Foto: Marta Fernandes

Há uma frase que ecoa na internet que diz que a beleza não mora nos padrões. É fácil anuir ao lê-la. Mas uma coisa que, aparentemente é tão simples, pode, na prática, ser bem complexa. Há, de facto, muitas camadas nisto de nos aceitarmos tal como somos. Sobretudo quando se é figura pública e há um escrutínio permanente à imagem. Sem se ver para lá dela. Felizmente, há mulheres como Maria Botelho Moniz. Que nos mostram que a beleza não cabe numa caixa, num rótulo, numa ideia fechada.

O sorriso com que Maria brinda a vida traz honestidade, candura e a crença de que o amor é o caminho. Esse sorriso que ilumina, é uma das suas imagens de marca mais bonitas e cativantes. E hoje, aos 38 anos, é um sorriso ainda mais confiante e ciente do seu valor e da sua beleza. Foi isso mesmo que a ACTIVA online testemunhou quando a apresentadora teve a oportunidade de testar em primeira mão a nova máquina de diagnóstico de pele da Lancôme, a Skin Screen.

Esta máquina, ao conseguir medir treze parâmetros da pele – incluindo textura, áreas vermelhas, manchas castanhas, poros visíveis, rugas e linhas finas – oferece uma rotina de cuidados de pele totalmente personalizada, de que a apresentadora ficou fã. Tendo esta experiência como mote, Maria Botelho Moniz partilhou com a ACTIVA online alguns dos seus rituais de beleza e a forma como o olhar para consigo foi mudando ao longo do tempo.

Maria Botelho Moniz (Foto: Marta Fernandes)

Há muito que a Maria é uma cara familiar para os portugueses. Ir acolhendo os anos, em televisão, faz com que tenha um olhar mais crítico ou complacente para consigo mesma, no que toca à imagem?

Acho que com o passar dos anos ficamos mais serenos e conhecemo-nos melhor, o que faz com que aceitemos melhor quem somos e como somos. Claro que a exposição e as criticas a que estamos sujeitos diariamente trazem um peso, por vezes faz-nos ser até mais críticos com a nossa própria imagem, mas sinto que com os anos estou cada vez mais segura de quem sou. Estou cada vez mais confortável com a minha imagem.

A maneira como se vê e se compreende tem evoluído de que forma ao longo do tempo?

A vida ensina-nos que mesmo estando rodeados de amor, amigos, família, é connosco próprios que vamos viver até ao último dia. Se soubermos quem somos, o que queremos, o que gostamos, o que nos preenche, o que nos expande, tudo se torna mais fácil. Na infância não pensamos nisso, na adolescência ora é uma coisa ora é outra e vivemos numa montanha-russa. Na idade adulta, se o caminho for bem feito, podemos viver em paz com quem somos e com a imagem que passamos.

A apresentadora enquanto experimentava a Skin Screen (Foto: Marta Fernandes)

Nos cuidados que tem para consigo, a forma como cuida da sua pele sempre foi uma preocupação?

Sempre. Na infância não entendia o porquê de ter de pôr creme hidratante no corpo, na adolescência achava que não fazia sentido, mas a minha mãe insistia principalmente na hidratação do rosto. Isso ficou-me sempre e, para mim, cuidar da pele é igual a lavar os dentes, já é automático.

De que cuidados não abdica no seu ritual de beleza?

Cuido especialmente bem do cabelo e do rosto. Sou incapaz de dormir maquilhada por exemplo, ou sem ter a pele limpa. São hábitos de sempre.

Foto: Marta Fernandes

A forma como cuida da sua pele imita em muito o que sempre viu a sua mãe fazer?

Sim. Lembro-me de a ver a por creme no corpo e no rosto, de me explicar que a pele do peito é tão sensível quanto a da cara, de me dizer que não se dorme com maquilhagem… Era um ritual que gostava de observar. Fazia-lhe mil perguntas!

Enquanto embaixadora da Lancôme, teve a oportunidade de experimentar a Skin Screen. O que ficou a saber sobre a sua pele?

Primeiro fiquei a saber que a Lancôme tem a máquina mais revolucionária neste campo, é fascinante a sua capacidade. Fiquei a saber que, apesar de hidratar bem a pele preciso de reforçar ainda mais a hidratação, que em termos de elasticidade e luminosidade estou muito bem para a média da minha idade, e que já tenho de ter cuidados extra com as rugas de expressão em torno dos olhos. É impressionante a quantidade de informação que a Skin Screen nos dá.

Como foi esta experiência?

Super rápida e simples, já sugeri a várias pessoas que a viessem experimentar. É super fácil, não tive de desmaquilhar porque ela tem a capacidade de ler a pele mesmo maquilhada, foi muito interessante. Agora quero aplicar todas as dicas e daqui a uns tempos fazer de novo e ver se alguma coisa mudou.

É inevitável que o tempo não vá deixando marcas na nossa pele. A beleza está em saber aceitá-las?

A beleza está em saber que essas marcas são o que nos tornam únicas.

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

"The Jinx-Parte 2": Novos enigmas no regresso da série documental

Pigmentarium: perfumaria de nicho inspirada na herança cultural da República Checa

Pigmentarium: perfumaria de nicho inspirada na herança cultural da República Checa

JL 1396

JL 1396

Dânia Neto abre o álbum de casamento:

Dânia Neto abre o álbum de casamento: "Bolha de amor"

Ordem dos Médicos vai entregar a ministra

Ordem dos Médicos vai entregar a ministra "seis prioridades para próximos 60 dias"

Estivemos no Oeiras Eco-Rally ao volante de dois Peugeot (e vencemos uma etapa)

Estivemos no Oeiras Eco-Rally ao volante de dois Peugeot (e vencemos uma etapa)

Zendaya surpreende com visual ousado

Zendaya surpreende com visual ousado

40 empresas portuguesas marcam presença na 62ª edição do Salão do Móvel de Milão

40 empresas portuguesas marcam presença na 62ª edição do Salão do Móvel de Milão

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

Montenegro diz que

Montenegro diz que "foi claríssimo" sobre descida do IRS

Exportações de vinho do Dão com ligeira redução em 2023

Exportações de vinho do Dão com ligeira redução em 2023

Georgina e Cristiano Ronaldo apaixonados na praia

Georgina e Cristiano Ronaldo apaixonados na praia

Duas em cada cinco mulheres dizem que prescindiam de um ano de vida para alcançar o corpo ou a aparência ideal

Duas em cada cinco mulheres dizem que prescindiam de um ano de vida para alcançar o corpo ou a aparência ideal

iOS 18 deverá ter novas funcionalidades relacionadas com Inteligência Artificial

iOS 18 deverá ter novas funcionalidades relacionadas com Inteligência Artificial

Os melhores momentos do casamento de Dânia Neto e Luís Matos Cunha

Os melhores momentos do casamento de Dânia Neto e Luís Matos Cunha

Luísa Beirão: “Há dez anos que faço programas de ‘detox’”

Luísa Beirão: “Há dez anos que faço programas de ‘detox’”

No tempo em que havia Censura

No tempo em que havia Censura

Tarifário da água no Algarve abaixo da média nacional é erro crasso -- ex-presidente da APA

Tarifário da água no Algarve abaixo da média nacional é erro crasso -- ex-presidente da APA

Meta ‘abre’ Quest OS a outras marcas como Asus e Lenovo

Meta ‘abre’ Quest OS a outras marcas como Asus e Lenovo

Sofia Manuel, a cuidadora de plantas

Sofia Manuel, a cuidadora de plantas

Fed e BCE em direções opostas?

Fed e BCE em direções opostas?

Quem tinha mais poderes antes do 25 de Abril: o Presidente da República ou o Presidente do Conselho?

Quem tinha mais poderes antes do 25 de Abril: o Presidente da República ou o Presidente do Conselho?

Teranóstica: O que é e como pode ser útil no combate ao cancro?

Teranóstica: O que é e como pode ser útil no combate ao cancro?

Tesla introduz novo Model 3 Performance

Tesla introduz novo Model 3 Performance

Ensaio ao Renault Scenic E-Tech, o elétrico com autonomia superior a 600 km

Ensaio ao Renault Scenic E-Tech, o elétrico com autonomia superior a 600 km

João Abel Manta, artista em revolução

João Abel Manta, artista em revolução

Chief Innovation Officer? E por que não Chief Future Officer?

Chief Innovation Officer? E por que não Chief Future Officer?

Vida ao ar livre: guarda-sol Centra

Vida ao ar livre: guarda-sol Centra

MAI apela à limpeza dos terrenos rurais

MAI apela à limpeza dos terrenos rurais

Mello, Espírito Santo e Champalimaud. O Estado Novo e as grandes fortunas

Mello, Espírito Santo e Champalimaud. O Estado Novo e as grandes fortunas

Os melhores momentos da festa dos 50 anos da Victoria Beckam, que abandonou às cavalitas de David Bckham

Os melhores momentos da festa dos 50 anos da Victoria Beckam, que abandonou às cavalitas de David Bckham

Casas sim, barracas não. Quando o pai de Marcelo Rebelo de Sousa ajudou os ocupantes do Bairro do Bom Sucesso

Casas sim, barracas não. Quando o pai de Marcelo Rebelo de Sousa ajudou os ocupantes do Bairro do Bom Sucesso

Quatro romances dos quatro cantos do mundo

Quatro romances dos quatro cantos do mundo

Conheça os ténis preferidos da Família Real espanhola produzidos por artesãs portuguesas

Conheça os ténis preferidos da Família Real espanhola produzidos por artesãs portuguesas

Ensaio ao Renault Scenic E-Tech, o elétrico com autonomia superior a 600 km

Ensaio ao Renault Scenic E-Tech, o elétrico com autonomia superior a 600 km

IRS: Falta muito para receber o seu reembolso? Saiba como ler o estado da sua declaração

IRS: Falta muito para receber o seu reembolso? Saiba como ler o estado da sua declaração

25 peças para receber a primavera em casa

25 peças para receber a primavera em casa

Celebrar a Liberdade no imenso palco do Festival Dias da Dança

Celebrar a Liberdade no imenso palco do Festival Dias da Dança

Dânia Neto de lua de mel em resort de luxo na Tailândia

Dânia Neto de lua de mel em resort de luxo na Tailândia

Rir é com ela!

Rir é com ela!

Os livros da VISÃO Júnior: Para comemorar a liberdade (sem censuras!)

Os livros da VISÃO Júnior: Para comemorar a liberdade (sem censuras!)

Baga Friends lançam-se no espumante

Baga Friends lançam-se no espumante

Em “Cacau”: Cacau dá à luz em casa e troca juras de amor com Marco

Em “Cacau”: Cacau dá à luz em casa e troca juras de amor com Marco

Conta-me como foi o 25 de abril

Conta-me como foi o 25 de abril

25 de Abril, 50 anos

25 de Abril, 50 anos

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites