Se esta conversa fosse um jogo de palavras, à cabeça tinham que vir “arte”, “intemporal”, “responsável”, “inspiração” e “emoção”. É tudo isso que é a marca Benedita Formosinho e a mulher, com o mesmo nome, que lhe guia os caminhos. A ACTIVA conversou com Benedita e descobriu a mulher que se confunde com a marca.

Benedita Formosinho é designer de moda, formada pela Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa. Move-se ​pela vontade de revalorizar os detalhes, as técnicas manuais e os saberes ancestrais portugueses. No seu percurso em contacto com gerações antecessoras tem conhecido materiais, técnicas e experienciado parcerias com artesãos e pequenas produções locais.

O seu trabalho tem como principal foco a criação de peças intemporais, pelo design e pela qualidade, selecionando materiais nobres, autóctones do nosso país, materiais naturais e técnicas com história e imbuídas de emoção.

O armário de Benedita é feito de peças especiais. Diz nunca ter ligado muito a tendências, de propósito, pois estas acabam por nos cansar.

Quando criou a Benedita Formosinho Brand pensou em que mulheres?

Pensei em alguém que procura peças simples, mas com detalhes especiais e diferentes. Alguém que gosta de saber, que valoriza a história e a emoção por detrás de uma peça de vestuário. Não pensei numa faixa etária específica, porque é possível criar uma peça que se adeque a diferentes idades, estaturas, géneros. Mais recentemente, criei uma cápsula, Inclusão, onde todas as peças são sem género.

Porquê uma marca homónima?

No início pensei em escolher um nome para a marca, mas desde a minha formação, especialmente na faculdade, habituei-me a ver os nomes dos designers de moda como nome da sua própria marca. Sinto que torna tudo muito mais pessoal, demonstra sentimento e proximidade, como se a marca estivesse a exteriorizar algo que me é tão especial.

Quais são os valores da sua marca de que nunca abdica?

Valores de proximidade e ética, com quem me inspiro, com quem faz os materiais, quem faz os detalhes da confeção, com quem vende e com quem compra as peças, acho fundamental.

De onde lhe vem a inspiração?

A inspiração é algo que acontece de forma natural, e por vezes em coisas ou momentos que podem parecer à partida não funcionar. Tento não forçar, por muito que o desenvolvimento da marca o exija, porque quando surge de forma natural consigo criar mais, melhor e com um resultado final mais pretendido, que emociona e inspira.

Benedita acredita que iremos sempre continuar a querer peças novas, porque a Moda faz parte da nossa forma de expressão em sociedade, da nossa identidade.

Como podemos ser sustentáveis e continuar a querer comprar peças novas para o nosso armário?

Iremos sempre continuar a querer peças novas, porque a Moda faz parte da nossa forma de expressão em sociedade, da nossa identidade. Penso que sermos sustentáveis também passa pelo momento em que decidimos o que precisamos, o que comprar, optar por comprar menos e melhor faz com que durem mais e se valorize e se cuide mais das nossas peças.

Que critérios devemos ter em conta quando escolhemos uma peça de roupa nova?

Escolher peças intemporais pelo design e pelos materiais. Devemos querer saber mais sobre a peça, ver a etiqueta de origem e composição, e optar por fibras naturais, recicladas, com produção local, com uma pegada ecológica mais responsável. Pensarmos se vamos conseguir conjugar aquela peça com as coisas que já temos no nosso guarda-roupa.

Quando descobre uma mulher vestida com uma roupa da sua autoria o que é que sente?

No início emocionava-me de pensar como seria se acontecesse, agora já aconteceu algumas vezes e não consigo parar de olhar, tenho quase vontade de falar com a pessoa, isso já foi possível, fico muito feliz!

As tendências saíram de moda?

Penso que sim, estamos nesse caminho, hoje em dia podemos usar quase tudo e com uma escolha mais pessoal, cada pessoa pode mostrar o seu estilo e está na moda. Pessoalmente nunca liguei muito às tendências, até de propósito, porque prefiro não estar a seguir uma tendência, porque estas por norma acabam por nos fartar. Uma das missões da Benedita Formosinho é desenvolver peças que gostamos e nos apetece vestir hoje, amanhã, e nos próximos anos. 

Ainda faz sentido falarmos em estações do ano quando falamos de moda?

Acho que cada vez menos, é claro que no inverno usamos casacos quentinhos e lãs e no verão peças mais frescas de linho e algodão. A complementar estas peças-chave, penso que as peças de “meia estação”, são uma boa opção, estando cada vez mais nas nossas escolhas, quer de quem cria, quer de quem compra. A Benedita Formosinho mantém peças icónicas e cria peças novas, ao longo do ano independentemente da estação.

A marca Benedita Formosinho possui uma loja/atelier em Setúbal e outra loja, em Lisboa, no Príncipe Real.

Se só pudesse comprar três peças de roupa novas nesta estação por quais optaria. Porquê?

Seria um bom casaco, leve e quente, de altura média, uma camisa versátil e original e umas calças leves de bombazine em tons neutros.

Qual é a peça de roupa mais bonita que tem no seu armário?

Tenho várias que gosto muito, mas penso que talvez seja a minha camisa Ilite, com detalhe lateral em plissado, de algodão em manga comprida ou de linho em manga curta. Foi das primeiras peças que desenhei na marca e que logo no início teve sucesso e deu reconhecimento à marca e me fez pela primeira vez aumentar a minha pequenina produção. É uma peça muito versátil, clássica e intemporal, adoro-a!

Quais são as três peças de roupa que mais usa e que quer manter por muitos anos no seu armário?

Uso muito a camisa Ilite, o casaco Lizete em veludo de lã e a camisa Margarida que representa o contraste de materiais, texturas e assimetrias que tanto gosto.

Que cuidados tem para que as suas roupas tenham uma vida mais longa?

Sempre fui muito cuidadosa na utilização das minhas peças de roupa e calçado, tento que necessitem de limpeza o mais espaçado possível e aquando da lavagem, opto e recomendo sempre a versão mais suave de centrifugação e temperatura.

Diga-nos uma mulher que a inspire pelo seu estilo?

Assim de repente lembrei-me da minha mãe, acho que tem muito bom gosto e muita noção de estética, nós trabalhamos juntas e combinamos na perfeição, as nossas ideias e inspirações.

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

Matilde Breyner leva a filha a Nova Iorque

Matilde Breyner leva a filha a Nova Iorque

Máxima dos Países Baixos recicla vestido pela terceira vez

Máxima dos Países Baixos recicla vestido pela terceira vez

Passatempo: ganha convites para 'A Grande Viagem 2: Entrega Especial'

Passatempo: ganha convites para 'A Grande Viagem 2: Entrega Especial'

Inspirados na Revolução: 30 sugestões para celebrar o 25 de Abril

Inspirados na Revolução: 30 sugestões para celebrar o 25 de Abril

"Somos um País pobre. É preciso dizê-lo"

Ordem dos Médicos adverte que reforma das ULS

Ordem dos Médicos adverte que reforma das ULS "coloca em risco" formação médica

Lisboa através dos tempos na VISÃO História

Lisboa através dos tempos na VISÃO História

Ginecologia e Obstetrícia do São João com novas salas de partos e 'app' para grávidas

Ginecologia e Obstetrícia do São João com novas salas de partos e 'app' para grávidas

Montenegro compromete-se com reprogramação do PEPAC e reforço da Agricultura

Montenegro compromete-se com reprogramação do PEPAC e reforço da Agricultura

Juice Ultra 2: Uma nova forma de carregar carros elétricos

Juice Ultra 2: Uma nova forma de carregar carros elétricos

Em “Cacau”: Justino expulsa Sal de casa após revelação de Regina

Em “Cacau”: Justino expulsa Sal de casa após revelação de Regina

Portugal visto pelos estrangeiros

Portugal visto pelos estrangeiros

Juan Vicente Piqueras, Caçador de instantes

Juan Vicente Piqueras, Caçador de instantes

Só na região Norte há 300 lobos ibéricos, um

Só na região Norte há 300 lobos ibéricos, um "predador de topo" - ICNF

Os lugares desta História, com Isabel Stilwell: Elvas, capital do Império onde o sol nunca se põe

Os lugares desta História, com Isabel Stilwell: Elvas, capital do Império onde o sol nunca se põe

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Bar Alimentar: Este não é mais um restaurante italiano em Lisboa

Bar Alimentar: Este não é mais um restaurante italiano em Lisboa

Inspire-se no

Inspire-se no "look" de Maria Cerqueira Gomes

Criança belisca Felipe VI durante visita

Criança belisca Felipe VI durante visita

iPhone 17 Pro já deverá ter processador de 2 nanómetros

iPhone 17 Pro já deverá ter processador de 2 nanómetros

Lucros das empresas da bolsa portuguesa saltam para níveis recorde

Lucros das empresas da bolsa portuguesa saltam para níveis recorde

Experiência degustativa, uma sugestão para sair em Lisboa

Experiência degustativa, uma sugestão para sair em Lisboa

25 peças para receber a primavera em casa

25 peças para receber a primavera em casa

No Douro, uma casa de campo a convidar a dias de descanso

No Douro, uma casa de campo a convidar a dias de descanso

Raquel Prates assume: “Tenho uma enorme admiração pela filha do Juan”

Raquel Prates assume: “Tenho uma enorme admiração pela filha do Juan”

JL 1395

JL 1395

Enfermeiros acusam ARS Norte de

Enfermeiros acusam ARS Norte de "mudar a meio do jogo" regras de concurso

As memórias de Manuel Alegre

As memórias de Manuel Alegre

VISÃO Se7e: Rota pelos cafés com História

VISÃO Se7e: Rota pelos cafés com História

Eduardo Aires, autor do polémico anterior logotipo da República Portuguesa, diz que tem recebido ameaças de morte

Eduardo Aires, autor do polémico anterior logotipo da República Portuguesa, diz que tem recebido ameaças de morte

Ventura foi o político com mais tempo de antena nas televisões em março. Esteve no ar mais 2h30 do que Montenegro

Ventura foi o político com mais tempo de antena nas televisões em março. Esteve no ar mais 2h30 do que Montenegro

Matrículas escolares: As datas a que tem de estar atento para não falhar os prazos

Matrículas escolares: As datas a que tem de estar atento para não falhar os prazos

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

É fã do Pac-Man? Vem aí um novo jogo

É fã do Pac-Man? Vem aí um novo jogo

Musk confirma: Tesla vai apresentar robotáxi em agosto

Musk confirma: Tesla vai apresentar robotáxi em agosto

Ministério Público acusa mulher portuguesa de racismo contra filhos dos atores brasileiros Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank

Ministério Público acusa mulher portuguesa de racismo contra filhos dos atores brasileiros Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank

Rir é com ela!

Rir é com ela!

Tesla introduz Model Y Long Range Tração traseira em Portugal

Tesla introduz Model Y Long Range Tração traseira em Portugal

Produção responsável a celebrar o Dia Mundial da Terra

Produção responsável a celebrar o Dia Mundial da Terra

A fotografia de Joana Aguiar e Ivo Lucas juntos nas férias no Rio de Janeiro

A fotografia de Joana Aguiar e Ivo Lucas juntos nas férias no Rio de Janeiro

Letizia estreia fato oversize em coral

Letizia estreia fato oversize em coral

Em “Senhora do Mar”: Manuel pede perdão a Joana por a ter traído

Em “Senhora do Mar”: Manuel pede perdão a Joana por a ter traído

VISÃO Júnior de abril de 2024

VISÃO Júnior de abril de 2024

Avi Wigderson ganha prémio Turing, o 'Nobel da computação'

Avi Wigderson ganha prémio Turing, o 'Nobel da computação'

Área ardida em 2023 na UE é duas vezes maior do que o Luxemburgo

Área ardida em 2023 na UE é duas vezes maior do que o Luxemburgo

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites