Uma vez mais, a Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI) assinala o mês de dezembro como o mês da Medicina Interna, sendo que, neste ano de 2021, no dia 14 de dezembro, comemora também o seu 70º aniversário. O objetivo, neste mês, é destacar a importância desta especialidade médica no contexto hospitalar e no Serviço Nacional de Saúde (SNS). A SPMI é uma sociedade científica com intensa atividade e a maior do país, com mais de 3000 associados e mais de 1000 jovens médicos em formação.

A SPMI tem 21 Núcleos de Estudo e um Centro de Formação certificado. Os Núcleos de Estudo organizam cursos de formação e atualização e sessões científicas, desenvolvem apoios e colaborações com associações de doentes e elaboram orientações clínicas e projetos de investigação científica com altos padrões de excelência.

A Medicina Interna é a especialidade fulcral do Serviço Nacional de Saúde no hospital, correspondendo a cerca de 14% do total dos especialistas hospitalares. Muitos internistas são líderes de opinião em várias áreas do conhecimento médico a que se dedicam. A Medicina Interna é composta por profissionais competentes, que exercem as suas funções assistenciais em áreas muito diversas, sem esquecer a capacidade da visão global e versátil do doente que os distingue dos especialistas de órgão. Este modelo de exercício da Medicina Interna é motivo de orgulho para a medicina portuguesa e um exemplo da mais-valia da especialidade.

Os serviços de Medicina Interna são responsáveis por 42 por cento das altas médicas hospitalares o que corresponde a 23 por cento do total do SNS. Nos serviços de Medicina Interna são internados 70 por cento dos doentes com AVC, 80 por cento dos que têm insuficiência cardíaca, pneumonias, DPOC e Lúpus e 31% dos doentes com diabetes.

O mês de dezembro é um período de muito trabalho para a Medicina Interna. É neste mês que se nota um maior aumento da afluência de doentes aos Serviços de Urgência e as necessidades de internamento nas enfermarias também sobem, sobretudo nos Serviços de Medicina Interna. Os doentes com patologias agudas ou crónicas descompensadas recorrem mais ao Serviço de Urgência do hospital, onde são atendidos pelos internistas que diagnosticam e tratam os doentes complexos, polimedicados e com multimorbilidades. Os doentes precisam de tratar a doença aguda, mas, também, do adequado enquadramento desta com as outras patologias coexistentes.

Neste último ano de pandemia, a Medicina Interna demonstrou ser uma especialidade essencial na resposta hospitalar aos doentes Covid e, os internistas, contribuíram mais uma vez, com o seu desempenho, para o prestígio da Medicina Interna. Foi bem evidente o seu papel decisivo para que fosse evitada a rutura do SNS. Os Internistas trataram a maioria dos doentes COVID de grau moderado a grave nos Serviços de Urgência, nas Enfermarias, nos Cuidados Intermédios e, em vários casos, nos Cuidados Intensivos. Também coordenaram e organizaram equipas, tirando partido da sua experiência como especialistas centrados nas necessidades globais do doente e agregadores da multidisciplinaridade com outras especialidades. Adivinham-se já as próximas dificuldades dada a evolução da pandemia, mas os médicos de Medicina Interna, como sempre, estarão presentes, continuando a diagnosticar e a tratar com segurança os doentes que necessitem dos seus cuidados.

Os Internistas, cumprindo a sua vocação, conseguem trabalhar com qualidade em vários cenários. Estão presentes no internamento hospitalar e domiciliário, na urgência, nos cuidados intensivos, nos cuidados Intermédios, na consulta, no hospital de dia, nos cuidados paliativos. Certamente que os doentes sabem quem é o seu internista!

Os textos nesta secção refletem a opinião pessoal dos autores. Não representam a ACTIVA nem espelham o seu posicionamento editorial.

Palavras-chave

Mais no portal

Mais Notícias

Portugal integra projeto para aproveitar hidrogénio verde para transportes públicos

Portugal integra projeto para aproveitar hidrogénio verde para transportes públicos

Xiaomi Redmi Note 13 Pro+: topo de gama

Xiaomi Redmi Note 13 Pro+: topo de gama

Giorgio Armani propõe veludo, flores e infuências orientais para o próximo inverno

Giorgio Armani propõe veludo, flores e infuências orientais para o próximo inverno

Citroën ë-C3: O elétrico que custa 23.300 euros chega em junho

Citroën ë-C3: O elétrico que custa 23.300 euros chega em junho

Kate estará disposta a perdoar Meghan se William lhe pedir isso

Kate estará disposta a perdoar Meghan se William lhe pedir isso

Black Trumpet: no reino encantado dos cogumelos

Black Trumpet: no reino encantado dos cogumelos

De Madalena Palmeirim a Ty Segall: Quatro discos novos, colheita de 2024

De Madalena Palmeirim a Ty Segall: Quatro discos novos, colheita de 2024

O reencontro de Letizia e Felipe VI com Juan Carlos

O reencontro de Letizia e Felipe VI com Juan Carlos

Poesia e estranheza

Poesia e estranheza

Saccharum Resort, na terra do ouro branco

Saccharum Resort, na terra do ouro branco

"O Chega copia matérias e campanhas do ADN. Estamos a ser roubados por quem tem mais poder"

Brinquedos didáticos, livres e que estimulem a criatividade. Onde? Na Color Square

Brinquedos didáticos, livres e que estimulem a criatividade. Onde? Na Color Square

Em “Senhora do Mar”: Alex é espancado e Paula descobre toda a verdade

Em “Senhora do Mar”: Alex é espancado e Paula descobre toda a verdade

Exame de março: A economia que Pedro Nuno Santos e Luís Montenegro querem para Portugal

Exame de março: A economia que Pedro Nuno Santos e Luís Montenegro querem para Portugal

Carregal do Sal investe 630 mil euros no jardim da casa de Aristides de Sousa Mendes

Carregal do Sal investe 630 mil euros no jardim da casa de Aristides de Sousa Mendes

Os lugares desta História, com Isabel Stilwell: Elvas, capital do Império onde o sol nunca se põe

Os lugares desta História, com Isabel Stilwell: Elvas, capital do Império onde o sol nunca se põe

Venha conhecer o BYD Seal U

Venha conhecer o BYD Seal U

Tempos de Antena ‘Miúdos a Votos’: ‘O Estranhão’

Tempos de Antena ‘Miúdos a Votos’: ‘O Estranhão’

Dos relvados para a economia. Os números-chave do futebol português

Dos relvados para a economia. Os números-chave do futebol português

Novo Dacia Spring: mais por menos

Novo Dacia Spring: mais por menos

Portugal visto pelos estrangeiros

Portugal visto pelos estrangeiros

Cerca de 70.000 trabalhadores das IPSS vão ter valorização salarial

Cerca de 70.000 trabalhadores das IPSS vão ter valorização salarial

Cristina Ferreira partilha mais fotos com o namorado e fãs reagem: “O amor faz-lhe bem”

Cristina Ferreira partilha mais fotos com o namorado e fãs reagem: “O amor faz-lhe bem”

Caras Decoração de fevereiro: tranquilidade e aconchego em primeiro lugar

Caras Decoração de fevereiro: tranquilidade e aconchego em primeiro lugar

Apartamento em Cascais: sobriedade contemporânea

Apartamento em Cascais: sobriedade contemporânea

'O Principezinho': um livro que fica na memória

'O Principezinho': um livro que fica na memória

OpenAI acusa New York Times de ter pirateado o ChatGPT

OpenAI acusa New York Times de ter pirateado o ChatGPT

Letizia exibe novo corte de cabelo

Letizia exibe novo corte de cabelo

Lucros da EDP Renováveis caíram para 513 ME em 2023

Lucros da EDP Renováveis caíram para 513 ME em 2023

Em “Senhora do Mar”: Artur tem alta do hospital e Manuel surpreende-o

Em “Senhora do Mar”: Artur tem alta do hospital e Manuel surpreende-o

Na estreia de

Na estreia de "Duna: Parte Dois" em Nova Iorque, Zendaya volta a surpreender

10 cidades com encanto: Ideias de viagem para conhecer o País… antes de ir a votos

10 cidades com encanto: Ideias de viagem para conhecer o País… antes de ir a votos

Dos idos de Março 62 às eleições de Março 24

Dos idos de Março 62 às eleições de Março 24

Sindicato dos Enfermeiros Portugueses marca greve para 15 de março

Sindicato dos Enfermeiros Portugueses marca greve para 15 de março

Quase metade das pessoas com doença rara não é seguida em centros de referência

Quase metade das pessoas com doença rara não é seguida em centros de referência

Crédito Habitação com taxa mista: o que podemos esperar?

Crédito Habitação com taxa mista: o que podemos esperar?

O outono/inverno 2024/2025 de Dolce & Gabbana inspirado no estilo

O outono/inverno 2024/2025 de Dolce & Gabbana inspirado no estilo "Mob Wife"

A VISÃO Se7e desta semana - edição 1617

A VISÃO Se7e desta semana - edição 1617

Crédito Habitação com taxa mista: o que podemos esperar?

Crédito Habitação com taxa mista: o que podemos esperar?

O Vento Assobiando nas Gruas, entrevista com Jeanne Waltz

O Vento Assobiando nas Gruas, entrevista com Jeanne Waltz

Quinta da Pacheca cinco estrelas. O luxo das coisas simples

Quinta da Pacheca cinco estrelas. O luxo das coisas simples

Desporto: 20 artigos para suar com estilo

Desporto: 20 artigos para suar com estilo

CGI desenvolve plataforma para AIBILI na área de investigação oftalmológica

CGI desenvolve plataforma para AIBILI na área de investigação oftalmológica

Provedora de Justiça considera inconstitucional norma disciplinar da Ordem dos Enfermeiros

Provedora de Justiça considera inconstitucional norma disciplinar da Ordem dos Enfermeiros

As Revoluções Francesas na VISÃO História

As Revoluções Francesas na VISÃO História

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites