Muito velha, muito gorda, muito mulher. Como o preconceito da idade e do corpo afeta sobretudo o sexo feminino
Muito velha, muito gorda, muito mulher. Como o preconceito da idade e do corpo afeta sobretudo o sexo feminino (Foto: Pexels by Karolina Grabowska)

Os anos vão passando, mas o discurso parece permanecer o mesmo. Centrado numa visão masculina da sociedade e da mulher, a discriminação acentuada pelos cânones de beleza impossíveis, pela sexualização, pela idade e pelos preconceitos de género parecem permanecer colados à pele das mulheres, numa estigmatização que deixa de fora quem não pertence aos rótulos seguros da imagem perpetuada pela visão do homem.

Quando a sexualização começa demasiado cedo, mas a mulher a partir dos 40 já é vista como velha; quando se exige que a pele permaneça firme e sem rugas e o cabelo sem sinais de brancos, sendo o contrário visto como desleixo; quando uma mulher, para ser desejável, deve vestir o tamanho S e ter um corpo em formato ampulheta; quando a imagem é a base para definir alguém, em detrimento do conteúdo… Quando tudo isto ainda é uma realidade diária para a maioria das mulheres, que sofrem com o peso do olhar crítico dos outros, torna-se visível o caminho que ainda é preciso fazer para mudar mentalidades.

Querer colocar as mulheres em caixas demonstra bem como muitos homens precisam dessa segurança para sentirem algum tipo de poder sobre o sexo feminino. Sermos quem quisermos, como quisermos, e quando quisermos assusta os outros. Os padrões dão a tranquilidade do conhecido. Quem foge da regra e tem a audácia de ser exatamente como é, sem rótulos necessários para se definir, não é vista com bons olhos por quem se mantém nos preconceitos e nos laivos altivistas do machismo e da misoginia.

(Foto: Pexels by Pavel Danilyuk)

Neste caminho de ser mulher, parece que somos sempre ou de mais ou de menos, segundo a perspetiva alheia. Um espelho onde tantas vezes nos fazemos refletir e onde, tantas outras, nos diminuímos para encaixarmos. Porque crescemos com papéis pré-definidos, numa sociedade que valoriza substancialmente mais o homem, seja ele de que idade for. Porque permanece a ideia de que um homem com cabelos brancos é charmoso e ainda tem lugar em qualquer tipo de emprego, sendo considerado uma mais-valia pela sua experiência. Já uma mulher é vista como datada e as portas fecham-se instantaneamente. De acordo com um relatório da Catalyst Foundation, “por volta dos 40 anos, as mulheres começam a sofrer discriminação com base na sua aparência ou com base em padrões de beleza juvenis, agravados por preconceitos culturais injustificados atribuídos às trabalhadoras”, como a capacidade de inovação e de adaptação, pelo que, e em geral, “são julgadas menos qualificadas”

O idadismo, ou seja, a atitude preconceituosa e discriminatória com base na idade, está bastante presente na nossa sociedade, mesmo que por vezes seja camuflada. É verdade que os preconceitos começam a cair numa proporção direta de vozes que se levantam para não deixar na sombra os comportamentos que, embora normalizados por anos e anos de uma cultura pouco empática e demasiado sobranceira, magoam e marcam. Mas também é verdade que ainda há muitos muros para deitar abaixo nesta luta de maior respeito por quem somos. Ser mulher não é condição que nos faça ter que aceitar determinados comentários ou comportamentos. Do nosso corpo, da nossa aparência, da forma como nos vestimos e apresentamos sabemos nós. Porque nunca se é demasiado velha para usar cabelo comprido, nem muito gorda para ir à praia de biquíni, nem muito mulher para se chegar onde quiser.

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

VOLT Live: O estudo que prova que os 100% elétricos são a opção mais económica para as empresas

VOLT Live: O estudo que prova que os 100% elétricos são a opção mais económica para as empresas

Tesla volta aos cortes e avança com nova ronda de despedimentos

Tesla volta aos cortes e avança com nova ronda de despedimentos

Jl 1399

Jl 1399

Morreu o estilista Manuel Alves

Morreu o estilista Manuel Alves

Humor e irreverência em iluminação

Humor e irreverência em iluminação

Sede da PIDE, o último bastião do Estado Novo

Sede da PIDE, o último bastião do Estado Novo

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

Mini Cooper SE: fun, fun, fun…

Mini Cooper SE: fun, fun, fun…

Médico australiano livre de cancro no cérebro graças a tratamento inovador desenvolvido pelo próprio

Médico australiano livre de cancro no cérebro graças a tratamento inovador desenvolvido pelo próprio

A grande exposição de Pedro Cabrita Reis

A grande exposição de Pedro Cabrita Reis

A diversidade e a necessidade de “rebentar a bolha”

A diversidade e a necessidade de “rebentar a bolha”

Receita de Bolo de banana com cobertura de chocolate negro

Receita de Bolo de banana com cobertura de chocolate negro

Em lágrimas Catarina Miranda revela que quis desistir antes da expulsão

Em lágrimas Catarina Miranda revela que quis desistir antes da expulsão

Inês Aguiar e Gyökeres posam juntos pela primeira vez

Inês Aguiar e Gyökeres posam juntos pela primeira vez

Caso do menino nepalês de 9 anos “vítima de linchamento” numa escola de Lisboa. O que se sabe até ao momento?

Caso do menino nepalês de 9 anos “vítima de linchamento” numa escola de Lisboa. O que se sabe até ao momento?

Quartos: 5 novas camas para boas noites de sono

Quartos: 5 novas camas para boas noites de sono

Em Tavira, uma casa senhorial dá origem a um equilíbrio de contrastes

Em Tavira, uma casa senhorial dá origem a um equilíbrio de contrastes

Alberto do Mónaco agraciado por Emmanuel Macron

Alberto do Mónaco agraciado por Emmanuel Macron

Criado gel capaz de reduzir os níveis de álcool no sangue até 50% em cinco horas

Criado gel capaz de reduzir os níveis de álcool no sangue até 50% em cinco horas

Fátima Lopes celebra 55 anos em biquíni no mar

Fátima Lopes celebra 55 anos em biquíni no mar

Narrativas estrambólicas e contos que nos fazem pensar

Narrativas estrambólicas e contos que nos fazem pensar

Peugeot melhora condições de garantia para todos os 100% elétricos

Peugeot melhora condições de garantia para todos os 100% elétricos

25 peças para receber a primavera em casa

25 peças para receber a primavera em casa

O poder da empatia na liderança e gestão de talento

O poder da empatia na liderança e gestão de talento

Spatia Comporta: Um imenso convite a relaxar

Spatia Comporta: Um imenso convite a relaxar

15 de maio: Dia Internacional da Família

15 de maio: Dia Internacional da Família

Vencedores do passatempo 'IF - Amigos Imaginários'

Vencedores do passatempo 'IF - Amigos Imaginários'

O futuro começou esta noite. Como foi preparado o 25 de Abril

O futuro começou esta noite. Como foi preparado o 25 de Abril

20% das mortes por anafilaxia devem-se a picadas de insetos

20% das mortes por anafilaxia devem-se a picadas de insetos

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

As elegantes escolhas de Mary da Dinamarca na visita à Noruega

As elegantes escolhas de Mary da Dinamarca na visita à Noruega

Um paraíso no Mediterrâneo para descobrir nas próximas férias

Um paraíso no Mediterrâneo para descobrir nas próximas férias

Há mar e mar, há ser e há proclamar

Há mar e mar, há ser e há proclamar

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

VISÃO Se7e: À solta nos museus e no caos criativo de Pedro Cabrita Reis

VISÃO Se7e: À solta nos museus e no caos criativo de Pedro Cabrita Reis

MAI apela à limpeza dos terrenos rurais

MAI apela à limpeza dos terrenos rurais

WASP-193 b: Este planeta tem uma estrutura

WASP-193 b: Este planeta tem uma estrutura "fofa" e parece algodão doce

Famosas atentas a cuidados de beleza

Famosas atentas a cuidados de beleza

14 ideias para fazer no Dia Internacional e Noite dos Museus

14 ideias para fazer no Dia Internacional e Noite dos Museus

Ana Cristina Silva - Pensar como o Marquês de Pombal

Ana Cristina Silva - Pensar como o Marquês de Pombal

“Ainda existe um problema de auto confiança das mulheres no mundo do trabalho”

“Ainda existe um problema de auto confiança das mulheres no mundo do trabalho”

Os sinais da crise no casamento de Jennifer Lopez e Ben Affleck

Os sinais da crise no casamento de Jennifer Lopez e Ben Affleck

Hipertensão arterial: procedimento

Hipertensão arterial: procedimento "minimamente invasivo" melhora significativamente a qualidade de vida dos doentes

Ainda de ténis, Letizia aposta num visual em

Ainda de ténis, Letizia aposta num visual em "tweed" com calças largas

GNR apreende 42 quilos de meixão em ação de fiscalização rodoviária em Leiria

GNR apreende 42 quilos de meixão em ação de fiscalização rodoviária em Leiria

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites