Como usar os melhores autobronzeadores sem manchas
@endlesslyloveclub

O meu problema com o regresso dos dias de sol e com a vontade de usar peças de roupa mais leves e curtas é o tom quase acinzentado que a pele ganha, depois de um longo inverno. Pode estar muito bem hidratada, mas parece sempre baça, transparente, tão clara que quase se assemelha a um refletor de luz solar. E nem é que tenha problemas em bronzear-me, mas falta-me a paciência para passar tempo ao sol, e pesa-me a consciência por saber que bronzear é agredir a pele e abrir caminho para danos solares, problemas de pigmentação e envelhecimento precoce. Felizmente, há solução para isso. Um tom dourado, saudável e luminoso, sem sair de casa: autobronzeadores. A lógica é simples. Estes produtos, por conterem di-hidroxiacetona (DHA), vão fazer com que consiga um tom semelhante ao que resulta da exposição solar. A DHA atua nos queratonócitos da camada córnea da pele – a camada mais exterior da epiderme – produzindo uma molécula semelhante à melanina (o pigmento da pele). É esta molécula que vai – simplificando – tingir as células que compõem a camada mais superficial da pele.   

Lembro-me das primeiras vezes que usei autobronzeador, porque os resultados foram sempre desastrosos. Pele manchada, um tom alaranjado e um cheiro característico que, ao meu nariz, nem o perfume escondia. A boa notícia? Foi há mais de dez anos. Hoje em dia, há imensas opções e técnicas para evitar as manchas.  

Preparação  

A preparação da pele é o segredo para um bronzeado sem manchas. Uma vez que a DHA presente nos autobronzeadores vai escurecer as células mortas à superfície da pele, é importante que essa camada esteja o mais regular possível. Idealmente, deve deixar a depilação para o dia anterior à aplicação de autobronzeador. O mesmo com a esfoliação. Não a julgo se não o fizer. Mas como estamos a falar de agressões, as peles mais sensíveis podem ficar irritadas.  

No banho, use umas (1) luvas de esfoliação (€1) ou o seu esfoliante de corpo de eleição. Este (2) The Ritual of Mehr (€14,90) é um dos meus favoritos porque tem um cheiro delicioso. Depois do banho, hidrate bem a pele, com especial atenção nas zonas mais hiperqueratinizadas – onde “a pele é mais grossa”: pés, tornozelos, joelhos e cotovelos. Por possuírem uma maior concentração de queratina, podem ficar mais escuras. Quão melhor exfoliadas e hidratadas estiverem, menor é o risco de isso acontecer. Depois de exfoliar, hidrate a pele. O (3) Gel Hydro Boost da Neutrogena (€11,33) tem uma fórmula leve e de rápida absorção. O que, neste caso, é bastante importante, uma vez que só deve aplicar autobronzeador na pele completamente seca. Qualquer óleo ou humidade presente na pele pode diluir a fórmula do autobronzeador, fazendo com que o produto não se desenvolva tão bem em determinadas zonas. O resultado? As temíveis manchas.  

Aplicação  

É importante que aplique autobronzeador de forma homogénea por todo o corpo. Onde não o aplicar, a pele não vai ficar mais escura. Tenha também atenção ao seu tom de pele. Muitos autobronzeadores têm várias opções, dependendo do seu tom inicial. Se tem a pele muito clara, opte pelo tom mais claro. Entendo que a tendência seja escolher o tom mais escuro, para conseguir um bronze mais bonito. Mas o mais provável é que acabe com um tom alaranjado.   

Há várias consistências de autobronzeador: em creme, spray, espuma… É uma questão de preferência, uma vez que as fórmulas são sensivelmente iguais. Podem ter cor – sendo esta uma cor-guia e não o tom final que ficará na sua pele – que serve principalmente para ajudar a perceber em que partes do corpo é que já aplicou, ou não, o produto. Outro dos pontos de diferenciação é o tempo que demoram a atuar. O mais comum é que desenvolvam entre quatro a oito horas, mas há autobronzeadores “express” que desenvolvem em pouco mais de uma hora.   

Para a ajudar a espalhar o autobronzeador, tem várias opções. As luvas são as mais conhecidas, uma vez que representam uma boa barreira, que permite espalhar e esfumar o produto, protegendo as mãos, que facilmente ficam manchadas. Costumam ser de um material esponjoso, como esta (4) da Douglas (€6,95). Mas há cada vez mais opções como a (5) luva da James Read (€7,45) que, por ser toda em tecido, pode ser mais resistente e fácil de lavar. Uma nova tendência na aplicação de autobronzeadores são os pincéis como este (6) da Isle of Paradise (€14,95) ou o (7) Glow Tannig Brush da Makeup Revolution (€8,99). Pela precisão, podem realmente ajudar a esfumar zonas mais complicadas, como as transições das pernas para os pés, dos braços para as mãos, ou os dedos e a cara.   

Pode sempre optar por usar apenas as suas mãos, mas, nesse caso, lembre-se de as lavar muito bem no final do processo. As palmas e todas as zonas mais espessas da pele têm uma facilidade maior em ficar alaranjadas e manchadas.  

A minha recomendação é que aplique o autobronzeador à noite. Vai ter mais tempo para o processo de aplicação e depois vai dormir, dando tempo ao produto de desenvolver, sem estar preocupada com manchar a roupa que tem vestida. Há opções, como a (8) mousse Self Tan Express Advance Bronzing Mousse da St Tropez (€33,90) que promete resultados entre uma a três horas. Mas a lógica é sempre a mesma: quanto mais tempo o produto estiver em contacto com a sua pele, mais escura ela vai ficar. A (9) Foaming Water Invisi da Vita Liberata (€31,81) tem três tons disponíveis, das peles mais claras às mais escuras, e atua em quatro a cinco horas. Se preferir, tem o (10) Bronz Water Color Mist Sprayd da Frezyderm (€35,67) que, por ser em spray, pode permitir uma aplicação mais rápida. Uma opção simples para conseguir um tom bronzeado de forma progressiva é o (11) creme Ultra-Hidratante Bronzeado Progressivo da Topicrem (€15,43). Tem ainda as (12) Toalhitas Self-Tanning da Comodynes (€12,19) que são muito práticas para utilizações pontuais ou para levar de viagem. 

Crie um sistema, para garantir que aplica o autobronzeador pelo corpo todo. De cima para baixo, primeiro o lado esquerdo, depois o direito… O que funcionar melhor para si. 

A minha sugestão seria começar de baixo para cima e deixar as extremidades para o fim. Zonas como os joelhos, por serem mais hiperqueratinizadas, tendem a ficar mais escuras. O meu conselho é que comece por espalhar o autobronzeador na perna e, apenas com o resto que fica na luva, passar no joelho. O mesmo para pés, tornozelos, cotovelos e axilas. No resto do corpo, é como espalhar um creme hidratante. Tenha só atenção para espalhar mesmo por todas as zonas ou, na manhã seguinte, vai perceber que não o fez. Na cara, comece de fora para dentro. Se necessário, passe um cotonete ou algodão limpo nas sobrancelhas e na linha do cabelo, para evitar que o produto acumule. 

Deixe as mãos para o final e, independentemente de ter ou não usado uma luva, lave-as muito bem primeiro. Jogue pelo seguro. Aqui, um pincel pode dar jeito – e pode até usar um pincel de maquilhagem com cerdas sintéticas. Com o pincel limpo, vá esfumando a zona do pulso e estique o produto para as mãos. Se usar luva, basta aproveitar o produto que resta da última aplicação. Evite as palmas. Esfume bem a zona do pulso, os limites entre a palma e o verso da mão. Os dedos também podem ser complicados. O segredo é mesmo usar pouco produto e espalhar bem, esfumar muito. 

Espere até o autobronzeador ter sido completamente absorvido pela pele e use um pijama largo de calças e manga comprida. É possível que o produto, enquanto desenvolve, transfira para a roupa que tem vestida. É bastante provável que os seus lençóis também acabem manchados. A boa notícia? Sai tudo na máquina. 

De manhã, tome um duche. O ideal é que use apenas água. Se o autobronzeador ainda estiver a atuar, os óleos de qualquer produto de limpeza podem interferir, diluir a fórmula do autobronzeador e, quiçá, manchar. A água vai sair mais escura porque, com ela, está também a sair todo o excesso de produto.  

Depois disto, está pronta. Bronzeada e sem os contras da exposição à radiação UV. Se o tom do bronzeado ainda não é intenso o suficiente, aplique nova camada de autobronzeador. Pode usar dois ou três dias seguidos, até conseguir a cor que deseja. 

Manutenção 

O bronze vai durar o mesmo tempo que as células da sua pele vão demorar a renovar-se. Como esta renovação não acontece ao mesmo tempo em todas as partes do corpo, é normal que haja partes a perder a cor mais rápido do que outras. A pele da cara, por exemplo, tem tendência a renovar-se em ciclos mais curtos. Neste caso, pode reaplicar autobronzeador apenas nesta zona.

O (13) Spray Facial Self Tan Purity da St. Tropez (€22,90) pode ser aplicado no final da sua rotina de cuidados da pele. Basta agitar a embalagem, pulverizar em pele bem seca e deixar secar, sem necessidade de espalhar.  

Outra opção é adicionar umas gotas (14) The Face da Tan-luxe (€44,45) ao seu creme hidratante. O mesmo para as (15) Gotas Bronzeadoras da Isle of Paradise (€24,95), que pode também usar com o seu creme de corpo.  

Quando estiver pronta para uma reaplicação total do bronze, é só repetir o processo completo. Há luvas próprias para remover a acumulação de autobronzeador, como esta (16) da St Tropez (6,95), que vão servir o mesmo propósito da esfoliação que inicialmente referi: deixar a camada superficial da pele o mais uniforme possível.

 

*Os preços e pontos de venda dos artigos anunciados são representativos. Os preços podem variar e os produtos podem ser adquiridos em diferentes lojas (físicas ou online). 

#emBeleza Carmo Lico

#emBeleza

Tudo o que precisa de saber em Beleza, pela jornalista Carmo Lico. Pele, perfumes, maquilhagem e cabelo: as novidades, os indispensáveis e os que o vão passar a ser, assim que os conhecer.

Palavras-chave

Mais no portal

Mais Notícias

As Revoluções Francesas na VISÃO História

As Revoluções Francesas na VISÃO História

Exame 478 - Março 2024

Exame 478 - Março 2024

Exame de março: A economia que Pedro Nuno Santos e Luís Montenegro querem para Portugal

Exame de março: A economia que Pedro Nuno Santos e Luís Montenegro querem para Portugal

Bosch e Microsoft querem usar IA para tornar estradas mais seguras

Bosch e Microsoft querem usar IA para tornar estradas mais seguras

Em Lamaçães, a campanha faz-se com muita música!

Em Lamaçães, a campanha faz-se com muita música!

Citroën ë-C3: O elétrico que custa 23.300 euros chega em junho

Citroën ë-C3: O elétrico que custa 23.300 euros chega em junho

Breve história da maquilhagem

Breve história da maquilhagem

Cerca de 70.000 trabalhadores das IPSS vão ter valorização salarial

Cerca de 70.000 trabalhadores das IPSS vão ter valorização salarial

Vítor Matos é o chefe que mais brilha no Guia Michelin Portugal

Vítor Matos é o chefe que mais brilha no Guia Michelin Portugal

Xiaomi Redmi Note 13 Pro+: topo de gama

Xiaomi Redmi Note 13 Pro+: topo de gama

Artur Jorge: o exercício físico da poesia

Artur Jorge: o exercício físico da poesia

Celebridades assistem ao regresso da Dior às origens

Celebridades assistem ao regresso da Dior às origens

'O Principezinho': um livro que fica na memória

'O Principezinho': um livro que fica na memória

"O Chega copia matérias e campanhas do ADN. Estamos a ser roubados por quem tem mais poder"

Em “Senhora do Mar”: Maria perde a virgindade com Pedro

Em “Senhora do Mar”: Maria perde a virgindade com Pedro

A transformação no segmento do Renting & Frotas

A transformação no segmento do Renting & Frotas

Rainha Camilla preside à homenagem a Constantino II da Grécia, que reuniu a realeza em Londres

Rainha Camilla preside à homenagem a Constantino II da Grécia, que reuniu a realeza em Londres

Conforto e muita luz, num apartamento em São Paulo, Brasil

Conforto e muita luz, num apartamento em São Paulo, Brasil

Esplanada, comida asiática e preços democráticos no Street Chow

Esplanada, comida asiática e preços democráticos no Street Chow

Vídeo mostra evolução da construção da cidade futurista The Line, na Arábia Saudita

Vídeo mostra evolução da construção da cidade futurista The Line, na Arábia Saudita

Lucros da EDP Renováveis caíram para 513 ME em 2023

Lucros da EDP Renováveis caíram para 513 ME em 2023

Vítor Matos é o chefe que mais brilha no Guia Michelin Portugal

Vítor Matos é o chefe que mais brilha no Guia Michelin Portugal

Venha conhecer o BYD Seal U

Venha conhecer o BYD Seal U

Manuel Luís Goucha volta à RTP para reviver dupla com Sónia Araújo

Manuel Luís Goucha volta à RTP para reviver dupla com Sónia Araújo

O Vento Assobiando nas Gruas, entrevista com Jeanne Waltz

O Vento Assobiando nas Gruas, entrevista com Jeanne Waltz

Aos 53 anos, Naomi Campbell é rainha da

Aos 53 anos, Naomi Campbell é rainha da "passerelle" em Milão

IL deu a conhecer o

IL deu a conhecer o "melhor bitoque" de Lisboa e as Parcerias Público-Sociais. Mas a tinta verde e o referendo ao aborto ofuscaram-lhe a arruada

As férias de Dânia Neto na neve

As férias de Dânia Neto na neve

A VISÃO Se7e desta semana - edição 1617

A VISÃO Se7e desta semana - edição 1617

A Interdecoração está de volta à Exponor

A Interdecoração está de volta à Exponor

Juan Vicente Piqueras, Caçador de instantes

Juan Vicente Piqueras, Caçador de instantes

Letizia exibe novo corte de cabelo

Letizia exibe novo corte de cabelo

De Madalena Palmeirim a Ty Segall: Quatro discos novos, colheita de 2024

De Madalena Palmeirim a Ty Segall: Quatro discos novos, colheita de 2024

Novo Dacia Spring: mais por menos

Novo Dacia Spring: mais por menos

PR diz que ataques com tinta por ativistas climáticos perderam eficácia

PR diz que ataques com tinta por ativistas climáticos perderam eficácia

Em “Senhora do Mar”: Alex é espancado e Paula descobre toda a verdade

Em “Senhora do Mar”: Alex é espancado e Paula descobre toda a verdade

Black Trumpet: no reino encantado dos cogumelos

Black Trumpet: no reino encantado dos cogumelos

Caras Decoração de fevereiro: tranquilidade e aconchego em primeiro lugar

Caras Decoração de fevereiro: tranquilidade e aconchego em primeiro lugar

Os lugares desta História, com Isabel Stilwell: Elvas, capital do Império onde o sol nunca se põe

Os lugares desta História, com Isabel Stilwell: Elvas, capital do Império onde o sol nunca se põe

Os lugares desta História, com Isabel Stilwell: Filipe I de Portugal, por fim

Os lugares desta História, com Isabel Stilwell: Filipe I de Portugal, por fim

Sindicato dos Enfermeiros Portugueses marca greve para 15 de março

Sindicato dos Enfermeiros Portugueses marca greve para 15 de março

Boom Festival distinguido pela nona edição com prémio de sustentabilidade ambiental

Boom Festival distinguido pela nona edição com prémio de sustentabilidade ambiental

CDU contesta fim de cirurgias ao cancro da mama em várias unidades de saúde

CDU contesta fim de cirurgias ao cancro da mama em várias unidades de saúde

O herpes pode duplicar o risco de demência em idades mais avançadas

O herpes pode duplicar o risco de demência em idades mais avançadas

Celebridades rendem-se às transparências no desfile de Saint Laurent

Celebridades rendem-se às transparências no desfile de Saint Laurent

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites