Foto Pexels/Ron Loach

1.É difícil pôr uma criança a ler

Bem, este é só meio mito. De facto é difícil pôr uma criança a ler: se os pais não leem. Pais que leem têm filhos que leem? Bem, também não é garantido. Há pais que se esforçam imenso e os miúdos nada. Problema: às vezes quanto mais se faz, menos eles leem, porque sempre foi assim. A missão dos filhos é nunca fazerem aquilo que os pais querem que eles fazem. O truque é influenciar sem que eles deem por isso.

2.As crianças lêem menos do que antigamente
Não é verdade, as crianças actualmente lêem muito mais do que esse tão famoso ‘antigamente’ para onde estamos sempre a fugir. O que acontece é que têm muito mais solicitações, que requerem menos esforço do que ler, e atualmente espera-se de todos os miúdos que sejam leitores. Há sempre quem não goste e quem nunca vá ser um bom leitor. Mas há mais crianças a ler.

3.Os escritores escrevem livros demasiado difíceis para as crianças
O que acontece é que, se calhar, esses livros não são para a idade delas… Não são os escritores que têm de se adequar ao seu filho, é o seu filho que tem de escolher os escritores em função daquilo que vai sendo capaz de ler. Tente dar aos mais pequenos livros adequados à sua idade, porque se lhes der livros demasiado complicados, acabam por desistir. Peça opinião aos próprios miúdos sobre os livros que vão lendo. Importante: começar cedo a habituá-los a ler, porque aquilo que acontece muito é que os miúdos crescem para lá das suas capacidades leitoras, ou seja, frequentemente há crianças de 10 anos maduras para a idade mas que não comseguem ler nada mais elaborado que o ‘Capuchinho Vermelho’. Ora como é que vão gostar de ler se há um desfasamento tão grande entre aquilo que conseguem ler e aquilo que lhes interessa?

4. Basta escolher um livro que seja para a idade deles

Em primeiro lugar, isso depende muito das crianças. Há quem leia muito bem com 10 anos e quem não consiga juntar duas sílabas. Também há livros ‘com bonecos’ onde depois o texto é desadequado das imagens. Além disso, a oferta é tanta que muitos pais, compreensivelmente, desistem de fazer muita investigação. O que pode fazer: peça ajuda a quem tenha filhos da idade dos seus, por exemplo.

5. É quase impossível arrancá-los ao telemóvel
Cada pessoa tem a sua forma de relaxar. Há quem jogue, há quem leia, há quem mande smiles aos amigos, há quem faça bolos de chocolate e há quem veja a telenovela. Pode sempre determinar um prazo que ache razoável para estarem ao telemóvel, mas é contraproducente dizer: “Sai lá desse jogo e vai ler”. Uma boa altura para criar o vício da leitura é à hora de dormir, por exemplo, e aí quase todas as pessoas conseguem arranjar meia hora – pronto, dez minutos – para ler qualquer coisa.

6. Não há nada a fazer se eles não lêem
Há sempre qualquer coisa que se pode tentar. Se ele lê pouco, comece por dar-lhe livros que o façam rir, ou que tenham a ver com os interesses deles. Acima de tudo, mesmo que lhe apeteça muito, não insista. Não sei se já reparou por experiência própria que nenhum de nós lê aquilo que toda a a gente insiste connosco para ler. Se ele não pega mesmo em nada, pode ajudar começar a ler-lhe alto umas páginas antes de dormir, mesmo que ele já tenha 12 anos. Além disto, nunca obrigue a ler nada, nem ofereça recompensas para ler seja o que for, nem, escusado será dizer, castigue com umas horinhas a ler…

7. É preciso um pai leitor de Saramago para criar filhos leitores
Até um pai analfabeto pode criar filhos leitores. Claro que é mais provável que uma criança que cresça numa casa cheia de livros se torne leitora do que uma criança que cresça numa casa onde o único livro é o de receitas. Mas o que importa é o envolvimento dos pais. Se a criança vir a leitura como um acto valorizado, mais facilmente achará que ler aumenta o seu ‘prestígio’. ‘Acto valorizado’ não quer dizer grandes sermões sobre aquilo que os livros podem fazer por eles, caso em que farão tudo na vida menos chegar perto deles. Quer dizer ouvir os pais falarem de algum livro que gostaram de ler, ou ver livros na mesa de cabeceira deles. E leitura não quer dizer necessariamente Saramago, pode ser o jornal da região, um livro de receitas ou a sua revista preferida (sim, a ACTIVA): o que interessa é o entusiasmo pela leitura, porque a paixão é muito mais contagiante do que uma ordem. Claro que também há crianças que crescem em casas cheias de livros e não lhes ligam nenhuma, mas aí geralmente é por overdose e espírito de contradição (ou têm um irmão que se farta de ler e querem marcar a diferença sendo exatamente o oposto…)


8. Torná-los leitores é obrigação da escola
Ensiná-los a ler, talvez, mas se a criança só contacta com os livros na escola e só pega neles para fazer um trabalho de casa, provavelmente nunca conseguirá ver um livro como um prazer, e se um livro não for um prazer, nunca se tornará num hábito.
Guarde um cantinho em casa para ele ter a biblioteca dele e converse sobre aqueles que ele mais gostou de ler. Se tiver tempo de ler alguns deles será ainda melhor, porque saberá do que é que ele está a falar (mas isto é uma conversa descontraída, claro, não se vai pôr a exigir-lhe uma ficha de leitura nem a pedir-lhe que resuma a obra). Acima de tudo, nunca dizer: “Quando fores mais velho, vais-me agradecer por teres lido isto…” ou “Se lesses mais, terias melhores notas.”

9. Um livro deve ser educativo
Porquê? As pessoas também não têm de ser todas professoras… Há muitas coisas que um livro pode ser: educativo, divertido, para rir, para chorar, para pensar, para não pensar… Todos os tipos de livros devem fazer parte da experiência dele, como todos os tipos de comida devem fazer parte da alimentação. Aliás, se pensarmos bem, fartámo-nos de ler (e comer) porcarias e não nos fizeram mal nenhum… (enfim, achamos nós)

10. Um livro deve ser muito bem tratado
Cuidado com a cerimónia… Um livro deve ser uma pessoa de família, não uma visita.
Não exija que os livros dele estejam todos muito limpinhos. É melhor que tenham dedadas de chocolate ou de marmelada e estejam lidos, do que passarem impolutos – e sem nunca serem lidos – para a próxima geração.

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

Está quase a chegar a festa final de 'Miúdos a Votos!'

Está quase a chegar a festa final de 'Miúdos a Votos!'

Investigadores criam smartwatch capaz de analisar o suor

Investigadores criam smartwatch capaz de analisar o suor

A primeira imagem de Paulo com os filhos de Inês de “Casados à Primeira Vista”

A primeira imagem de Paulo com os filhos de Inês de “Casados à Primeira Vista”

Nuno Júdice - Quando tudo se transformava

Nuno Júdice - Quando tudo se transformava

GNR apreende 42 quilos de meixão em ação de fiscalização rodoviária em Leiria

GNR apreende 42 quilos de meixão em ação de fiscalização rodoviária em Leiria

Opera: assistente Aria ganha mais 'inteligência' com o Gemini da Google

Opera: assistente Aria ganha mais 'inteligência' com o Gemini da Google

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

Descubra 15 assentos topo de gama

Descubra 15 assentos topo de gama

O futuro começou esta noite. Como foi preparado o 25 de Abril

O futuro começou esta noite. Como foi preparado o 25 de Abril

Novo Dacia Spring já pode ser encomendado em Portugal

Novo Dacia Spring já pode ser encomendado em Portugal

No Porto, a Casa Armanda Passos mostra obras inéditas da artista

No Porto, a Casa Armanda Passos mostra obras inéditas da artista

Hipertensão arterial: procedimento

Hipertensão arterial: procedimento "minimamente invasivo" melhora significativamente a qualidade de vida dos doentes

Como ler um jornal

Como ler um jornal

25 peças para receber a primavera em casa

25 peças para receber a primavera em casa

Romantismo na passadeira vermelha de Cannes

Romantismo na passadeira vermelha de Cannes

Sede da PIDE, o último bastião do Estado Novo

Sede da PIDE, o último bastião do Estado Novo

BCE está pronto para baixar juros na próxima semana

BCE está pronto para baixar juros na próxima semana

A VISÃO Se7e desta semana – edição 1630

A VISÃO Se7e desta semana – edição 1630

O plano ambicioso da Revolut para Portugal

O plano ambicioso da Revolut para Portugal

Desfile de famosos na festa Chopard em Cannes

Desfile de famosos na festa Chopard em Cannes

Shiloh Jolie-Pitt celebra 18 anos

Shiloh Jolie-Pitt celebra 18 anos

O concerto de Taylor Swift contado por uma 'swiftie'

O concerto de Taylor Swift contado por uma 'swiftie'

Reveja aqui a entrega dos Prémios Inovação em Prevenção

Reveja aqui a entrega dos Prémios Inovação em Prevenção

Charlotte Casiraghi e Beatrice Borromeo apaixonadas pelo mesmo estilo de vestido

Charlotte Casiraghi e Beatrice Borromeo apaixonadas pelo mesmo estilo de vestido

Tarifário da água no Algarve abaixo da média nacional é erro crasso -- ex-presidente da APA

Tarifário da água no Algarve abaixo da média nacional é erro crasso -- ex-presidente da APA

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Guia para a Feira do Livro de Lisboa em 7 pontos

Guia para a Feira do Livro de Lisboa em 7 pontos

Planeta continuou a aquecer em abril apesar da diminuição do El Niño

Planeta continuou a aquecer em abril apesar da diminuição do El Niño

Cientistas identificam proteínas que podem ser sinal de desenvolvimento de cancro sete anos antes do diagnóstico

Cientistas identificam proteínas que podem ser sinal de desenvolvimento de cancro sete anos antes do diagnóstico

Um oásis no exterior da sua casa: mobiliário e dicas para desfrutar melhor da vida ao ar livre

Um oásis no exterior da sua casa: mobiliário e dicas para desfrutar melhor da vida ao ar livre

Receita de Empanadas argentinas, por Fabiana Pragier

Receita de Empanadas argentinas, por Fabiana Pragier

Paris Hilton de férias no Hawai com os filhos

Paris Hilton de férias no Hawai com os filhos

Não entreguei a declaração do IVA. Quais as consequências?

Não entreguei a declaração do IVA. Quais as consequências?

Palavra de profissional: estúdio de design Raw-Edges

Palavra de profissional: estúdio de design Raw-Edges

Alice Vieira: à conversa com uma

Alice Vieira: à conversa com uma "contadora de histórias"

Príncipe George assistiu à final da Taça de Inglaterra na companhia do pai

Príncipe George assistiu à final da Taça de Inglaterra na companhia do pai

EV3: os detalhes do SUV compacto da KIA

EV3: os detalhes do SUV compacto da KIA

A Lua de mel de Elson e Mariana de “Casados à Primeira Vista” em imagens

A Lua de mel de Elson e Mariana de “Casados à Primeira Vista” em imagens

Novo estudo pede cuidado com uso regular de suplementos de óleo de peixe face ao risco de doença cardíaca e AVC

Novo estudo pede cuidado com uso regular de suplementos de óleo de peixe face ao risco de doença cardíaca e AVC

Cupra Born VZ: 0 aos 100 km/h em 5,6 segundos

Cupra Born VZ: 0 aos 100 km/h em 5,6 segundos

Cláudia Lucas Chéu - Síntese do femininismo

Cláudia Lucas Chéu - Síntese do femininismo

O atlas imparável de Siza Vieira na Fundação Gulbenkian

O atlas imparável de Siza Vieira na Fundação Gulbenkian

A reação dos filhos de Inês de “Casados à Primeira Vista” à visita de Paulo

A reação dos filhos de Inês de “Casados à Primeira Vista” à visita de Paulo

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

Vídeo: Os melhores momentos da III Conferência Girl Talk

Vídeo: Os melhores momentos da III Conferência Girl Talk

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites