Pinterest

A primeira vez nunca se esquece, e eu hei de guardar para sempre na memória o momento em que, no verão passado, usei pela primeira vez uma máscara esfoliante de pés. Pelos bons e pelos maus motivos. Nada tema, se não tivesse sobrevivido não estaria a ler-me. Mas dizer que foi uma experiência curiosa é subvalorizar a situação. Se a leitora já alguma vez experimentou uma máscara destas, sabe perfeitamente do que é que eu estou a falar. Se nunca experimentou, acredito que, no final deste texto, vá querer fazê-lo. 

Pés de inverno 

Os meus pés nunca me deram demasiado trabalho. Com a idade, comecei apenas a criar mais calosidades na palma do pé. Nada que não se resolva na manutenção da pedicure. Não adoro verniz de gel nas mãos, mas sou adepta fervorosa do uso desta técnica nos pés. Há, para mim, algo de luxuoso na ideia de ter sempre os pés arranjados. Talvez por ser uma zona que nem sempre está à vista – principalmente durante as temporadas frias. Saber que o detalhe de um verniz imaculado está sempre em dia, dá-me um conforto extra.  

Vernizes à parte, não há como negar que, durante o verão, os pés têm especial destaque. E é perfeitamente normal chegar a esta fase do ano com os pés mais desidratados, com alguma pele morta em excesso. E era nessa situação que eu estava, no verão passado, quando enviaram para a redação a (1) Xerial Peel da SVR (€20,93), uma máscara esfoliante de pés. Nunca tinha experimentado nenhum produto deste género, mas rapidamente lhe reconheci valor. “No fim de semana vou experimentar”, decidi.  

Máscaras esfoliantes para os pés 

Se a leitora não está familiarizada com este tipo de produto, as máscaras esfoliantes para pés são literalmente umas meias de plástico que, no interior, têm uma formulação tipicamente em gel, com uma concentração elevadíssima de ativos esfoliantes, como os AHAs, ácido glicólico, ácido lático e outros que tal. Prometem uma ação esfoliante e a eliminação tanto de células mortas como do excesso de calosidades. Até aqui, tudo bem. É exatamente de uma coisa destas que todas precisamos, antes de começar a usar sandálias e sapatos mais abertos. 

No fim de semana, calcei as ditas meias de plástico e segui as instruções da embalagem: usá-las durante uma hora. Quando o temporizador deu sinal, tirei as meias, mergulhada numa curiosidade e expectativa enormes. Se fiquei surpresa? Não. Os pés estavam praticamente iguais. Talvez com um aspeto mais hidratado, mas só isso. Não dei demasiada importância e segui com a minha vida. Estava, porém, longe de adivinhar o que aconteceria a seguir. Inocência minha, que não raciocinei ao ponto de perceber que o resultado deste tipo de produtos só é visível ao fim de vários dias. E foi. Oh se foi! 

O resultado 

Ao fim de 5 dias, os meus pés começaram a pelar. Primeiro uma descamação ligeira na zona na planta do pé. Depois nos dedos. Depois no calcanhar. Quando percebi, tinha a pele toda (to-da!) da planta do pé a cair aos pedaços. Aos pedaços grandes. Tal qual uma cobra a mudar de pele. Ao ponto de até o homem cá de casa me perguntar o que se estava a passar e o que eram as “películas de plástico” que encontrou no chão da casa de banho. 

Não há como não ser visual ao explicar o que acontece quando se usam umas meias destas. Subestimei redondamente o efeito peeling que o produto prometia. Ao fim de 10 dias, os meus pés eram outros – literalmente. A camada de pele superficial caiu na totalidade, deixando à vista uma nova camada, mais fina, mais bonita, mais hidratada. A lembrar pele de bebé. Um ‘começar do zero’. Uma nova oportunidade de tomar conta desta nova pele com a atenção e carinho que ela merece. 

Juízo Final

Não sei o que acontece quando se põem os pés num daqueles tanques cheios de peixes pequeninos porque 1) tenho fobia a peixes e 2) tenho muitas cócegas. Acredito que o resultado não deva ser melhor do que aquele que consegue ao utilizar as máscaras de que lhe falo – no conforto de casa e sem garra rufa esfomeados.

Conseguindo ultrapassar o trauma que é ver a pele dos pés a cair, estas máscaras são bem capazes de passar a ser um essencial. E, verdade seja dita, o susto que apanhei está inteiramente relacionado com o facto de não estar à espera de um processo como este. A leitora, que já vai avisada, tem tudo para ter até uma experiência quase prazerosa, à medida que vai vendo a nova camada de pele a aparecer, por entre as escamas em que a anterior fica.  

Deixo, na galeria a seguir, várias sujestões do mesmo tipo de produto. Todas prometem o mesmo: um efeito peeling. Há opções de todos os preços, o que me leva a crer que vale mesmo a pena experimentar. A única condição é que se lembre de mim, e que tente imaginar o meu ar petrificado, quando vir com os seus próprios olhos o significado literal de “efeito peeling”. 

*Os preços e pontos de venda dos artigos anunciados são representativos. Os preços podem variar e os produtos podem ser adquiridos em diferentes lojas (físicas ou online). 

#emBeleza Carmo Lico

#emBeleza

Tudo o que precisa de saber em Beleza, pela jornalista Carmo Lico. Pele, perfumes, maquilhagem e cabelo: as novidades, os indispensáveis e os que o vão passar a ser, assim que os conhecer.

Palavras-chave

Mais no portal

Mais Notícias

Pigmentarium: perfumaria de nicho inspirada na herança cultural da República Checa

Pigmentarium: perfumaria de nicho inspirada na herança cultural da República Checa

Beatrice Borromeo e Pierre Casiraghi, os príncipes de Cannes

Beatrice Borromeo e Pierre Casiraghi, os príncipes de Cannes

Meo lança serviço sustentável de telecomunicações e energia

Meo lança serviço sustentável de telecomunicações e energia

Romantismo na passadeira vermelha de Cannes

Romantismo na passadeira vermelha de Cannes

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

Os nomes estranhos das fobias ainda mais estranhas

Como identificar as vespas asiáticas - uma espécie perigosa para abelhas e humanos

Como identificar as vespas asiáticas - uma espécie perigosa para abelhas e humanos

Festival Soil to Soul: Comida, música e conversas no Castelo do Alandroal

Festival Soil to Soul: Comida, música e conversas no Castelo do Alandroal

Em Paris, um apartamento haussmaniano com paleta contemporânea

Em Paris, um apartamento haussmaniano com paleta contemporânea

A elegância de Francisca Cerqueira Gomes no regresso a Cannes, ao lado de Pierre Gasly

A elegância de Francisca Cerqueira Gomes no regresso a Cannes, ao lado de Pierre Gasly

Seis novos brunches que tem de provar no Porto

Seis novos brunches que tem de provar no Porto

Google quer ligar África e Austrália com um cabo submarino

Google quer ligar África e Austrália com um cabo submarino

As imagens da lua de mel de Inês e Paulo de “Casados à Primeira Vista”

As imagens da lua de mel de Inês e Paulo de “Casados à Primeira Vista”

Já nasceu Júlia, a segunda filha de Rita Patrocínio e Tiago Teotónio Pereira

Já nasceu Júlia, a segunda filha de Rita Patrocínio e Tiago Teotónio Pereira

VOLT Live: O estudo que prova que os 100% elétricos são a opção mais económica para as empresas

VOLT Live: O estudo que prova que os 100% elétricos são a opção mais económica para as empresas

EV3: os detalhes do SUV compacto da KIA

EV3: os detalhes do SUV compacto da KIA

Humor e irreverência em iluminação

Humor e irreverência em iluminação

EV3: os detalhes do SUV compacto da KIA

EV3: os detalhes do SUV compacto da KIA

25 peças para receber a primavera em casa

25 peças para receber a primavera em casa

Narrativas estrambólicas e contos que nos fazem pensar

Narrativas estrambólicas e contos que nos fazem pensar

GNR apreende 42 quilos de meixão em ação de fiscalização rodoviária em Leiria

GNR apreende 42 quilos de meixão em ação de fiscalização rodoviária em Leiria

E o melhor Enoturismo Nacional é...

E o melhor Enoturismo Nacional é...

O futuro começou esta noite. Como foi preparado o 25 de Abril

O futuro começou esta noite. Como foi preparado o 25 de Abril

Celebridades assistem à gala da amfAR, em Cannes

Celebridades assistem à gala da amfAR, em Cannes

“Eh Lá Fora!”

“Eh Lá Fora!”

Catarina Maia é a nova embaixadora da Seaside. Veja as imagens!

Catarina Maia é a nova embaixadora da Seaside. Veja as imagens!

Cupra Born VZ: 0 aos 100 km/h em 5,6 segundos

Cupra Born VZ: 0 aos 100 km/h em 5,6 segundos

Bordallo Pinheiro lança nova peça em colaboração com artista visual brasileira

Bordallo Pinheiro lança nova peça em colaboração com artista visual brasileira

Renata Andrade não larga Alexandre após expulsão do “Big Brother”

Renata Andrade não larga Alexandre após expulsão do “Big Brother”

The Largo, no Porto: Uma casa na cidade

The Largo, no Porto: Uma casa na cidade

Passatempo: ganha convites duplos para 'IF - Amigos Imaginários'

Passatempo: ganha convites duplos para 'IF - Amigos Imaginários'

Charlotte Casiraghi e Beatrice Borromeo apaixonadas pelo mesmo estilo de vestido

Charlotte Casiraghi e Beatrice Borromeo apaixonadas pelo mesmo estilo de vestido

Há mar e mar, há ser e há proclamar

Há mar e mar, há ser e há proclamar

EDP Renováveis conclui venda de projeto eólico no Canadá

EDP Renováveis conclui venda de projeto eólico no Canadá

O problema dos ultraprocessados consumidos por crianças entre os 3 e os 6 anos

O problema dos ultraprocessados consumidos por crianças entre os 3 e os 6 anos

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Ana Cristina Silva - Pensar como o Marquês de Pombal

Ana Cristina Silva - Pensar como o Marquês de Pombal

Galaxy Ring pode ter preço a partir dos 300 dólares e subscrição mensal

Galaxy Ring pode ter preço a partir dos 300 dólares e subscrição mensal

Sede da PIDE, o último bastião do Estado Novo

Sede da PIDE, o último bastião do Estado Novo

Quem é que estava na entrada e autorizou a menina a sair?

Quem é que estava na entrada e autorizou a menina a sair?

OMS atualiza lista de bactérias que ameaçam saúde humana por resistirem aos antibióticos

OMS atualiza lista de bactérias que ameaçam saúde humana por resistirem aos antibióticos

VISÃO Se7e: Terraços, brunches e outras farturas

VISÃO Se7e: Terraços, brunches e outras farturas

A diversidade e a necessidade de “rebentar a bolha”

A diversidade e a necessidade de “rebentar a bolha”

O fracasso da AIMA, a frustração dos imigrantes e a inércia do Governo

O fracasso da AIMA, a frustração dos imigrantes e a inércia do Governo

Vencedores do passatempo 'IF - Amigos Imaginários'

Vencedores do passatempo 'IF - Amigos Imaginários'

Hipertensão arterial: procedimento

Hipertensão arterial: procedimento "minimamente invasivo" melhora significativamente a qualidade de vida dos doentes

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites