Pexels

A palavra pandemia invadiu as nossas casas nos últimos tempos. Passou a fazer parte do nosso vocabulário e até os mais pequeninos a reconhecem. Percebemos, da pior forma, o impacto de uma pandemia nas nossas vidas. Mudou a forma como víamos a vida, a saúde e a doença. Restabeleceu prioridades. Subjugou conceitos dados por inquestionáveis, como liberdade ou sociabilização. Gastou recursos. Roubou vidas. Consumiu-nos tempo e anos de vida… E desfocou-nos de outros problemas…

Agora que todos percebemos a força da palavra pandemia, está na altura de olharmos para outra pandemia. Não menos importante, não menos valorizável, e seguramente com elevado impacto em termos de morbilidade e mortalidade: A OBESIDADE. Ou, se quisermos ser mais abrangentes, em duas pandemias gémeas que eventualmente serão o espetro de um contínuo fisiopatológico: A DIABESIDADE (Diabetes & Obesidade).

Está na altura de nos voltarmos a focar nos verdadeiros problemas de saúde pública que teimamos em (fingir) ignorar…. Sob pena de chegarmos tarde demais. Está por isso na altura de, de forma séria e responsável, avaliar a dimensão do problema e elaborar estratégias de intervenção eficazes.

Deixo-vos as premissas:

  • A prevalência da obesidade aumentou em todo o mundo nos últimos 50 anos, atingindo níveis de pandemia. Em 2020, 650 milhões de pessoas viviam com obesidade. Em Portugal, de acordo com o Inquérito nacional de Alimentação e Atividade Física, que recolheu informações no período de 2015-2016, cerca de 6 em cada 10 portugueses têm excesso de peso ou obesidade (34,8% e 22,3% respetivamente). Estima-se que estes números tenham aumentado significativamente nos últimos anos, e que continuem a aumentar drasticamente. E é de salientar que aumenta proporcionalmente com a idade e inversamente com o nível socioeconómico.
  • A obesidade é uma DOENÇA CRÓNICA. É fundamental mudar o “mindset” da sociedade em geral (e dos profissionais de saúde também…), que estigmatiza estes indivíduos. É um erro acreditar que chamar obeso é um insulto à sua dignidade. A obesidade é uma doença crónica, muito complexa e multifatorial. A gordura corporal anormal ou excessiva (adiposidade) compromete a saúde, aumentando o risco de complicações a longo prazo e reduzindo a esperança de vida. Não é – apenas – um problema estético e não resulta – apenas – do excesso de ingestão alimentar.
  • A obesidade aumenta substancialmente o risco de doenças como diabetes mellitus tipo 2, hipertensão, enfarte agudo do miocárdio, acidente vascular cerebral, demência, osteoartrite, apneia obstrutiva do sono e vários tipos de cancro. E está, como tal, associada a elevada morbilidade e mortalidade. É difícil encontrar qualquer patologia que não seja mais prevalente no indivíduo obeso, ou cuja obesidade não a agrave. A Covid 19 mostrou-nos isso mesmo, com as elevadas taxas de mortalidade nestes doentes.
  • Para além da sua dimensão clínica a obesidade tem ainda grandes repercussões de dimensão económica e social. Para além do impacto direto nos custos de Saúde, está ainda associada ao desemprego e à diminuição da produtividade, e assume contornos de flagelo social.
  • Existem atualmente instrumentos e tratamentos farmacológicos de provada eficácia e segurança. Porém, por não serem comparticipados, o seu acesso é limitado a quem os pode pagar, e praticamente vedado aos setores mais desfavorecidos da sociedade, precisamente os mais afetados, onde é maior a incidência da doença.

Com tanta premissa, fica a mensagem:

A obesidade é uma das doenças mais prevalentes, mais subvalorizadas, menos diagnosticadas e menos tratadas da atualidade. Mais que um problema de saúde pública, é um problema prioritário de saúde pública!

Para o enfrentar são requeridas estratégias de prevenção, mas também de tratamento, em abordagens que combinem intervenções individuais com mudanças sociais e políticas. Abordagens que têm de envolver profissionais de saúde, mas também a sociedade civil e, naturalmente, os decisores políticos. Mas tem de ser JÁ, porque já deveria ter sido ontem!

Até quando vamos ignorar?

Palavras-chave

Mais no portal

Mais Notícias

Em “Senhora do Mar”: Joana conta toda a sua história a Manuel e Rita

Em “Senhora do Mar”: Joana conta toda a sua história a Manuel e Rita

Dos relvados para a economia. Os números-chave do futebol português

Dos relvados para a economia. Os números-chave do futebol português

Lisboa através dos tempos na VISÃO História

Lisboa através dos tempos na VISÃO História

Aos 53 anos, Naomi Campbell é rainha da

Aos 53 anos, Naomi Campbell é rainha da "passerelle" em Milão

Tempos de Antena ‘Miúdos a Votos’: ‘O Estranhão’

Tempos de Antena ‘Miúdos a Votos’: ‘O Estranhão’

Kate estará disposta a perdoar Meghan se William lhe pedir isso

Kate estará disposta a perdoar Meghan se William lhe pedir isso

Artur Jorge: o exercício físico da poesia

Artur Jorge: o exercício físico da poesia

CGI desenvolve plataforma para AIBILI na área de investigação oftalmológica

CGI desenvolve plataforma para AIBILI na área de investigação oftalmológica

Não vamos mexer na lei do aborto porque é

Não vamos mexer na lei do aborto porque é "assunto arrumado" - Montenegro

Mais de 90% das pessoas acima dos 50 anos são portadoras do vírus da zona, o que pode ter consequências devastadoras

Mais de 90% das pessoas acima dos 50 anos são portadoras do vírus da zona, o que pode ter consequências devastadoras

A VISÃO Se7e desta semana - edição 1617

A VISÃO Se7e desta semana - edição 1617

Rainha Camilla preside à homenagem a Constantino II da Grécia, que reuniu a realeza em Londres

Rainha Camilla preside à homenagem a Constantino II da Grécia, que reuniu a realeza em Londres

Brinquedos didáticos, livres e que estimulem a criatividade. Onde? Na Color Square

Brinquedos didáticos, livres e que estimulem a criatividade. Onde? Na Color Square

Manuel Luís Goucha volta à RTP para reviver dupla com Sónia Araújo

Manuel Luís Goucha volta à RTP para reviver dupla com Sónia Araújo

Celebridades rendem-se às transparências no desfile de Saint Laurent

Celebridades rendem-se às transparências no desfile de Saint Laurent

Juan Vicente Piqueras, Caçador de instantes

Juan Vicente Piqueras, Caçador de instantes

Em “Cacau”: Anita aceita ajudar Filó a enganar Cacau

Em “Cacau”: Anita aceita ajudar Filó a enganar Cacau

Novo Zenbook Duo, o portátil de fusão da Asus, chega em março a Portugal

Novo Zenbook Duo, o portátil de fusão da Asus, chega em março a Portugal

Ter sempre uma garrafa de água por perto é mesmo uma opção saudável? Sim, mas...

Ter sempre uma garrafa de água por perto é mesmo uma opção saudável? Sim, mas...

Na estreia de

Na estreia de "Duna: Parte Dois" em Nova Iorque, Zendaya volta a surpreender

Os lugares desta História, com Isabel Stilwell: Filipe I de Portugal, por fim

Os lugares desta História, com Isabel Stilwell: Filipe I de Portugal, por fim

VOLT Live: como aumentar a competitividade e concorrência no mercado do carregamento de veículos elétricos

VOLT Live: como aumentar a competitividade e concorrência no mercado do carregamento de veículos elétricos

Black Trumpet: no reino encantado dos cogumelos

Black Trumpet: no reino encantado dos cogumelos

Breve história da maquilhagem

Breve história da maquilhagem

A Interdecoração está de volta à Exponor

A Interdecoração está de volta à Exponor

Exame de março: A economia que Pedro Nuno Santos e Luís Montenegro querem para Portugal

Exame de março: A economia que Pedro Nuno Santos e Luís Montenegro querem para Portugal

Vítor Matos é o chefe que mais brilha no Guia Michelin Portugal

Vítor Matos é o chefe que mais brilha no Guia Michelin Portugal

Vídeo: Os trabalhos do Agrupamento de Escolas de Castelo de Vide

Vídeo: Os trabalhos do Agrupamento de Escolas de Castelo de Vide

As Revoluções Francesas na VISÃO História

As Revoluções Francesas na VISÃO História

Encha a casa de verde, inspire-se na Natureza

Encha a casa de verde, inspire-se na Natureza

Von der Leyen quer

Von der Leyen quer "decisões audazes e coragem política" para defesa europeia

De Madalena Palmeirim a Ty Segall: Quatro discos novos, colheita de 2024

De Madalena Palmeirim a Ty Segall: Quatro discos novos, colheita de 2024

Lucros da EDP Renováveis caíram para 513 ME em 2023

Lucros da EDP Renováveis caíram para 513 ME em 2023

Sarah Ferguson recupera papel importante na família real

Sarah Ferguson recupera papel importante na família real

Citroën ë-C3: O elétrico que custa 23.300 euros chega em junho

Citroën ë-C3: O elétrico que custa 23.300 euros chega em junho

Na Escola Básica da Mata canta-se a liberdade!

Na Escola Básica da Mata canta-se a liberdade!

Quase metade das pessoas com doença rara não é seguida em centros de referência

Quase metade das pessoas com doença rara não é seguida em centros de referência

OpenAI acusa New York Times de ter pirateado o ChatGPT

OpenAI acusa New York Times de ter pirateado o ChatGPT

10 cidades com encanto: Ideias de viagem para conhecer o País… antes de ir a votos

10 cidades com encanto: Ideias de viagem para conhecer o País… antes de ir a votos

Costa disponibiliza segurança pessoal a líderes partidários após ataque a Montenegro

Costa disponibiliza segurança pessoal a líderes partidários após ataque a Montenegro

Atualização de software da Tesla corrige problemas de bateria no frio extremo

Atualização de software da Tesla corrige problemas de bateria no frio extremo

Saccharum Resort, na terra do ouro branco

Saccharum Resort, na terra do ouro branco

Fundos Comunitários: Celeridade do Estado é vital para setor empresarial

Fundos Comunitários: Celeridade do Estado é vital para setor empresarial

Provedora de Justiça considera inconstitucional norma disciplinar da Ordem dos Enfermeiros

Provedora de Justiça considera inconstitucional norma disciplinar da Ordem dos Enfermeiros

Dos idos de Março 62 às eleições de Março 24

Dos idos de Março 62 às eleições de Março 24

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites