mae.JPG

As mentiras das mães

1 – O teu hamster foi para o céu

Está bem, a gente percebe que se calhar era demasiado brutal pegar na bolinha de pêlo imóvel que até há pouco tempo andava pela casa aos pulinhos de alegria (enfim, a gente achava que era de alegria, mas se calhar, pensando em retroactivo, deviam ser as cólicas do cancro de estômago que o matou) e dizer: “Olha, minha filha, o Manel Chico teve um ataque fulminante que o arrancou sem dó nem piedade àqueles que o amavam e o levou em menos de nada”. Mas a verdade é que, enfim, um Céu para os hamsters, não seria esticar um bocadinho a metáfora? Que um avô vá para o Céu, a gente percebe. Mas como seria o céu dos hamsters? Cheio de hamsters com asinhas a saltar graciosamente de nenúfar em nenúfar, como o elefante no Rossio?

– O Pai Natal existe

Pode parecer inocente, mas a partir do momento em que descobrimos que o senhor de barbas é o Tio António e que a família inteira andou a rir-se às nossas custas durante uma batelada de anos, todo o nosos universo se torna de repente paralelo. O insondável abismo da desconfiança abre-se aos nossos pés: desconfiamos de toda a gente. Da mãe. Do pai. Do (traidor do) Tio António. Das mulheres. Dos homens. Dos hamsters que vão para o Céu sem avisar ninguém. Como fomos burras a ponto de pensar que um trenó podia dar a volta ao mundo numa noite? E uma rena voar? E um velho gordo com artrite reumatóide e Índice de Massa Corporal acima dos 114 descer por uma chaminé? A gente nem nunca viu uma rena! A casa nem tem chaminé, por amor de Deus! Ai e Deus? Será que também não existe?!!! Será que também é o Tio António mascarado?

3- ‘Quando viermos para baixo’

Ai lembram-se? Bastava a gente apontar com o dedito para uma montra qualquer, que a resposta era sempre a mesma: “Sim querida, a mãe compra-te isso quando viermos para baixo.” Claro que nunca vinhamos ‘para baixo’, não é. Ou vinhamos por outro caminho. Ou a loja já estava fechada (“Olha que pena!”). Ou estávamos a dormir. Ou já não nos lembrávamos. A verdade é que funcionava sempre. Grrrrrr….

4 – O Príncipe Encantado há-de chegar

É a maior e a mais dramática e a mais imperdoável das mentiras maternas. É verdade que a culpa não é apenas das mães: também é de Walt Disney. Mas enfim, Walt Disney não é nossa mãe e por isso não se podia esperar que quisesse o nosso bem e a nossa felicidade. Não só nos garantem que vamos encontrar um Príncipe Encantado como ficamos com a impressão de que haverá Congressos de Príncipes Encantados com tipos louros e de coroa todos à cacetada pela honra de um olhar nosso. Depois crescemos e achamos estranho que, por mais que se beijoque o Zé Manel, ele continue sapo, tadinho… Tão querido, mas pronto… Sapo…

E as mentiras das filhas

1 – Não fui eu

É o grande clássico. Não, não fui eu! Não fui eu que parti o vidro, que comecei a briga, que roubei o carrinho ao Tiago, que comi a tarte de maçã inteirinha, que devorei a tigela de musse, que entornei o pacote de leite! Não fui eu, gritamos cada vez mais alto e com caida vez mais fúria, e batemos o pé, transtornados com a injustiça do universo, e às tantas até já nós acreditamos que não fomos nós. O problema é mesmo esse: é que só nós é que acreditamos. Como todas as mães sabem, quanto mais se proclama a nossa inocência, mais culpados parecemos. Às vezes não fomos mesmo nós, mas aí já ninguém acredita.

2 – Fui dormir a casa da Rita

É verdade que a pobre da Rita não nos vê há quatro meses, é verdade que, se se ligar para casa da Rita, a ‘Rita’ tem uma voz um bocado grossa demais, mas pronto, é das hormonas que anda a tomar no, eh, ballet. Além disso, se se dissesse que iamos de facto deitar a cabecinha na almofada ao lado do Zé Manel (para fazer a sesta, evidentemente), a mãe tinha um ataque, portanto a gente mente é por amor. Não é para salvar a pele. É uma escolha por amor, como diria o Nicholas Sparks, que nunca deve ter mentido à mãezinha dele (mas também apostamos que nunca dormiu com o Zé Manel).

3 – Sim, comi dois pães com queijo ao lanche

 Não é que se seja anoréctica, mas francamente, por vontade das mães pesávamos todas 789 quilos, harmoniosamente distribuídos por 1,58m… É inevitável: na secção ‘comidas’ todas as mães encalharam na Pré-História, quando nunca se sabia se o jantar ia ser espetadas de mamute ou sopa- de-raíz-de-qualquer-coisa-que-até-te-pode-matar,-esperemos-que-não-mas também-se-matar-tenho-mais-14-filhos. Para as mães, nunca estamos miseravelmente obesas: estamos, quando muito, ‘benzinho’. Atenção que o patamar do ‘benzinho’ só se atinge acima dos 100 quilos. Até aí, estamos sempre desesperadamente a precisar de um mamute. Ou quando muito, uma pratada de bacalhau à Braz. Nem que seja congelado.

4 – Claro que não fumo charros

Há quem não fume, claro que há, mas essas geralmente vê-se logo que não fumam. As que juram por todos os santinhos que nunca levaram nada à boca que não fosse para comer (ai e croissant com doce de ovos só na Páscoa!) geralmente já sabem que nem todas as ervinhas são salsa e coentros.

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

Vencedores do passatempo 'Gru - O Maldisposto 4'

Vencedores do passatempo 'Gru - O Maldisposto 4'

Apple acusada de violar Regulamento dos Mercados Digitais

Apple acusada de violar Regulamento dos Mercados Digitais

Zona: Três mitos sobre esta doença que pode ser incapacitante

Zona: Três mitos sobre esta doença que pode ser incapacitante

Inster será o 100% elétrico mais acessível da Hyundai

Inster será o 100% elétrico mais acessível da Hyundai

Uma viagem a Trás-os-Montes sem sair de Gaia. Lídia Brás, do Stramuntana, vence categoria Embaixador Gastronómico dos prémios AHRESP

Uma viagem a Trás-os-Montes sem sair de Gaia. Lídia Brás, do Stramuntana, vence categoria Embaixador Gastronómico dos prémios AHRESP

Floreiras a dar elegância e natureza à decoração

Floreiras a dar elegância e natureza à decoração

As imagens do casamento de Nuno Santos e Diana Ribeiro Santos

As imagens do casamento de Nuno Santos e Diana Ribeiro Santos

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Carros elétricos chineses deverão ficar mais caros

Carros elétricos chineses deverão ficar mais caros

Exposição solar: O problema dos UVA

Exposição solar: O problema dos UVA

Sofia Ribeiro sobre morte de Manuel em

Sofia Ribeiro sobre morte de Manuel em "Senhora do Mar": "Estou até o último minuto à espera de que volte"

Os festivais de verão

Os festivais de verão

"O que é verdadeiramente desafiante é as marcas saberem o que leva as pessoas às lojas e o que funciona online". Leah Johns em entrevista

Quem tinha mais poderes antes do 25 de Abril: o Presidente da República ou o Presidente do Conselho?

Quem tinha mais poderes antes do 25 de Abril: o Presidente da República ou o Presidente do Conselho?

Em “A Promessa”: Helena e Tomás recusam-se a jantar com Miguel

Em “A Promessa”: Helena e Tomás recusam-se a jantar com Miguel

A La Redoute Intérieurs apresentou a sua nova coleção em Paris

A La Redoute Intérieurs apresentou a sua nova coleção em Paris

ESG Talks:

ESG Talks: "Nós somos muito rápidos a criar legislação e depois pouco rápidos a operacionalizá-la"

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

Campos de férias: será que o meu filho sobrevive?

Campos de férias: será que o meu filho sobrevive?

Muito calor ou assim-assim? Como vai ser o verão deste ano em Portugal

Muito calor ou assim-assim? Como vai ser o verão deste ano em Portugal

A relação surpreendente entre o desempenho cognitivo das mulheres e a menstruação

A relação surpreendente entre o desempenho cognitivo das mulheres e a menstruação

Francisco Monteiro mostra momento de intimidade com Bárbara Parada

Francisco Monteiro mostra momento de intimidade com Bárbara Parada

João Paulo Esteves da Silva - O piano e todas as margens

João Paulo Esteves da Silva - O piano e todas as margens

Como as poeiras do Saara podem ajudar a impedir furacões

Como as poeiras do Saara podem ajudar a impedir furacões

Mulheres confiantes antecipam o verão em fim de tarde à beira-mar

Mulheres confiantes antecipam o verão em fim de tarde à beira-mar

Sirius Aviation mostra eVTOL movido a hidrogénio líquido

Sirius Aviation mostra eVTOL movido a hidrogénio líquido

Festivais de música erudita a não perder este mês

Festivais de música erudita a não perder este mês

Uma viagem a Trás-os-Montes sem sair de Gaia. Lídia Brás, do Stramuntana, vence categoria Embaixador Gastronómico dos prémios AHRESP

Uma viagem a Trás-os-Montes sem sair de Gaia. Lídia Brás, do Stramuntana, vence categoria Embaixador Gastronómico dos prémios AHRESP

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Receita de Tarte de maçã sem glúten, por Fabiana Pragier

Receita de Tarte de maçã sem glúten, por Fabiana Pragier

Joana Vasconcelos: “Quando trabalho, o ritmo é intenso, sou imparável”

Joana Vasconcelos: “Quando trabalho, o ritmo é intenso, sou imparável”

Sair à noite em Lisboa. Roteiro, hora a hora, por bares e discotecas da cidade – até ao nascer do Sol

Sair à noite em Lisboa. Roteiro, hora a hora, por bares e discotecas da cidade – até ao nascer do Sol

ESG Talks: “O Alqueva veio resolver muitos problemas que tínhamos na região”

ESG Talks: “O Alqueva veio resolver muitos problemas que tínhamos na região”

Alpine A290: elétrico, tecnológico… e endiabrado

Alpine A290: elétrico, tecnológico… e endiabrado

Pigmentarium: perfumaria de nicho inspirada na herança cultural da República Checa

Pigmentarium: perfumaria de nicho inspirada na herança cultural da República Checa

"O Amor Segundo Dalva": Um filme sobre crescer antes de tempo

Restrições ao consumo de água no Algarve vão ser aliviadas

Restrições ao consumo de água no Algarve vão ser aliviadas

Perfumaria brasileira celebra a chegada do calor e conquista Lisboa e a Comporta

Perfumaria brasileira celebra a chegada do calor e conquista Lisboa e a Comporta

ATL para desportistas e aventureiros

ATL para desportistas e aventureiros

Canon EOS R8 em teste: De duas se fez uma

Canon EOS R8 em teste: De duas se fez uma

Onde ficar em Lisboa: Torel Palace

Onde ficar em Lisboa: Torel Palace

No bairro da Estrela, em Lisboa, um projeto chave na mão

No bairro da Estrela, em Lisboa, um projeto chave na mão

ESG Talks: “Temos de valorizar o ambiente e os ecossistemas”

ESG Talks: “Temos de valorizar o ambiente e os ecossistemas”

Quis Saber Quem Sou: Será que

Quis Saber Quem Sou: Será que "ainda somos os mesmos e vivemos como os nossos pais?"

Duarte Appleton e Vicente Gil: Dois jovens irreverentes atentos às tendências

Duarte Appleton e Vicente Gil: Dois jovens irreverentes atentos às tendências

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites