Estive vai não vai para não escrever nada sobre este livro (‘A contadora de histórias de Auschwitz’, de Siobhan Curham), mas sendo que na verdade o li de ponta a ponta, achei que pelo menos esse mérito havia de lhe dar.

Primeiro ponto: já não se aguenta livros sobre Auschwitz. Temos o tatuador de Auschwitz, o mágico de Aushwitz, as gémeas de Auschwitz, a bailarina de Auschwitz, o carteiro de Aushwitz, a ruiva de Aushwitz, a bibliotecária de Auschwitz, e existe mesmo outra contadora de histórias que não tem Auschwitz no título mas que se passa à mesma em Auschwitz (é da Jodie Picoult, se estiverem interessados). Sendo que todo o tipo de pessoa e profissão esteve em Auschwitz, isto dá pano para mangas (e assunto para muitos livros).

História resumida: Etty, uma jovem escritora de sucesso nos anos 40, acaba em Auschwitz por razões que não vêm agora ao caso, local onde conta apenas com a força da sua imaginação para sobreviver e para ajudar outras mulheres a aguentarem o inferno.

Porque é que me irrita: porque vem disfarçado de consciência moral e histórica mas na verdade só responde ao nosso gosto mórbido de ler sobre coisas absolutamente horrendas. Eu falo contra mim, que também fui ler e também sou leitora de livros sobre Auschwitz. Há livros sobre Auschwitz que davam para forrar uma biblioteca gigante e há quem seja viciado e os colecione a todos. Claro que também podiam escrever sobre outros campos de concentração, mas Auschwitz é que é, porque o público em geral nunca ouviu falar dos outros, e portanto os nossos heróis e heroínas lá têm todos de ir parar a Auschwitz porque ninguém ouviu falar, sei lá, de Ravensbruck.

Enfim, ainda bem para o mercado livreiro, que está a precisar de gente que compre livros. Mas nem todos são fenomenais.

Este está longe de ser fenomenal: a história é previsível, apesar de se notar que a autora fez bem o seu trabalho de casa. Aliás, afirma que se baseou em três histórias reais. Enfim, às vezes não parece (cuidado porque agora entra um spoiler gigante, desculpem lá mas não resisti, se não quiserem saber párem agora) porque francamente, alguém que não come outra coisa senão caldo de legumes podres claramente não ia resistir 3 anos. Se a autora queria mesmo uma heroína que sobrevivesse, devia ter explicado melhor como. Outra coisa bastante irritante é que passa aquela mensagem de ‘quero mesmo sobreviver com o poder da minha mente’, ou coisa parecida, o que faz com que pareça que todos os que morreram não quiseram de facto sobreviver ou não tiveram imaginação suficiente.

Outra coisa irritante é precisamente o título: a heroína não pára de contar histórias, e a autora da heroína não percebe que perde o seu leitor de cada vez que a Etty abre a boca para mais uma mensagem inspiradora.

E outra coisa irritante é o facto de a tradução insistir no pronome pessoal antes de todas as personagens (o Tomazs, a Aurelie, o Solly), o que dá um tom infantil ao livro.

E agora perguntam vocês: se o livro é assim tão irritante, porque é que o sugeres.

Resposta 1: Na verdade não li mais nada esta semana.

Resposta 2: Variadas pessoas leram e gostaram.

Resposta 3: Faz a apologia da imaginação, o que nos tempos que correm é revolucionário.

Resposta 4: Na verdade li o livro até ao fim em dois dias. Embora muito irritante, na verdade queremos saber o que acontece com a Etty (apesar de nem sempre querermos ouvir as suas histórias), e há personagens verdadeiras e comoventes como o vendedor de livros Solly (‘roubado’ ao Stefan Zweig, quase que aposto), a adolescente Danielle que se transforma numa espécie de irmã mais nova, ou o pugilista que é o seu interesse romântico. O livro tem um bom ritmo e o leitor é agarrado.

Portanto, se já sabe imenso sobre o assunto e já leu incontáveis livros sobre campos de concentração, não vai encontrar aqui nada de novo. Se nunca leu e procura um livro para se iniciar, força. Aliás, é um bom livro para oferecer a um adolescente que goste do tema da Segunda Guerra.

A contadora de histórias de Auschwitz – Siobhan Curham, Ed. Singular E18,85

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

Costa disponibiliza segurança pessoal a líderes partidários após ataque a Montenegro

Costa disponibiliza segurança pessoal a líderes partidários após ataque a Montenegro

Esplanada, comida asiática e preços democráticos no Street Chow

Esplanada, comida asiática e preços democráticos no Street Chow

Exame 478 - Março 2024

Exame 478 - Março 2024

Em “Cacau”: Anita descobre que Filó não é mãe de Cacau

Em “Cacau”: Anita descobre que Filó não é mãe de Cacau

Francisco Assis: “O PS é um partido que valoriza a iniciativa privada, mas não vê o Estado como um empecilho”

Francisco Assis: “O PS é um partido que valoriza a iniciativa privada, mas não vê o Estado como um empecilho”

Vítor Matos é o chefe que mais brilha no Guia Michelin Portugal

Vítor Matos é o chefe que mais brilha no Guia Michelin Portugal

Desporto: 20 artigos para suar com estilo

Desporto: 20 artigos para suar com estilo

Giorgio Armani propõe veludo, flores e infuências orientais para o próximo inverno

Giorgio Armani propõe veludo, flores e infuências orientais para o próximo inverno

Novo Dacia Spring: mais por menos

Novo Dacia Spring: mais por menos

Montenegro atingido com tinta verde na Bolsa de Turismo de Lisboa

Montenegro atingido com tinta verde na Bolsa de Turismo de Lisboa

Boom Festival distinguido pela nona edição com prémio de sustentabilidade ambiental

Boom Festival distinguido pela nona edição com prémio de sustentabilidade ambiental

Celebridades assistem ao regresso da Dior às origens

Celebridades assistem ao regresso da Dior às origens

Exame de março: A economia que Pedro Nuno Santos e Luís Montenegro querem para Portugal

Exame de março: A economia que Pedro Nuno Santos e Luís Montenegro querem para Portugal

Vídeo mostra evolução da construção da cidade futurista The Line, na Arábia Saudita

Vídeo mostra evolução da construção da cidade futurista The Line, na Arábia Saudita

Apartamento em Cascais: sobriedade contemporânea

Apartamento em Cascais: sobriedade contemporânea

Em Lamaçães, a campanha faz-se com muita música!

Em Lamaçães, a campanha faz-se com muita música!

Celebridades rendem-se às transparências no desfile de Saint Laurent

Celebridades rendem-se às transparências no desfile de Saint Laurent

Apple descarta projeto de desenvolvimento de carro elétrico

Apple descarta projeto de desenvolvimento de carro elétrico

Tempos de Antena ‘Miúdos a Votos’: ‘O Estranhão’

Tempos de Antena ‘Miúdos a Votos’: ‘O Estranhão’

Porque existem anos bissextos?

Porque existem anos bissextos?

Sindicato dos Enfermeiros Portugueses marca greve para 15 de março

Sindicato dos Enfermeiros Portugueses marca greve para 15 de março

Cristina Ferreira partilha mais fotos com o namorado e fãs reagem: “O amor faz-lhe bem”

Cristina Ferreira partilha mais fotos com o namorado e fãs reagem: “O amor faz-lhe bem”

Lisboa através dos tempos na VISÃO História

Lisboa através dos tempos na VISÃO História

Indiferentes às polémicas, Letizia e Felipe VI cúmplices e apaixonados em Londres

Indiferentes às polémicas, Letizia e Felipe VI cúmplices e apaixonados em Londres

Novo Zenbook Duo, o portátil de fusão da Asus, chega em março a Portugal

Novo Zenbook Duo, o portátil de fusão da Asus, chega em março a Portugal

Saccharum Resort, na terra do ouro branco

Saccharum Resort, na terra do ouro branco

Letizia exibe novo corte de cabelo

Letizia exibe novo corte de cabelo

Caras Decoração de fevereiro: tranquilidade e aconchego em primeiro lugar

Caras Decoração de fevereiro: tranquilidade e aconchego em primeiro lugar

Von der Leyen quer

Von der Leyen quer "decisões audazes e coragem política" para defesa europeia

Mais de 90% das pessoas acima dos 50 anos são portadoras do vírus da zona, o que pode ter consequências devastadoras

Mais de 90% das pessoas acima dos 50 anos são portadoras do vírus da zona, o que pode ter consequências devastadoras

Quando a cantiga foi uma arma

Quando a cantiga foi uma arma

Brinquedos didáticos, livres e que estimulem a criatividade. Onde? Na Color Square

Brinquedos didáticos, livres e que estimulem a criatividade. Onde? Na Color Square

Os lugares desta História, com Isabel Stilwell: Elvas, capital do Império onde o sol nunca se põe

Os lugares desta História, com Isabel Stilwell: Elvas, capital do Império onde o sol nunca se põe

Quinta da Pacheca cinco estrelas. O luxo das coisas simples

Quinta da Pacheca cinco estrelas. O luxo das coisas simples

Bosch e Microsoft querem usar IA para tornar estradas mais seguras

Bosch e Microsoft querem usar IA para tornar estradas mais seguras

Em “Cacau”: Justino volta a andar e pede para salvarem Cacau

Em “Cacau”: Justino volta a andar e pede para salvarem Cacau

A VISÃO Se7e desta semana - edição 1617

A VISÃO Se7e desta semana - edição 1617

Rainha Camilla preside à homenagem a Constantino II da Grécia, que reuniu a realeza em Londres

Rainha Camilla preside à homenagem a Constantino II da Grécia, que reuniu a realeza em Londres

Dos idos de Março 62 às eleições de Março 24

Dos idos de Março 62 às eleições de Março 24

VOLT Live: como aumentar a competitividade e concorrência no mercado do carregamento de veículos elétricos

VOLT Live: como aumentar a competitividade e concorrência no mercado do carregamento de veículos elétricos

Quase metade das pessoas com doença rara não é seguida em centros de referência

Quase metade das pessoas com doença rara não é seguida em centros de referência

Poesia e estranheza

Poesia e estranheza

Mary Jane - de onde vêm e como usar estes sapatos

Mary Jane - de onde vêm e como usar estes sapatos

A dieta que afugenta a apneia do sono

A dieta que afugenta a apneia do sono

Artur Jorge: o exercício físico da poesia

Artur Jorge: o exercício físico da poesia

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites