muito sal pode aumentar em mais de 40% a probabilidade de desenvolver cancro do estômago

Muito sal pode aumentar em mais de 40% a probabilidade de desenvolver cancro do estômago

25 peças para receber a primavera em casa

25 peças para receber a primavera em casa

EDP Renováveis conclui venda de projeto eólico no Canadá

EDP Renováveis conclui venda de projeto eólico no Canadá

O fracasso da AIMA, a frustração dos imigrantes e a inércia do Governo

O fracasso da AIMA, a frustração dos imigrantes e a inércia do Governo

Google Pixel 8a: ‘Económico’ sem ser o parente pobre

Google Pixel 8a: ‘Económico’ sem ser o parente pobre

A Biblioteca de Autores Portuenses abriu numa escola onde todos podem entrar

A Biblioteca de Autores Portuenses abriu numa escola onde todos podem entrar

Pedro Cabrita Reis, 50 anos depois. Uma exposição para mergulhar no caos criativo do artista

Pedro Cabrita Reis, 50 anos depois. Uma exposição para mergulhar no caos criativo do artista

Convívio cultural com sabores italianos

Convívio cultural com sabores italianos

Beatrice Borromeo e Pierre Casiraghi:   “glamour” aristocrático em Veneza

Beatrice Borromeo e Pierre Casiraghi:   “glamour” aristocrático em Veneza

Há mar e mar, há ser e há proclamar

Há mar e mar, há ser e há proclamar

Catarina Miranda recebida em euforia na gala do “Big Brother”

Catarina Miranda recebida em euforia na gala do “Big Brother”

O segredo dos vasos decorativos

O segredo dos vasos decorativos

Tesla volta aos cortes e avança com nova ronda de despedimentos

Tesla volta aos cortes e avança com nova ronda de despedimentos

PS5: Sony deixa pistas de emulação melhorada de alguns jogos da PS2

PS5: Sony deixa pistas de emulação melhorada de alguns jogos da PS2

Quartos: 5 novas camas para boas noites de sono

Quartos: 5 novas camas para boas noites de sono

Vida lá fora: já tem o seu chapéu de sol?

Vida lá fora: já tem o seu chapéu de sol?

Mini Cooper SE: fun, fun, fun…

Mini Cooper SE: fun, fun, fun…

O poder da empatia na liderança e gestão de talento

O poder da empatia na liderança e gestão de talento

NÃO ME MAGOAS MAIS

NÃO ME MAGOAS MAIS

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Médico australiano livre de cancro no cérebro graças a tratamento inovador desenvolvido pelo próprio

Médico australiano livre de cancro no cérebro graças a tratamento inovador desenvolvido pelo próprio

Louis Vuitton junta Roger Federer e Rafael Nadal nos Alpes Italianos

Louis Vuitton junta Roger Federer e Rafael Nadal nos Alpes Italianos

Passatempo: ganha convites duplos para 'IF - Amigos Imaginários'

Passatempo: ganha convites duplos para 'IF - Amigos Imaginários'

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

Peugeot melhora condições de garantia para todos os 100% elétricos

Peugeot melhora condições de garantia para todos os 100% elétricos

ONDE A MAGIA ACONTECE

ONDE A MAGIA ACONTECE

Em Paris, um apartamento haussmaniano com paleta contemporânea

Em Paris, um apartamento haussmaniano com paleta contemporânea

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

20% das mortes por anafilaxia devem-se a picadas de insetos

20% das mortes por anafilaxia devem-se a picadas de insetos

Ana Cristina Silva - Pensar como o Marquês de Pombal

Ana Cristina Silva - Pensar como o Marquês de Pombal

As tragédias que unem Inês e Alexandra de “Casados à Primeira Vista”

As tragédias que unem Inês e Alexandra de “Casados à Primeira Vista”

Veja as melhores imagens da conferência Girl Talk 2024

Veja as melhores imagens da conferência Girl Talk 2024

Dentro de uma estação de cabos submarinos

Dentro de uma estação de cabos submarinos

Receita de Bolo de banana com cobertura de chocolate negro

Receita de Bolo de banana com cobertura de chocolate negro

VISÃO Se7e: À solta nos museus e no caos criativo de Pedro Cabrita Reis

VISÃO Se7e: À solta nos museus e no caos criativo de Pedro Cabrita Reis

Jl 1399

Jl 1399

Em Cannes, Naomi Campbell deslumbra com o mesmo vestido Chanel com o qual desfilou em 1996

Em Cannes, Naomi Campbell deslumbra com o mesmo vestido Chanel com o qual desfilou em 1996

Em “Senhora do Mar”: Teresa conta a Manuel que Rafael é filho deles

Em “Senhora do Mar”: Teresa conta a Manuel que Rafael é filho deles

Flashbacks e outras visões de futuro no novo projeto do agrupamento Sete Lágrimas

Flashbacks e outras visões de futuro no novo projeto do agrupamento Sete Lágrimas

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites