IMG_8145.jpg

Álvaro Covões

Everything is New

Já lá vão nove anos de Alive e nem demos por eles passarem. O festival que hoje é reconhecido como um dos melhores da Europa (e que até já ganhou distinções internacionais) vai, este ano, celebrar a sua 10ª edição.

O festival merece destaque em publicações como o New Musical Express (NME), The Times ou a edição francesa da revista Rolling Stone. Diário de Notícias e TSF não hesitam em dizer que é “o melhor cartaz do ano”. Em julho, vamos poder ver, no Passeio Marítimo de Algés, nomes de peso da música nacional e internacional: Radiohead, Arcade Fire, The Chemical Brothers, Pixies, Robert Plant & The Sensational Space Shifters, Tame Impala, Foals, Two Door Cinema Club, M83, The 1975, Years & Years, Grimes, Hot Chip, Father John Misty, John Grant, Carlão, Paus, Courtney Barnett, José González e muitos outros.

747 atuações, mais de 1,7 milhão de espetadores
A preparação da 10º edição foi o mote para fazer o balanço de quase uma década de festival, numa conferência de imprensa que decorreu ontem, dia 2, no Palácio Anjos, em Algés, e que juntou Álvaro Covões, o diretor da promotora de espetáculos ‘Everything is New’, o presidente da Câmara de Oeiras, Paulo Vistas, e Rita Torres Baptista, diretora de marketing e comunicação da NOS.

Os números das 9 edições anteriores, revelados por Álvaro Covões, impressionam: 747 atuações, distribuídas por mais de 430 horas de espetáculo para um total de 1.760.000 espetadores. Este foi também o primeiro festival a ter um palco logo no pórtico de entrada, uma zona para grávidas, e a inovar com detalhes como a criação de conta-poupança ou bilhete integrado para o festival e comboio urbano.

“Trouxemos também os grandes nomes da comédia portuguesa para um festival de música. Temos uma parceria inédita, desde o início, com o Instituto Gulbenkian de Ciência, ao financiarmos bolsas de investigação científica, e fomos também o primeiro festival emitido em multiplataformas, com 3 ‘janelas’ através da RTP Online”, disse Covões, que aproveitou para lembrar como o festival não descurou o lado da economia social e de responsabilidade ambiental: em 2015 atribuíram bolsas Oeiras Investe a 3 projetos de âmbito social, financiaram a criação de 25 postos de emprego jovem no projeto Es Jovem; participaram na campanha Zero Desperdício, de reaproveitamento da alimentação não vendida no recinto, e reciclaram 20 toneladas de materiais.

Boas parcerias
“Pela 4ª vez continuamos a ser Escolha do Consumidor (na categoria Festivais Urbanos)”, disse ainda o diretor do festival. “Tudo isto foi possível porque o concelho de Oeiras nos recebeu com carinho. Temos a consciência que só conseguimos passar dos dois palcos iniciais para os seis que tivemos o ano passado, graças às parcerias com a NOS e outras marcas, que nos ajudam a manter um preço de bilhete baixo – e todas as referências internacionais falam disso. Conseguimos introduzir uma lógica completamente diferente nos festivais em Portugal, em que o festivaleiro tem que fazer um itinerário e gerir onde vai estar, de minuto a minuto, ou arrisca-se a perder grandes números.”

Rita Torres Baptista, diretora de marketing e comunicação da NOS sublinhou a “grande alegria e orgulho” da parceria. “É um projeto a que reconhecemos ambição, grandiosidade, capacidade de entrega.” A diretora de marketing prometeu ainda novidades da marca na próxima edição do festival, a revelar mais à frente. “A música é estratégica para nós. Muitas marcas chamam este tema a si. Nós fazermo-lo por acreditarmos que música é cultura, comunicação, é sentir, paixão, comunicação, partilha e experiência. Música é alma e marcas sem alma têm as pernas curtas.”

Paulo Vistas, presidente da Câmara de Oeiras, recordou como as muitas dificuldades inicialmente apontadas à realização do Alive foram sendo superadas. “O desafio é este festival manter-se nos primeiros lugares de entre os festivais da Europa.” A repercussão internacional positiva para o concelho também foi mencionada: ”Consequência disso é o número de estrangeiros que nos visitam pela altura do festival e que, em 2015, chegou aos 15 mil. Tem um grande impacto positivo ao nível da economia local.”

O autarca lembrou a importância da segurança, agradecendo à Proteção Civil e PSP. “Um evento que junta, em média 40, 45 mil pessoas por dia, sem um acontecimento negativo de relevo, não é sorte: é muito trabalho, preocupação e diálogo constante. A segurança e o conforto deste evento são reflexo da sua qualidade.”

Festivaleiros estrangeiros trazem fôlego à economia local
A organização do NOS Alive tem apostado também em estudos para perceber a origem dos visitantes estrangeiros. “Sessenta e quatro por cento vêm pela primeira vez a Lisboa, 67% ficam mais de cinco dias. A nossa transportadora nacional continua a ser a preferida entre companhias aéreas. Há também um upgrade nos visitantes, que preferem a estadia em hotelaria, o que é bom para a nossa economia: 25% ficam em hotéis, 21% em apartamentos, 14% em hostels e 14% em parque de campismo. Outros ainda referem que alugam casa”, revelou Álvaro Covões, acrescentando que 62% dos visitantes aproveitam a vinda ao festival para conhecer a região turística de Lisboa, criando um impacto positivo para a economia local.

Palco Clubbing com programação nacional, a 8 de julho
Uma das novidades anunciadas para a 10ª edição do NOS Alive é a programação do palco Clubbing para dia 8 de julho, que será 100% nacional, e cuja curadoria ficou ao cargo do DJ Kamala. O alinhamento que escolheu dá destaque ao hip hop, eletrónica e outras sonoridades de raiz urbana, e junta artistas em parcerias. Foi, aliás, em tom de festa e com uma pequena amostra do que poderemos ver nessa altura, que acabou a conferência de imprensa de ontem, no Palácio Anjos, num mini-concerto que contou com alguns dos artistas já anunciados.

Assim, os artistas de hip hop NBC, Sir Scratch e Bob da Range Sense vão juntar-se para uma atuação conjunta com alguns dos seus maiores sucessos. Sam the Kid atua com Mundo Segundo. Os HMB juntam-se a Filipe Gonçalves e a DJ Kamala, num concerto onde irão rever a história do hip hop português em 50 minutos.

Espaço ainda para a atuação de Meu Kamba Sound, que junta Rocky Marsiano e Rui Miguel Abreu, a explorarem a mistura de ritmos africanos, como funanás e coladeras, com batidas de hip hop, disco ou afro-beat.

O palco contará ainda com atuações individuais de Da Chick – o projeto de Teresa de Sousa que mescla soul, funk, hip hop e disco, com um balanço contagiante – e MGDRV, que cruzam hip hop e música eletrónica de forma inovadora. A noite fecha com DJ Kamala a reunir alguns dos nomes que passaram, ao longo do dia, pelo palco Clubbing.

Mais no portal

Mais Notícias

Há mar e mar, há ser e há proclamar

Há mar e mar, há ser e há proclamar

"Casados": Mariana e Elson vão para a banheira juntos na lua de mel

EDP Renováveis conclui venda de projeto eólico no Canadá

EDP Renováveis conclui venda de projeto eólico no Canadá

Vencedores do passatempo 'IF - Amigos Imaginários'

Vencedores do passatempo 'IF - Amigos Imaginários'

Diana Chaves confessa que casamento de Elisabete e Francisco foi

Diana Chaves confessa que casamento de Elisabete e Francisco foi "constrangedor"

Desfile de famosos na festa Chopard em Cannes

Desfile de famosos na festa Chopard em Cannes

Cupra Born VZ: 0 aos 100 km/h em 5,6 segundos

Cupra Born VZ: 0 aos 100 km/h em 5,6 segundos

Taylor Swift em Lisboa: 3 horas de concerto, 44 canções  16

Taylor Swift em Lisboa: 3 horas de concerto, 44 canções 16 "looks" em palco

Lisbon Design Week, evento dedicado ao design e artesanato contemporâneo

Lisbon Design Week, evento dedicado ao design e artesanato contemporâneo

25 peças para receber a primavera em casa

25 peças para receber a primavera em casa

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

15 de maio: Dia Internacional da Família

15 de maio: Dia Internacional da Família

“A incerteza económica é quase tão má como as políticas más”

“A incerteza económica é quase tão má como as políticas más”

Bruna Gomes celebra novo lançamento com o apoio de amigos especiais

Bruna Gomes celebra novo lançamento com o apoio de amigos especiais

Sete terraços para ir beber um copo e petiscar, de Lisboa a Cascais

Sete terraços para ir beber um copo e petiscar, de Lisboa a Cascais

Médico australiano livre de cancro no cérebro graças a tratamento inovador desenvolvido pelo próprio

Médico australiano livre de cancro no cérebro graças a tratamento inovador desenvolvido pelo próprio

Passatempo: ganha convites duplos para 'IF - Amigos Imaginários'

Passatempo: ganha convites duplos para 'IF - Amigos Imaginários'

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

Será que vamos bater o 12º recorde de temperatura mensal seguido?

Será que vamos bater o 12º recorde de temperatura mensal seguido?

Desfile de famosos na festa Chopard em Cannes

Desfile de famosos na festa Chopard em Cannes

The Largo, no Porto: Uma casa na cidade

The Largo, no Porto: Uma casa na cidade

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

Festival Soil to Soul: Comida, música e conversas no Castelo do Alandroal

Festival Soil to Soul: Comida, música e conversas no Castelo do Alandroal

As imagens do desabamento do terraço de um bar em Maiorca que provocou quatro mortes e vários feridos

As imagens do desabamento do terraço de um bar em Maiorca que provocou quatro mortes e vários feridos

OMS atualiza lista de bactérias que ameaçam saúde humana por resistirem aos antibióticos

OMS atualiza lista de bactérias que ameaçam saúde humana por resistirem aos antibióticos

xAI de Elon Musk quer tornar o chatbot Grok multimodal

xAI de Elon Musk quer tornar o chatbot Grok multimodal

Galaxy Ring pode ter preço a partir dos 300 dólares e subscrição mensal

Galaxy Ring pode ter preço a partir dos 300 dólares e subscrição mensal

Flashbacks e outras visões de futuro no novo projeto do agrupamento Sete Lágrimas

Flashbacks e outras visões de futuro no novo projeto do agrupamento Sete Lágrimas

Celebridades assistem à gala da amfAR, em Cannes

Celebridades assistem à gala da amfAR, em Cannes

O fracasso da AIMA, a frustração dos imigrantes e a inércia do Governo

O fracasso da AIMA, a frustração dos imigrantes e a inércia do Governo

Vida lá fora: já tem o seu chapéu de sol?

Vida lá fora: já tem o seu chapéu de sol?

EV3: os detalhes do SUV compacto da KIA

EV3: os detalhes do SUV compacto da KIA

Como identificar as vespas asiáticas - uma espécie perigosa para abelhas e humanos

Como identificar as vespas asiáticas - uma espécie perigosa para abelhas e humanos

EV3: os detalhes do SUV compacto da KIA

EV3: os detalhes do SUV compacto da KIA

Em Paris, um apartamento haussmaniano com paleta contemporânea

Em Paris, um apartamento haussmaniano com paleta contemporânea

Auditoras falharam a identificar 75% dos colapsos de empresas

Auditoras falharam a identificar 75% dos colapsos de empresas

Jl 1399

Jl 1399

Brad Pitt

Brad Pitt "rouba" castelo de Miraval a Angelina Jolie

Meo lança serviço sustentável de telecomunicações e energia

Meo lança serviço sustentável de telecomunicações e energia

Ana Cristina Silva - Pensar como o Marquês de Pombal

Ana Cristina Silva - Pensar como o Marquês de Pombal

Instalação de carregadores em condomínios: Respostas às dúvidas sobre a legislação

Instalação de carregadores em condomínios: Respostas às dúvidas sobre a legislação

Cientistas identificam proteínas que podem ser sinal de desenvolvimento de cancro sete anos antes do diagnóstico

Cientistas identificam proteínas que podem ser sinal de desenvolvimento de cancro sete anos antes do diagnóstico

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Romantismo na passadeira vermelha de Cannes

Romantismo na passadeira vermelha de Cannes

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites