Getty

Na verdade, quase todas tememos a musculação, porque a associamos a corpos volumosos e pouco femininos. Além disso, sempre ouvimos dizer que o segredo para manter/perder peso está em atividades aeróbicas como correr. E como não estamos dispostas a fazer 7 treinos por semana, entre cardio e musculação ganha quase sempre o cardio.

Até há bem pouco tempo a ciência apoiava a nossa decisão de preterir o treino de resistência a favor do exercício aeróbico como a forma mais rápida e eficiente de queimar calorias. “Todos os estudos incidiam sobre o treino cardiovascular, talvez porque sempre foi mais fácil colocar os ratinhos de laboratório a correr numa roda do que a fazer exercícios com pesos”, diz, algo divertido, Sal Di Stefano. O autor de ‘The Resistance Training Revolution’ (a revolução do treino de resistência), concluiu, ao longo de mais de 20 anos a trabalhar em ginásios, que a melhor forma de falhar na perda de peso é apostar todas as fichas em atividades aeróbicas. “O treino de resistência é a forma mais eficaz de perder gordura”, conclui.

Mas não se trata apenas de perder gordura. O músculo é essencial para uma vida longa, saudável e funcional. Estudos indicam que as pessoas com baixa força muscular têm mais 50% de probabilidades de morrerem prematuramente. Evidência científica relaciona músculo com atividade cerebral e aponta a sua importância na prevenção da demência. Além disso contribui para ossos mais fortes, para o equilíbrio hormonal e para o aumento da libido.

As más notícias para as mulheres é que elas não só partem ‘para a corrida’ com menos massa muscular do que os homens como perdem mais rapidamente músculo com a idade. O famoso Estudo de Framingham revelou que 40% das mulheres entre os 55 e 64 anos, 45% entre 65 e 74 e 65% entre 75 e 84 não conseguiam levantar 4,5 quilos! “A investigação sobre mulheres, especialmente acima dos 40, revela que altos níveis de atividade aeróbica não se traduzem em mudanças significativas na massa magra”, reforça Stacy Sims, autora de ‘ROAR: How to Match Your Food and Fitness to Your Unique Female Physiology for Optimum Performance, Great Health, and a Strong, Lean Body for Life’ (como adaptar a sua alimentação e atividade física à sua fisiologia feminina única para uma performance ótima, uma saúde fantástica e um corpo magro para a vida). “A única solução é treino de força, treino de força, treino de força. E não estou a falar de exercícios para tonificar com 2kg, estou a falar de um treino de força de alta intensidade – levantar peso a sério para alcançar pura força.”

A seguir, respondemos às hesitações mais comuns das mulheres quando a conversa é trocar a passadeira por exercícios com carga.

‘Quero perder peso!’

Quando falamos em perder peso, no fundo queremos dizer perder massa gorda. Nunca nos interessa perder músculo. E muitas vezes é isso que acontece quando nos livramos de alguns quilos de um dia para o outro. Se eu desatar a correr 5 km por dia e diminuir radicalmente as calorias ingeridas, é óbvio que vou perder peso, mas não só estarei a perder massa muscular como isso não vai durar para sempre. E a razão é simples: o corpo adapta-se. “Com o cardio o corpo torna-se mais eficiente em armazenar mais calorias e melhor a queimar menos calorias. Ao mesmo tempo, estará a perder músculo e o músculo promove um metabolismo mais rápido. Conclusão: muita atividade aeróbica desgasta o músculo e desacelera o metabolismo, dificultando a perda de gordura a longo prazo”, explica Di Stefano. Para continuar a perder peso, teria de comer cada vez menos e isso não é sustentável.

Pelo contrário, o treino de resistência cria músculo, que, por sua vez, vai queimar imensas calorias para se autopreservar, resultando num metabolismo mais rápido e mais eficaz a queimar gordura. Mas este tipo de treino tem uma outra grande vantagem: permite esculpir o corpo consoante os nossos desejos e necessidades. “O treino de resistência está para o corpo como o Michelangelo está para um bloco de mármore.” Se apenas fizer treino cardiovascular, apenas acabará com uma versão mais pequena e ‘mirrada’ de si própria.

‘Não quero ficar comum corpo masculino’

Em primeiro lugar, não vamos incluir as chamadas bodybuilders nesta conversa, já que os resultados são obtidos muito graças a esteroides anabolizantes e outras substâncias. Mas basta olhar para as atletas de alta competição para perceber que as mulheres também podem ficar com músculos volumosos. Assim, dizer que isso é impossível não corresponde à verdade.

Há sempre a questão hormonal: “A maioria das mulheres não consegue alcançar músculos enormes e volumosos porque só têm uma pequena fração do estrogénio encontrado nos homens”, lembra Di Stefano.

Músculos grandes requerem um tipo de treino e alimentação muito específicos e uma grande dedicação ao ginásio. O que acontece muitas vezes é que as mulheres podem parecer mais volumosas quando ganham músculo sem perder massa gorda, e por isso o que muitos especialistas recomendam é fazer um período de défice calórico (gastar mais calorias do que ingere) depois de ganhar massa muscular. Isto porque se torna mais difícil ganhar músculo quando se está a limitar calorias. Mas nada como se aconselhar com um nutricionista, até porque muitos dos objetivos em termos de corpo são obtidos à mesa. A verdade é que nos convenceram, ao longo do tempo, de que o músculo não constava da fórmula de um corpo belo e feminino. Mas, afinal, os padrões estão a mudar. “Por favor, não tenham medo de algum músculo. Como se diz, forte é o novo sexy. E é simplesmente inteligente, porque à medida que envelhece e vai perdendo massa magra preciosa ficará feliz por toda a que manteve de reserva”, reforça Stacy Sims.

‘A sala da musculação intimida-me’

Para muitas mulheres, o ambiente pode não ser propriamente convidativo. Continua a ser um contexto maioritariamente masculino, com ‘tribos’ de homens em manga-cava a levantar pesos e a emitir sons por vezes primitivos. Além disso, ficamos acanhadas perante máquinas que não sabemos manobrar. É uma questão de confiança e de hábito. Chontel Duncan, uma das personal trainers com treinos disponíveis na popular aplicação SWEAT, lembra que as outras pessoas não estão focadas em nós. “Estão lá a trabalhar arduamente, assim como nós, para se tornarem as melhores versões de si mesmas.” Dito isto, há formas de contornar a falta de confiança e isso faz-se principalmente com informação. “O gerente do ginásio, ou um dos treinadores, deve mostrar-lhe como tudo funciona. Todos os ginásios são diferentes, por isso, mesmo que seja veterana a frequentar ginásios, se acabou de se inscrever num novo clube, vale a pena fazer um tour.”

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

Quem tinha mais poderes antes do 25 de Abril: o Presidente da República ou o Presidente do Conselho?

Quem tinha mais poderes antes do 25 de Abril: o Presidente da República ou o Presidente do Conselho?

Receita de Bolo de banana com cobertura de chocolate negro

Receita de Bolo de banana com cobertura de chocolate negro

14 ideias para fazer no Dia Internacional e Noite dos Museus

14 ideias para fazer no Dia Internacional e Noite dos Museus

VISÃO Se7e: À solta nos museus e no caos criativo de Pedro Cabrita Reis

VISÃO Se7e: À solta nos museus e no caos criativo de Pedro Cabrita Reis

Pap’Açorda: Muito mais do que um restaurante

Pap’Açorda: Muito mais do que um restaurante

Comer fora: 14 mesas de exterior

Comer fora: 14 mesas de exterior

O fracasso da AIMA, a frustração dos imigrantes e a inércia do Governo

O fracasso da AIMA, a frustração dos imigrantes e a inércia do Governo

Médico australiano livre de cancro no cérebro graças a tratamento inovador desenvolvido pelo próprio

Médico australiano livre de cancro no cérebro graças a tratamento inovador desenvolvido pelo próprio

VOLT Live: O estudo que prova que os 100% elétricos são a opção mais económica para as empresas

VOLT Live: O estudo que prova que os 100% elétricos são a opção mais económica para as empresas

As escolhas das celebridades na passadeira vermelha no segundo dia de Cannes

As escolhas das celebridades na passadeira vermelha no segundo dia de Cannes

Caso do menino nepalês de 9 anos “vítima de linchamento” numa escola de Lisboa. O que se sabe até ao momento?

Caso do menino nepalês de 9 anos “vítima de linchamento” numa escola de Lisboa. O que se sabe até ao momento?

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Em “Cacau”: Cacau descobre todo o plano de Marco para a destruir

Em “Cacau”: Cacau descobre todo o plano de Marco para a destruir

Fátima Lopes celebra 55 anos em biquíni no mar

Fátima Lopes celebra 55 anos em biquíni no mar

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

15 de maio: Dia Internacional da Família

15 de maio: Dia Internacional da Família

Planeta continuou a aquecer em abril apesar da diminuição do El Niño

Planeta continuou a aquecer em abril apesar da diminuição do El Niño

Inês Aguiar e Gyökeres posam juntos pela primeira vez

Inês Aguiar e Gyökeres posam juntos pela primeira vez

Muito sal pode aumentar em mais de 40% a probabilidade de desenvolver cancro do estômago

Muito sal pode aumentar em mais de 40% a probabilidade de desenvolver cancro do estômago

Jl 1399

Jl 1399

A diversidade e a necessidade de “rebentar a bolha”

A diversidade e a necessidade de “rebentar a bolha”

Recorde alguns dos momentos de Máxima dos Países Baixos no dia do seu 53.º aniversário

Recorde alguns dos momentos de Máxima dos Países Baixos no dia do seu 53.º aniversário

Vencedores do passatempo 'IF - Amigos Imaginários'

Vencedores do passatempo 'IF - Amigos Imaginários'

Passatempo: ganha convites duplos para 'IF - Amigos Imaginários'

Passatempo: ganha convites duplos para 'IF - Amigos Imaginários'

Flashbacks e outras visões de futuro no novo projeto do agrupamento Sete Lágrimas

Flashbacks e outras visões de futuro no novo projeto do agrupamento Sete Lágrimas

As elegantes escolhas de Mary da Dinamarca na visita à Noruega

As elegantes escolhas de Mary da Dinamarca na visita à Noruega

A lição de estilo de Jane Fonda, de 86 anos, em Cannes

A lição de estilo de Jane Fonda, de 86 anos, em Cannes

“Eh Lá Fora!”

“Eh Lá Fora!”

Motorola lança novas tecnologias para equipas de socorro

Motorola lança novas tecnologias para equipas de socorro

OMS atualiza lista de bactérias que ameaçam saúde humana por resistirem aos antibióticos

OMS atualiza lista de bactérias que ameaçam saúde humana por resistirem aos antibióticos

Mini Cooper SE: fun, fun, fun…

Mini Cooper SE: fun, fun, fun…

Vida lá fora: já tem o seu chapéu de sol?

Vida lá fora: já tem o seu chapéu de sol?

GNR apreende 42 quilos de meixão em ação de fiscalização rodoviária em Leiria

GNR apreende 42 quilos de meixão em ação de fiscalização rodoviária em Leiria

VOLT Live: os números que provam que o mercado dos elétricos está a crescer, a Cybertruck em Portugal…

VOLT Live: os números que provam que o mercado dos elétricos está a crescer, a Cybertruck em Portugal…

Humor e irreverência em iluminação

Humor e irreverência em iluminação

“Ainda existe um problema de auto confiança das mulheres no mundo do trabalho”

“Ainda existe um problema de auto confiança das mulheres no mundo do trabalho”

25 peças para receber a primavera em casa

25 peças para receber a primavera em casa

Tarifário da água no Algarve abaixo da média nacional é erro crasso -- ex-presidente da APA

Tarifário da água no Algarve abaixo da média nacional é erro crasso -- ex-presidente da APA

Pigmentarium: perfumaria de nicho inspirada na herança cultural da República Checa

Pigmentarium: perfumaria de nicho inspirada na herança cultural da República Checa

Famosas atentas a cuidados de beleza

Famosas atentas a cuidados de beleza

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

Peugeot melhora condições de garantia para todos os 100% elétricos

Peugeot melhora condições de garantia para todos os 100% elétricos

Pap’Açorda: Muito mais do que um restaurante

Pap’Açorda: Muito mais do que um restaurante

Famosos reagem à morte de Manuel Alves

Famosos reagem à morte de Manuel Alves

WASP-193 b: Este planeta tem uma estrutura

WASP-193 b: Este planeta tem uma estrutura "fofa" e parece algodão doce

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites