Podemos saber o básico, que a dor no peito é sinal de ataque cardíaco, que não fumar e não ter peso a mais é benéfico para o coração, mas há ideias-feitas que circulam há anos e não correspondem à verdade, por isso fomos ter com Francisco Fernandes, cardiologista e diretor clínico do Instituto Cardiovascular de Braga, para as desmistificar.

1 ENFARTE? ISSO É COISA DE HOMENS!
“Já não é bem assim. É verdade que os homens começam a ter problemas de coração mais cedo, por volta dos 40 anos, enquanto as mulheres têm uma incidência relativamente baixa de doença cardiovascular até à menopausa, mas depois verifica-se um aumento bastante rápido, triplicando a incidência da doença e aproximando-se dos números dos homens. Isto acontece porque as mulheres começam a ter mais fatores de risco (aumento de peso, diabetes, tensão alta, colesterol) numa idade mais tardia.
Também não podemos esquecer que há quatro décadas a taxa de uso do tabaco era baixa nas mulheres e hoje está ao mesmo nível que a dos homens, o que faz com que o risco também aumente. e depois há os fatores culturais. em alguns estudos verificou-se que o tratamento de um enfarte do miocárdio costuma iniciar-se mais rapidamente nos homens que nas mulheres. Parece que a classe médica tem a ideia de que as mulheres antes da menopausa não têm enfartes e levam mais tempo a chegar a esse diagnóstico, ou seja, demora-se mais tempo a mandar fazer um ECG a uma mulher de 35-40 anos do que a um homem com a mesma idade, com os mesmos sintomas, porque é ‘normal’ o problema ser masculino nessa idade.”

2 SOU MAGRA, NÃO ESTOU EM RISCO!
“A obesidade é apenas um dos fatores de risco. Por isso, pode até ser magra, mas se tiver o colesterol alto, ou diabetes, ou hipertensão, ou fumar, está em risco de ter um enfarte. Pode é não saber que tem esses fatores de risco, mas se fizer os exames normais de rotina vai conhecer o seu estado de saúde geral. Depois, há pessoas magras mas que têm gordura abdominal, que está relacionada com a diabetes, um fator de risco.”

3 TIVE ALGUNS PROBLEMAS NA GRAVIDEZ, MAS ISSO NÃO QUER DIZER NADA
“Vários estudos, em que houve seguimento de grávidas com diabetes gestacional, hipertensão e pré-eclâmpsia, revelaram que mais tarde essas mulheres tiveram maior propensão para ter diabetes, doenças cardiovasculares e hipertensão. As mulheres que tiveram esses problemas na gravidez devem manter uma vigilância mais apertada dos níveis de açúcar no sangue, da tensão arterial, assim como fazer exercício físico e uma alimentação cuidada.”

4 SE NÃO TIVER DOR NO PEITO, NÃO É ENFARTE!
“A sensação de aperto no coração, com irradiação (ou não) para o braço ou costas, é o sintoma clássico, mas há outros a que deve estar atenta: dificuldade em respirar e encher o peito de ar, dor abdominal que pode ser confundida com dores de estômago, dores nas costas (sendo as pessoas muitas vezes encaminhadas erradamente para um ortopedista), depende muito de pessoa para pessoa. E há que lembrar que os diabéticos homens e mulheres não costumam ter sintomas, por isso atenção. E depois há aquelas pessoas que não têm qualquer dor, cerca de 15%-20%. Mas geralmente, quando a pessoa se queixa de uma dor, está com mau ar, pálida, a transpirar, temos de pensar que pode estar a ter uma situação aguda.”

5 PARA PREVENIR DOENÇAS CARDIOVASCULARES BASTA CORTAR NO SAL
“Pode e deve cortar no sal, mas se continuar a comer imensos fritos e açúcares, não previne nada. Como nos distanciámos da dieta mediterrânica, tem-se verificado um aumento de incidência da obesidade, um dos fatores de risco das doenças cardiovasculares, assim como o tabaco e o sedentarismo.”

PASSOS PARA UM SUPERCORAÇÃO

. Coma sete porções de fruta e vegetais todos os dias. Se não é fã dos verdes, peça receitas às suas amigas vegetarianas, consulte as páginas de instagrammers vegetarianas ou livros com essa temática. É apenas uma questão de educar o paladar por isso demora alguns dias a habituar-se aos sabores menos doces ou salgados.

. Deixe de fumar. Fale com o seu médico de família sobre os diversos métodos e escolha o mais adequado para si. 

. Controle o stresse. Não leve as preocupações do trabalho para casa, mantenha-se distraída, faça desporto, uma atividade lúdica (worshops criativos), sai com amigos ou com a família (ou sozinha, se preferir).

. Durma 7-8h. Um estudo revela que quem dorme menos de 6 horas tem o dobro da probabilidade de vir a sofrer um AVC ou ataque cardíaco do que quem dorme 8h.

. Faça exercício físico. O ideal será 30-45 minutos de caminhada (acelerada) por dia, 3 vezes por semana. Comece devagar e com paciência e depois aumente um pouco o ritmo e o esforço cada uma ou duas semanas.

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

XIV Congresso dos Lusitanistas - lugar de entendimento, agregação e diversidade

XIV Congresso dos Lusitanistas - lugar de entendimento, agregação e diversidade

Reno12 desafia os limites da IA

Reno12 desafia os limites da IA

"Se tivermos sorte, vamos passar metade da vida em menopausa"

Eduardo antes de ser Lourenço

Eduardo antes de ser Lourenço

O vestido preto com que Letizia nunca se compromete

O vestido preto com que Letizia nunca se compromete

10 animais que resistem ao calor

10 animais que resistem ao calor

Rover Curiosity descobre cristais de enxofre puro em Marte

Rover Curiosity descobre cristais de enxofre puro em Marte

Livros, sol e sombra. Mais de 30 sugestões de boas leituras para as férias grandes

Livros, sol e sombra. Mais de 30 sugestões de boas leituras para as férias grandes

Livros, sol e sombra. Mais de 30 sugestões de boas leituras para as férias grandes

Livros, sol e sombra. Mais de 30 sugestões de boas leituras para as férias grandes

Em São Paulo, uma casa com ambientes luminosos e integrados

Em São Paulo, uma casa com ambientes luminosos e integrados

Pequeno satélite português já está no Espaço

Pequeno satélite português já está no Espaço

Os detalhes e inspirações do vestido de noiva de Isabela Valadeiro

Os detalhes e inspirações do vestido de noiva de Isabela Valadeiro

Elisabete Moutinho conta como descobriu a gravidez do segundo filho:

Elisabete Moutinho conta como descobriu a gravidez do segundo filho: "Não planeámos"

Tecnologia: A união faz a transição

Tecnologia: A união faz a transição

“É o trabalhador quem escolhe a empresa, e não a empresa que escolhe o trabalhador”

“É o trabalhador quem escolhe a empresa, e não a empresa que escolhe o trabalhador”

Zunder, a aplicação para carregar o carro por toda a Europa, chega a Portugal

Zunder, a aplicação para carregar o carro por toda a Europa, chega a Portugal

Fausto - O último dos puros

Fausto - O último dos puros

As subidas dos preços das casas explicadas em cinco gráficos

As subidas dos preços das casas explicadas em cinco gráficos

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

Quis Saber Quem Sou: Será que

Quis Saber Quem Sou: Será que "ainda somos os mesmos e vivemos como os nossos pais?"

Medicamentos com semaglutido, como o Ozempic, que se popularizou para a perda de peso, associados a novo efeito secundário grave

Medicamentos com semaglutido, como o Ozempic, que se popularizou para a perda de peso, associados a novo efeito secundário grave

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Renovar os votos na Cevicheria, uma década depois

Renovar os votos na Cevicheria, uma década depois

CrowdStrike: 8,5 milhões de computadores Windows afetados no apagão

CrowdStrike: 8,5 milhões de computadores Windows afetados no apagão

Reciclagem de embalagens: pode brincar-se com temas sérios?

Reciclagem de embalagens: pode brincar-se com temas sérios?

MBA 2.0: Liderança na era digital

MBA 2.0: Liderança na era digital

Letizia, Leonor e Sofia, três

Letizia, Leonor e Sofia, três "looks" bem distintos

Sustentabilidade: Este mar que se esgota

Sustentabilidade: Este mar que se esgota

Amendoim: Os benefícios inesperados do consumo desta oleaginosa

Amendoim: Os benefícios inesperados do consumo desta oleaginosa

De novo num

De novo num "jumpsuit", Charlene do Mónaco revela o seu lado mais sedutor

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

VISÃO Se7e: Os livros certos para as férias de verão

VISÃO Se7e: Os livros certos para as férias de verão

VOLT Live: vem aí um apoio europeu para a compra de veículos elétricos?

VOLT Live: vem aí um apoio europeu para a compra de veículos elétricos?

Verão em movimento: o charme da decoração

Verão em movimento: o charme da decoração

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Famosos divertem-se no fim-de-semana no NOS Alive

Famosos divertem-se no fim-de-semana no NOS Alive

As novas fotos do espetacular casamento de Sara Salgado e Diogo Pereira Coutinho

As novas fotos do espetacular casamento de Sara Salgado e Diogo Pereira Coutinho

Os heróis portugueses que vão às Olimpíadas

Os heróis portugueses que vão às Olimpíadas

Equipa do Técnico conquista segundo lugar em competição  de barcos elétricos

Equipa do Técnico conquista segundo lugar em competição de barcos elétricos

Duches de exterior: a única 'chuva' permitida durante o verão

Duches de exterior: a única 'chuva' permitida durante o verão

Adia várias vezes o alarme de manhã? O problema que pode estar por detrás da

Adia várias vezes o alarme de manhã? O problema que pode estar por detrás da "mania"

“É o trabalhador quem escolhe a empresa, e não a empresa que escolhe o trabalhador”

“É o trabalhador quem escolhe a empresa, e não a empresa que escolhe o trabalhador”

Helena Isabel deixa de ser comentadora: “Não sei se volto à TVI”

Helena Isabel deixa de ser comentadora: “Não sei se volto à TVI”

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Camille Gottlieb com Alberto e Charlene do Mónaco no baile da Cruz Vermelha

Camille Gottlieb com Alberto e Charlene do Mónaco no baile da Cruz Vermelha

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites