@who

Hoje, dia 12 de Outubro, celebra-se o Dia Mundial das Doenças Reumáticas. E invoca-se a sua importância pelos milhões de doentes em todo o mundo que sofrem com este tipo de doenças.

Destaca-se a quantidade de doenças diferentes que se classificam nesta categoria, desde as supostamente mais benignas (mas mais frequentes), como a osteoartrite ou a osteoporose, até às potencialmente mais graves (felizmente mais raras), como algumas doenças autoimunes sistémicas. E ainda se sublinha o carácter universal deste tipo de enfermidades capazes de atingir quaisquer escalões etários, a forma como implicam sofrimento para doentes, familiares e cuidadores, como impõem um desgaste psicológico e financeiro a quem com elas convive, como representam um custo muito importante para toda a sociedade.

Estranho mundo este onde o dia celebrado é o da doença e não o do doente…

Porque se alguém merece ser alvo de qualquer tipo de celebração, de reconhecimento, de ajuda é exactamente cada um dos que, anonimamente ou não, sofre e suporta as vicissitudes de uma sorte que foi mais madrasta do que amiga. E também aqui existem filhos e enteados… Há alguns anos, era eu ainda aprendiz nas artes da medicina (felizmente ainda não parei de o ser!), lembro-me de ouvir uma doente comentar a propósito da sua doença (um Lupus Sistémico particularmente grave): “Se vou ter uma doença, que seja algo raro… um Ferrari!”

Estranho mundo este onde o sofrimento causado por doenças comuns é desvalorizado pela frequência e o exotismo, ainda que perigoso, é valorizado com orgulho!

Aqui reside o paradoxo deste dia: não existe nenhuma pessoa no mundo que não tenha (ou não venha a ter) uma doença reumática! Elas existem não só como consequência de disfunções imunológicas e alterações metabólicas, mas também como consequência do envelhecimento e, por isso mesmo, pela sua omnipresença, acabam muitas vezes por ser desvalorizadas ou mesmo ignoradas por médicos, cuidadores e até doentes que vêem em muitas doenças reumáticas, principalmente nas que têm um carácter degenerativo, apenas um desígnio do destino.

E claro, também existem os “Ferraris”, as doenças mais raras, complexas, a exigirem outro tipo de cuidados e a resultarem em outro tipo de complicações, mais graves, potencialmente fatais. E é nesta altura que médicos discutem quais as especialidades que devem tratar o quê, economistas analisam como devemos pagar e a quem e políticos discursam sobre o mérito dos seus projectos.

Conseguem imaginar como seria a saúde da nossa sociedade se cada um de nós se concentrasse de facto em contribuir para uma equipa global, onde os méritos inerentes ao nosso treino e aptidão fosse colocado numa perspectiva de equipa, onde de facto os doentes fossem o foco daquilo que fazemos. É notável a energia gasta em “animosidades institucionais”, sempre em nome dos doentes, sempre em prol da saúde da nossa população, sempre na defesa dos melhores interesses que, cada um de nós, tem a certeza serem os dos outros.

As doenças reumáticas são um universo demasiado grande para ser controlado e demasiado importante para ser ignorado. Por isso celebramos o Dia Mundial das Doenças Reumáticas. Porque temos a obrigação de não desistir, teremos de coordenar melhor os nossos esforços, valorizar mais o que temos e o que somos, reconhecer que todas as especialidades médicas, todos os profissionais de saúde, todos os decisores políticos têm o dever de fazer melhor e podem fazê-lo se colocarmos, de facto, o doente primeiro.

Este ano, a 12 de Outubro, deveríamos fazer algo verdadeiramente radical: celebrar o Dia Mundial do Doente Reumático!

*Este texto não é escrito de acordo com o novo acordo ortográfico

Os textos nesta secção refletem a opinião pessoal dos autores. Não representam a ACTIVA nem espelham o seu posicionamento editorial.

Palavras-chave

Mais no portal

Mais Notícias

Carros elétricos chineses deverão ficar mais caros

Carros elétricos chineses deverão ficar mais caros

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Onde ficar em Lisboa: Torel Palace

Onde ficar em Lisboa: Torel Palace

Num dos próximos quatro anos, o planeta deverá mesmo exceder 1,5ºC de aumento de temperatura

Num dos próximos quatro anos, o planeta deverá mesmo exceder 1,5ºC de aumento de temperatura

Navegando rumo ao futuro digital do oceano

Navegando rumo ao futuro digital do oceano

Jl 1401

Jl 1401

Portugal esgota hoje os recursos deste ano e começa a usar os de 2025

Portugal esgota hoje os recursos deste ano e começa a usar os de 2025

Quem tinha mais poderes antes do 25 de Abril: o Presidente da República ou o Presidente do Conselho?

Quem tinha mais poderes antes do 25 de Abril: o Presidente da República ou o Presidente do Conselho?

Inspire-se no

Inspire-se no "look" de Matilde Reymão

Exposição solar: O problema dos UVA

Exposição solar: O problema dos UVA

ATL para desportistas e aventureiros

ATL para desportistas e aventureiros

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Que bonito é Wild Thang,

Que bonito é Wild Thang, "o cão mais feio do mundo"

Kiwi contra um dos mais dolorosos efeitos secundários da quimioterapia. O

Kiwi contra um dos mais dolorosos efeitos secundários da quimioterapia. O "método inovador" criado por investigadores portugueses

Princesa Ana hospitalizada após acidente

Princesa Ana hospitalizada após acidente

Festivais de música erudita a não perder este mês

Festivais de música erudita a não perder este mês

EXAME 481 - Junho de 2024

EXAME 481 - Junho de 2024

Jantar fora à segunda-feira? É no Sea Me – Peixaria Moderna

Jantar fora à segunda-feira? É no Sea Me – Peixaria Moderna

Sirius Aviation mostra eVTOL movido a hidrogénio líquido

Sirius Aviation mostra eVTOL movido a hidrogénio líquido

ESG Talks: “A ciência, a tecnologia e a inovação são sempre fundamentais”

ESG Talks: “A ciência, a tecnologia e a inovação são sempre fundamentais”

Nova app MyHyundai até vai mostrar vídeos das intervenções técnicas

Nova app MyHyundai até vai mostrar vídeos das intervenções técnicas

Floreiras a dar elegância e natureza à decoração

Floreiras a dar elegância e natureza à decoração

Bruno de “Casados à Primeira Vista” brilha em “A Sentença” da TVI

Bruno de “Casados à Primeira Vista” brilha em “A Sentença” da TVI

As imagens do casamento de Nuno Santos e Diana Ribeiro Santos

As imagens do casamento de Nuno Santos e Diana Ribeiro Santos

Cientistas desenvolvem bateria para robô comestível

Cientistas desenvolvem bateria para robô comestível

Joana Vasconcelos: “Quando trabalho, o ritmo é intenso, sou imparável”

Joana Vasconcelos: “Quando trabalho, o ritmo é intenso, sou imparável”

Uma viagem a Trás-os-Montes sem sair de Gaia. Lídia Brás, do Stramuntana, vence categoria Embaixador Gastronómico dos prémios AHRESP

Uma viagem a Trás-os-Montes sem sair de Gaia. Lídia Brás, do Stramuntana, vence categoria Embaixador Gastronómico dos prémios AHRESP

Pigmentarium: perfumaria de nicho inspirada na herança cultural da República Checa

Pigmentarium: perfumaria de nicho inspirada na herança cultural da República Checa

Oppo Watch X chega com monitorização avançada de fitness e autonomia prolongada

Oppo Watch X chega com monitorização avançada de fitness e autonomia prolongada

Em “Senhora do Mar”: Teresa fica em pânico por Manuel ter desaparecido

Em “Senhora do Mar”: Teresa fica em pânico por Manuel ter desaparecido

Família real da Bélgica celebra mais uma vitória no Europeu de 2024

Família real da Bélgica celebra mais uma vitória no Europeu de 2024

Os planos da Stellantis para criar um ecossistema de software para os carros

Os planos da Stellantis para criar um ecossistema de software para os carros

Caras Decoração de junho: celebrar o bom tempo e a vida ao ar livre

Caras Decoração de junho: celebrar o bom tempo e a vida ao ar livre

ESG Talks: “Temos de valorizar o ambiente e os ecossistemas”

ESG Talks: “Temos de valorizar o ambiente e os ecossistemas”

Implante cerebral ajuda sobrevivente de AVC que perdeu a fala a comunicar de forma bilingue

Implante cerebral ajuda sobrevivente de AVC que perdeu a fala a comunicar de forma bilingue

Os festivais de verão

Os festivais de verão

Duarte Appleton e Vicente Gil: Dois jovens irreverentes atentos às tendências

Duarte Appleton e Vicente Gil: Dois jovens irreverentes atentos às tendências

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Em “A Promessa”: Laura e Maria descobrem que Nuno está à beira da morte

Em “A Promessa”: Laura e Maria descobrem que Nuno está à beira da morte

O que precisa de saber sobre a nova forma de transferências bancárias

O que precisa de saber sobre a nova forma de transferências bancárias

Vencedores do passatempo 'Gru - O Maldisposto 4'

Vencedores do passatempo 'Gru - O Maldisposto 4'

São João: 12 ideias para celebrar a noite mais longa do Porto

São João: 12 ideias para celebrar a noite mais longa do Porto

Campos de férias: será que o meu filho sobrevive?

Campos de férias: será que o meu filho sobrevive?

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

Boeing Starliner: NASA remarca regresso dos astronautas à Terra

Boeing Starliner: NASA remarca regresso dos astronautas à Terra

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites