@papayalovin

O fim do ano aproxima-se e, com ele, novos planos, projetos e mudanças (ou vontade mudar). A progressão ou mudança de carreira fazem parte dos desejos para o ano novo e das metas a alcançar. Seja um novo emprego, um negócio próprio ou até uma mudança radical de área de trabalho, o sonho existe sem muitas vezes sabermos como o concretizar e o que fazer com a nossa própria motivação, à qual se junta o medo de fracassar.

No mercado de trabalho atual, no qual surgem novos cargos e funções todos os dias, e outros ficam obsoletos do dia para a noite, o passo mais arriscado que podemos dar é presumir que o nosso setor e o nosso emprego estão seguros. A ansiedade face a estas mudanças aceleradas, que cada um de nós carrega inconscientemente, constitui um fardo pesado.

A maioria das pessoas deseja secretamente mudar de emprego ou até de carreira, desejando, na realidade, fazer algo radicalmente diferente daquilo que faz hoje. Contudo, é inevitável pensar que descartar uma carreira que levou tempo e recursos a construir, em troca de procurar algo novo, não é uma decisão que deva ser tomada de ânimo leve.

Infelizmente, a maioria das pessoas sonha com esta mudança mas nunca a concretiza. O que nos impede, afinal? Todo o tipo de barreiras comportamentais e financeiras associadas ao risco e, claro, a nossa capacidade humana de resistir e abdicar do certo pelo incerto.

Nos tempos que ocorrem, as pessoas sentem-se compelidas a manter um emprego que não as satisfaz, em lugar de apostar em algo incerto, mas que possa causar melhorias a longo prazo. E assim é tanto para os empregos como para certos relacionamentos e outros eventos da vida, que exigem coragem desmedida e um corte radical, que prolatamos no tempo por tentar não enveredar pelas incertezas.

Como podemos transformar esta tendência para a inação autodestrutiva em ações sensatas que possam levar-nos para mais perto daquilo que nos realiza realmente? Duas formas possíveis de mitigar o risco de experimentar uma nova carreira são: construir uma rede robusta de contactos e decompor um grande e complexo problema em pequenos passos viáveis para resolução. Estes são os dois verdadeiros ingredientes para o sucesso da mudança de carreira!

Lembre-se: as redes de contactos a que recorre no seu trabalho estável raramente são as que nos conduzem a algo novo e diferente. Diversificar e conhecer pessoas de diferentes quadrantes e áreas é uma peça chave para uma mudança bem-sucedida. Tenha em conta que as pessoas que a conhecem no seu atual setor profissional apenas a conseguirão imaginar a fazer mais do mesmo.

Por outro lado, o maior entrave para uma mudança de carreira é pensar que essa mudança precisa de ser radical: tudo ou nada. Pensamentos como “ou largo tudo ou conforme me com o emprego horrível que tenho” não vão ajudá-la a mudar, nem a estabelecer qualquer tipo de plano de ação bem-sucedido. Quando os desafios parecem demasiado grandes, a nossa tendência natural é mantermo-nos na zona de conforto. Precisamos, em vez disso, de decompor o problema em pequenas partes que nos levem a ações concertadas e com uma abordagem mais moderada.

Uma boa estratégia para poder executar antes de iniciar uma possível mudança mais radical é tentar obter informação real, através de experiências na área de trabalho para a qual pretende transitar (pequenos trabalhos na área como freelancer, trabalhos pro bono, consultoria em part time ou voluntariado), para que possa entender se se trata mesmo de uma área em que deve apostar. Munida de dados do mundo real, a mudança de carreira pode tornar-se mais efectiva.

Gostaríamos de pensar que a chave para uma mudança de carreira bem-sucedida reside em saber o que vem a seguir, a fim de utilizar esse conhecimento para orientar os nossos atos. Mas, na prática, poucas vezes é isso que acontece: as mudanças de carreira acontecem mais com o “primeiro agir, depois pensar”.  Desta forma, a abordagem do tipo “testar e aprender” em pequenos passos é a melhor forma de contrariarmos a incerteza e resistir à tentação de permanecer na nossa zona de conforto.

Adquirimos a nossa velha identidade profissional pela prática, e é pela prática que necessitamos de modelar novas experiências, alterar conexões e dar sentido às mudanças que queremos realizar. Assim, comece por tentar: o maior erro na mudança de carreira é adiar a entrada em ação, e dar um passo (ainda que pequeno) para o desconhecido.

Temos de pôr à prova as nossas ideias e sonhos, para percebermos se podem ser ou não concretizáveis. Modelar experiências profissionais leva-nos a gerar pequenos momentos em que experienciamos novos papéis profissionais, sem pôr em risco o nosso atual emprego, ou saltar demasiado rápido para o abismo.

Os textos nesta secção refletem a opinião pessoal dos autores. Não representam a ACTIVA nem espelham o seu posicionamento editorial.

Palavras-chave

Mais no portal

Mais Notícias

No primeiro dia de visita aos Países Baixos, Letizia surpreende com ombros nus e saia prateada

No primeiro dia de visita aos Países Baixos, Letizia surpreende com ombros nus e saia prateada

Fed e BCE em direções opostas?

Fed e BCE em direções opostas?

A reinvenção das imagens

A reinvenção das imagens

Fiasco: O novo bar do Porto é um quatro em um

Fiasco: O novo bar do Porto é um quatro em um

Aldina Duarte: “Para gravar um disco tenho de querer dizer alguma coisa às pessoas”

Aldina Duarte: “Para gravar um disco tenho de querer dizer alguma coisa às pessoas”

10 estratégias para fazer novos amigos (quando se é adulto)

10 estratégias para fazer novos amigos (quando se é adulto)

Da Índia com sabor

Da Índia com sabor

25 de Abril contado em livros

25 de Abril contado em livros

Cristina Ferreira vive momento inesquecível com João Monteiro no Brasil

Cristina Ferreira vive momento inesquecível com João Monteiro no Brasil

Juice Ultra 2: Uma nova forma de carregar carros elétricos

Juice Ultra 2: Uma nova forma de carregar carros elétricos

MNE e homólogos da UE reúnem-se hoje para discutir escalada

MNE e homólogos da UE reúnem-se hoje para discutir escalada "sem precedentes" no Médio Oriente

Presidente da Assembleia da República participa no desfile do 25 de Abril na  Avenida da Liberdade

Presidente da Assembleia da República participa no desfile do 25 de Abril na Avenida da Liberdade

Cristina Ferreira mostra-se cúmplice de João Monteiro no Rio de Janeiro

Cristina Ferreira mostra-se cúmplice de João Monteiro no Rio de Janeiro

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

Xiaomi 14: Desempenho de topo

Xiaomi 14: Desempenho de topo

Descubra 6 pistas para ter no seu jardim os tecidos certos

Descubra 6 pistas para ter no seu jardim os tecidos certos

Quando a cantiga foi uma arma

Quando a cantiga foi uma arma

Enfermeiros alertam para falta de qualidade nas urgências de Leiria

Enfermeiros alertam para falta de qualidade nas urgências de Leiria

Ex-assistente de Meghan comenta as acusações de 'bullying'

Ex-assistente de Meghan comenta as acusações de 'bullying'

A tua VISÃO Júnior de abril vale um bilhete para a Jumpyard!

A tua VISÃO Júnior de abril vale um bilhete para a Jumpyard!

Lugar reservado: seleção de 27 cadeiras e poltronas

Lugar reservado: seleção de 27 cadeiras e poltronas

Passatempo: ganha convites para 'A Grande Viagem 2: Entrega Especial'

Passatempo: ganha convites para 'A Grande Viagem 2: Entrega Especial'

Ministério já contactou sindicatos médicos e dos enfermeiros para iniciar negociações

Ministério já contactou sindicatos médicos e dos enfermeiros para iniciar negociações

Musk confirma: Tesla vai apresentar robotáxi em agosto

Musk confirma: Tesla vai apresentar robotáxi em agosto

Francisco Adam morreu há 18 anos - Recorde a vida do ator em imagens

Francisco Adam morreu há 18 anos - Recorde a vida do ator em imagens

O que os preços do petróleo dizem sobre o conflito no Médio Oriente?

O que os preços do petróleo dizem sobre o conflito no Médio Oriente?

Kelly Bailey partilha álbum de fotos de Vicente Blue

Kelly Bailey partilha álbum de fotos de Vicente Blue

Montenegro apela à contenção de Israel e admite sanções ao Irão sem exacerbar violência

Montenegro apela à contenção de Israel e admite sanções ao Irão sem exacerbar violência

Em dia de aniversário, recorde a vida da princesa Eléonore da Bélgica

Em dia de aniversário, recorde a vida da princesa Eléonore da Bélgica

Molas de cabelo: 15 versões do acessório-estrela da estação

Molas de cabelo: 15 versões do acessório-estrela da estação

Portugal visto pelos estrangeiros

Portugal visto pelos estrangeiros

Celebridades vestem-se a rigor para o desfile pré-outono 2024 da Dior, em Nova Iorque

Celebridades vestem-se a rigor para o desfile pré-outono 2024 da Dior, em Nova Iorque

Liga dos Bombeiros defende que Governo devia acabar com agência de fogos rurais

Liga dos Bombeiros defende que Governo devia acabar com agência de fogos rurais

25 de Abril, 50 anos

25 de Abril, 50 anos

Chief Innovation Officer? E por que não Chief Future Officer?

Chief Innovation Officer? E por que não Chief Future Officer?

VISÃO Júnior de abril de 2024

VISÃO Júnior de abril de 2024

Sony Bravia traz o cinema para casa com novos televisores e barras de som

Sony Bravia traz o cinema para casa com novos televisores e barras de som

VOLT Live: reparação, atualização e segunda vida das baterias

VOLT Live: reparação, atualização e segunda vida das baterias

Suspeitas de apropriação indevida de 28 milhões em IVA na origem das buscas às instalações da Uber

Suspeitas de apropriação indevida de 28 milhões em IVA na origem das buscas às instalações da Uber

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

“Juntos temos mais impacto”: conversa com Paz Braga

“Juntos temos mais impacto”: conversa com Paz Braga

Tesla despede mais de 14 mil trabalhadores

Tesla despede mais de 14 mil trabalhadores

IRS: Como saber se vai pagar ou receber reembolso

IRS: Como saber se vai pagar ou receber reembolso

Inspire-se no

Inspire-se no "look" de Maria Cerqueira Gomes

Lisboa através dos tempos na VISÃO História

Lisboa através dos tempos na VISÃO História

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites