@nastia.jpg

Já passou mais de meio século desde a revolução sexual, mas muitas mulheres continuam ansiosas na cama porque temem não ter o tipo ‘certo’ de orgasmo. 

Alguns terapeutas sexuais dizem que esta ansiedade é causada pela crença de que as mulheres podem ter diferentes tipos de orgasmos, incluindo os vaginais e os clitorianos. Os primeiros são vistos como mais desejáveis, porque supostamente são mais intensos e ocorrem durante o coito com um parceiro. Mas especialistas como a Dra. Vivienne Cass dizem que o conceito não passa de um mito.

“Não existe uma coisa separada chamada orgasmo vaginal”, afirma a sexóloga e autora, em declarações ao portal ABC Health & Wellbeing. “Eu diria que não existe um orgasmo vaginal ou um orgasmo clitoriano; existe fisiologicamente apenas uma resposta de orgasmo”, continua. “Mas há muitas maneiras diferentes de as mulheres vivenciarem isso — onde o sentem, o que sentem, o que sentem em relação a isso. E há mulheres que podem ter um orgasmo sem serem tocadas”.

A Professora Rosemary Coates, ex-presidente da Associação Mundial de Saúde Sexual, concorda e diz que nos últimos 47 anos sempre ensinou que os orgasmos são desencadeados pelo clitóris. “No entanto, há mudanças fisiológicas que ocorrem na vulva, incluindo a vagina e o útero. Algumas mulheres sentem espasmos rítmicos nessas áreas durante o orgasmo”, explica.

O clitóris é só a ponta do iceberg

O termo orgasmo vaginal tem sido usado para descrever o orgasmo que algumas mulheres têm quando recebem estimulação apenas através da penetração. Existem relatos de que esse pico de prazer é diferente daquele que é atingido com a estimulação direta da parte externa do clitóris, a glande, que fica um pouco acima da entrada da vagina.

Em tempos, acreditava-se que o chamado ‘botão mágico’, que contém entre seis mil a oito mil terminações nervosas, era o clitóris todo. Contudo, desde o final da década de 1990, sabe-se que, na verdade, o órgão é muito maior. A glande é apenas a ponta externa. Existe ainda uma grande parte interna, sendo que o comprimento total do clitóris humano é mais próximo do tamanho de um pénis do que do tamanho da ponta do mamilo.

O tecido clitoriano, que se estende mais profundamente no corpo e envolve a vagina e a uretra, também entra em jogo. As partes interna e externa do clitóris são feitas de um tecido erétil que incha com sangue durante a excitação sexual e, como tal, a capacidade de ter prazer com a penetração não exclui o envolvimento do clitóris. 

O centro do prazer

A Dra. Vivienne Cass acredita que a vagina em si não é um órgão muito sensível e diz que o canal tem relativamente poucas terminações nervosas. Mas certas posições sexuais podem aumentar a estimulação clitoriana.

“Existem ligamentos curtos que unem o capuz clitoriano [a prega de pele que envolve a glande] à vulva. Portanto, quando a vulva é movida acidentalmente durante a penetração, isso estimula a glande do clitóris”.

A especialista acrescenta que algumas mulheres acham que a pressão da relação sexual, tanto nas paredes vaginais quanto nas paredes das partes internas do clitóris e de outros tecidos, talvez incluindo o colo do útero, é suficiente para levá-las ao orgasmo. “Mas quando falamos de estimulação do clitóris, geralmente, as pessoas estão a falar sobre tocar na parte externa do corpo e a verdade é que a maioria das mulheres precisa disso”.

Agora, muitos investigadores veem a distinção entre um orgasmo “vaginal” e um “clitoriano” como artificial e inútil. 

“O mito do orgasmo vaginal foi baseado nas visões um tanto misóginas de Freud sobre a sexualidade das mulheres. Até a década de 1960, vários ‘especialistas’ presumiam que as mulheres que não atingiam o orgasmo durante a relação sexual vaginal eram imaturas”, partilha a Professora Rosemary Coates.

A ex-presidente da Associação Mundial de Saúde Sexual sublinha que quando a anatomia da vulva é claramente compreendida, juntamente com a biomecânica do ato sexual, particularmente na posição do missionário, “é possível ver com facilidade como é que a falta de estimulação apropriada do clitóris resultará em dificuldade em chegar ao orgasmo”.

Resumindo, de acordo com estas especialistas, devido ao tamanho e expansão reais do clitóris, a razão dos orgasmos vaginais (penetrativos é nada mais nada menos que este órgão erétil do aparelho genital feminino. 

Palavras-chave

Mais no portal

Mais Notícias

Portugal integra projeto para aproveitar hidrogénio verde para transportes públicos

Portugal integra projeto para aproveitar hidrogénio verde para transportes públicos

Novo Zenbook Duo, o portátil de fusão da Asus, chega em março a Portugal

Novo Zenbook Duo, o portátil de fusão da Asus, chega em março a Portugal

Venha conhecer o BYD Seal U

Venha conhecer o BYD Seal U

As Revoluções Francesas na VISÃO História

As Revoluções Francesas na VISÃO História

Vídeo mostra evolução da construção da cidade futurista The Line, na Arábia Saudita

Vídeo mostra evolução da construção da cidade futurista The Line, na Arábia Saudita

Costa disponibiliza segurança pessoal a líderes partidários após ataque a Montenegro

Costa disponibiliza segurança pessoal a líderes partidários após ataque a Montenegro

O Vento Assobiando nas Gruas, entrevista com Jeanne Waltz

O Vento Assobiando nas Gruas, entrevista com Jeanne Waltz

Crédito Habitação com taxa mista: o que podemos esperar?

Crédito Habitação com taxa mista: o que podemos esperar?

Atualização de software da Tesla corrige problemas de bateria no frio extremo

Atualização de software da Tesla corrige problemas de bateria no frio extremo

De Madalena Palmeirim a Ty Segall: Quatro discos novos, colheita de 2024

De Madalena Palmeirim a Ty Segall: Quatro discos novos, colheita de 2024

10 cidades com encanto: Ideias de viagem para conhecer o País… antes de ir a votos

10 cidades com encanto: Ideias de viagem para conhecer o País… antes de ir a votos

Kelly Bailey comenta a aquisição da nova habitação milionária: “Precisávamos de uma casa maior”. Veja as imagens!

Kelly Bailey comenta a aquisição da nova habitação milionária: “Precisávamos de uma casa maior”. Veja as imagens!

Exame de março: A economia que Pedro Nuno Santos e Luís Montenegro querem para Portugal

Exame de março: A economia que Pedro Nuno Santos e Luís Montenegro querem para Portugal

Artur Jorge: o exercício físico da poesia

Artur Jorge: o exercício físico da poesia

Porque existem anos bissextos?

Porque existem anos bissextos?

Em “Senhora do Mar”: Maria perde a virgindade com Pedro

Em “Senhora do Mar”: Maria perde a virgindade com Pedro

Como vai estar o tempo em março? Muito incerto e a culpa é de um

Como vai estar o tempo em março? Muito incerto e a culpa é de um "jato polar ondulado"

Provedora de Justiça considera inconstitucional norma disciplinar da Ordem dos Enfermeiros

Provedora de Justiça considera inconstitucional norma disciplinar da Ordem dos Enfermeiros

Aos 53 anos, Naomi Campbell é rainha da

Aos 53 anos, Naomi Campbell é rainha da "passerelle" em Milão

Indiferentes às polémicas, Letizia e Felipe VI cúmplices e apaixonados em Londres

Indiferentes às polémicas, Letizia e Felipe VI cúmplices e apaixonados em Londres

J. L. Barreto Guimarães, Poesia para médicos

J. L. Barreto Guimarães, Poesia para médicos

Thomas Kingston, marido de Lady Gabriella Windsor, morre aos 45 anos

Thomas Kingston, marido de Lady Gabriella Windsor, morre aos 45 anos

Na Escola Básica da Mata canta-se a liberdade!

Na Escola Básica da Mata canta-se a liberdade!

Breve história da maquilhagem

Breve história da maquilhagem

Quase metade das pessoas com doença rara não é seguida em centros de referência

Quase metade das pessoas com doença rara não é seguida em centros de referência

CDU contesta fim de cirurgias ao cancro da mama em várias unidades de saúde

CDU contesta fim de cirurgias ao cancro da mama em várias unidades de saúde

Bosch e Microsoft querem usar IA para tornar estradas mais seguras

Bosch e Microsoft querem usar IA para tornar estradas mais seguras

Na estreia de

Na estreia de "Duna: Parte Dois" em Nova Iorque, Zendaya volta a surpreender

Giorgio Armani propõe veludo, flores e infuências orientais para o próximo inverno

Giorgio Armani propõe veludo, flores e infuências orientais para o próximo inverno

Conforto e muita luz, num apartamento em São Paulo, Brasil

Conforto e muita luz, num apartamento em São Paulo, Brasil

Os lugares desta História, com Isabel Stilwell: Elvas, capital do Império onde o sol nunca se põe

Os lugares desta História, com Isabel Stilwell: Elvas, capital do Império onde o sol nunca se põe

Caras Decoração de fevereiro: tranquilidade e aconchego em primeiro lugar

Caras Decoração de fevereiro: tranquilidade e aconchego em primeiro lugar

Black Trumpet: no reino encantado dos cogumelos

Black Trumpet: no reino encantado dos cogumelos

Relação entre o comprimento do dedo indicador e do anelar ligada agora ao fornecimento de oxigénio em atletas profissionais

Relação entre o comprimento do dedo indicador e do anelar ligada agora ao fornecimento de oxigénio em atletas profissionais

Vídeo: Os trabalhos do Agrupamento de Escolas de Castelo de Vide

Vídeo: Os trabalhos do Agrupamento de Escolas de Castelo de Vide

A VISÃO Se7e desta semana - edição 1617

A VISÃO Se7e desta semana - edição 1617

Citroën ë-C3: O elétrico que custa 23.300 euros chega em junho

Citroën ë-C3: O elétrico que custa 23.300 euros chega em junho

PR diz que ataques com tinta por ativistas climáticos perderam eficácia

PR diz que ataques com tinta por ativistas climáticos perderam eficácia

Quinta da Pacheca cinco estrelas. O luxo das coisas simples

Quinta da Pacheca cinco estrelas. O luxo das coisas simples

Desporto: 20 artigos para suar com estilo

Desporto: 20 artigos para suar com estilo

Penélope Cruz deslumbra na passadeira dos SAG Awards

Penélope Cruz deslumbra na passadeira dos SAG Awards

Quando a cantiga foi uma arma

Quando a cantiga foi uma arma

Em “Cacau”: Anita descobre que Filó não é mãe de Cacau

Em “Cacau”: Anita descobre que Filó não é mãe de Cacau

Eficiência de recursos: a encruzilhada dos serviços alimentares

Eficiência de recursos: a encruzilhada dos serviços alimentares

A Interdecoração está de volta à Exponor

A Interdecoração está de volta à Exponor

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites