A pandemia provocada pelo novo coronavírus colocou-nos em isolamento social com forma de diminuir a velocidade de propagação da doença. A recente transformação da rotina acarretou uma mudança de hábitos que não tivemos tempo de processar. Muitos encontram-se em casa com filhos ou em situação de teletrabalho mas com a mobilidade muito condicionada por força das circunstâncias. Nos últimos dias multiplicaram-se as questões sobre os desafios relacionados com a alimentação e sobre as estratégias a seguir de modo a minimizar o impacto no peso.

  • A diminuição da actividade física

O isolamento social e a quarentena podem implicar uma redução mais ou menos drástica da atividade física e consequentemente uma redução das necessidades energéticas. As idas ao ginásio e ao exterior estão condicionadas ou suspensas dependendo do caso, e muito dificilmente conseguimos manter o mesmo gasto energético fazendo exercício em casa. Quer isto dizer que, perante uma diminuição global da actividade vamos engordar se não houver uma adequação da energia ingerida diariamente.

  • As alterações do apetite

A situação sem precedentes que vivemos pode acarretar a médio prazo insatisfação, ansiedade e frustração, conduzindo a um potencial aumento do apetite e da ingestão. Mesmo sem estas emoções, não é estranho a muitos o hábito de comer muito mais vezes e em quantidade quando estamos por longos períodos em casa, como por exemplo em férias. O contrário também é possível, uma diminuição do apetite fruto de sentimentos depressivos e motivados pelo isolamento, pelo medo e pela angústia.

  • A densidade energética dos alimentos ingeridos

O eventual aumento do apetite é muito facilmente acompanhado da ingestão de alimentos de elevada densidade energética, ricos em açúcar, gordura e sal, como snacks, doces, bolos, pipocas, bebidas açucaradas ou fast food. É importante recordar a quem tem filhos que o consumo recorrente destes alimentos por crianças é totalmente desadequado tenham ou não excesso de peso.

Devem igualmente ser tidos em conta os alimentos ditos “saudáveis” mas que contêm muitas quilocalorias, como azeite, os frutos secos, etc.

  • O consumo excessivo de álcool

O consumo aumentado de álcool também pode tornar-se um problema a longo prazo, seja pela elevada densidade calórica das bebidas alcoólicas e respectivas implicações no ganho de peso, seja pelo risco de dependência (sem esquecer nunca a hepatotoxicidade do etanol).

  • A compulsão nas idas ao supermercado

O alarme e o medo vividos por estes dias levaram a uma corrida aos supermercados e a compras irracionais. Grandes quantidades de comida foram adquiridas sem critério, muitas vezes priorizando alimentos muito calóricos como os atrás mencionados. Apenas num cenário apocalíptico é plausível supor que bens alimentares vão faltar à nossa mesa, algo que não está minimamente previsto mesmo que a quarentena se arraste por mais tempo. Como a “oportunidade faz o ladrão”, a presença destes alimentos na nossa despensa é potenciadora de excessos alimentares, agora ainda mais perigosos face à inactividade.

Este cocktail pode muito provavelmente culminar em variações de peso. De modo a minimizar esta possibilidade atente nas seguintes estratégias:

  • As clássicas recomendações sobre uma alimentação rica, variada e equilibrada e uma adequada hidratação continuam a aplicar-se.
  • Encare objectiva e criticamente a forma como se alimenta. Comer em excesso, ou pelo contrário não se alimentar convenientemente, acarreta consequências perniciosas para a sua saúde. Apesar de haver muitas preocupações neste momento devemos tentar passar por ele da melhor forma.
  • Tente manter constantes as novas rotinas nomeadamente a hora do despertar/deitar e a hora das refeições. Grandes irregularidades na rotina tendem a ser inimigas do controlo do peso.
  • Minimize a inactividade através da realização de exercício em casa ou no exterior caso seja possível, sempre de forma responsável e seguindo as directrizes da Direcção Geral de Saúde (DGS).
  • Adeque a ingestão alimentar possivelmente diminuído porções e/ou frequência das refeições. Não faltará com certeza tempo para planear e cozinhar.
  • Evite comprar alimentos de elevada densidade energética de modo a diminuir o seu consumo (se estão disponíveis alguém os vai comer!). Na eventualidade de os adquirir consuma-os conscientemente. O mesmo é aplicável às bebidas alcoólicas.
  • Contrarie veemente o hábito de “petiscar” ou de comer em frente à televisão. Perdemos o controlo à quantidade ingerida e tendencialmente só comemos alimentos problemáticos.
  • Faça uma lista de compras e não adquira alimentos de forma compulsiva. A compra desnecessária de bens pode levar a uma ruptura temporária do stock existente. Para que tal não aconteça, responsabilidade cívica e social são determinantes, principalmente com pessoas carenciadas que não dispõem de recursos para comprar em quantidade ou com aqueles que pertencendo agrupos de risco, se veem obrigados a ir mais vezes a uma superfície comercial expondo-se ao contágio.

O momento difícil que experienciamos deve ser encarado de forma calma mas com realismo e responsabilidade. Confie nos esforços das autoridades e faça a sua parte seguindo escrupulosamente as orientações da DGS. O mais importante nesta fase será controlar emoções nocivas consequentes do isolamento e da incerteza, com actividades domésticas que lhe sejam prazerosas, principalmente em família, e sempre com a consciência que este é um momento excepcional e terá o seu fim. Todos passaremos por ele, dificilmente de modo ideal, apenas da melhor forma possível.

www.inestavares.pt

@ ines.tavares.nutricionista on Facebook & Instagram

Palavras-chave

Mais no portal

Mais Notícias

Explosão de cor e alegria nas Marchas Populares

Explosão de cor e alegria nas Marchas Populares

Quem tinha mais poderes antes do 25 de Abril: o Presidente da República ou o Presidente do Conselho?

Quem tinha mais poderes antes do 25 de Abril: o Presidente da República ou o Presidente do Conselho?

Requintado jantar assinala inauguração da nova exposição de Joana Vasconcelos na Boutique Dior, em Lisboa

Requintado jantar assinala inauguração da nova exposição de Joana Vasconcelos na Boutique Dior, em Lisboa

Trooping the Colour marcado pelo regresso de Kate

Trooping the Colour marcado pelo regresso de Kate

19 sítios para ver os jogos do Euro 2024 (e torcer pela Seleção Nacional)

19 sítios para ver os jogos do Euro 2024 (e torcer pela Seleção Nacional)

Carros elétricos chineses deverão ficar mais caros

Carros elétricos chineses deverão ficar mais caros

Exame Informática nº 347, junho

Exame Informática nº 347, junho

Desfile de celebridades na apresentação da coleção Cruise da Dior

Desfile de celebridades na apresentação da coleção Cruise da Dior

Quis Saber Quem Sou: Será que

Quis Saber Quem Sou: Será que "ainda somos os mesmos e vivemos como os nossos pais?"

CMB: o mundo dos vinhos conquistou o México e agora ruma à China

CMB: o mundo dos vinhos conquistou o México e agora ruma à China

Novo estudo científico revela que o cérebro tenta prever o futuro enquanto se encontra em repouso

Novo estudo científico revela que o cérebro tenta prever o futuro enquanto se encontra em repouso

O que é feito de Maria a primeira vencedora do “Masterchef Júnior”?

O que é feito de Maria a primeira vencedora do “Masterchef Júnior”?

Vídeo: Uma conversa sobre eleições com Rita Canas Mendes

Vídeo: Uma conversa sobre eleições com Rita Canas Mendes

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Vencedores e vencidos do 25 de Abril na VISÃO História

Vídeo: A festa final de 'Miúdos a Votos' na Gulbenkian

Vídeo: A festa final de 'Miúdos a Votos' na Gulbenkian

Contracetivo masculino em gel com bons resultados nos ensaios clínicos

Contracetivo masculino em gel com bons resultados nos ensaios clínicos

"O Homem dos Teus Sonhos" - ou quando Nicholas Cage não nos sai da cabeça

Como ler um jornal

Como ler um jornal

Portugal esgota hoje os recursos deste ano e começa a usar os de 2025

Portugal esgota hoje os recursos deste ano e começa a usar os de 2025

Presta atenção! Já ouviste falar de contrafação?

Presta atenção! Já ouviste falar de contrafação?

25 peças para receber a primavera em casa

25 peças para receber a primavera em casa

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Volta a Portugal com as receitas da Marlene Vieira

Volta a Portugal com as receitas da Marlene Vieira

Os festivais de verão

Os festivais de verão

O futuro começou esta noite. Como foi preparado o 25 de Abril

O futuro começou esta noite. Como foi preparado o 25 de Abril

Num dos próximos quatro anos, o planeta deverá mesmo exceder 1,5ºC de aumento de temperatura

Num dos próximos quatro anos, o planeta deverá mesmo exceder 1,5ºC de aumento de temperatura

Kia EV9 GT-Line AWD em testes: A referência nos grandes SUV

Kia EV9 GT-Line AWD em testes: A referência nos grandes SUV

SIC obrigada a apagar imagens de Daniel e Sónia em “Casados à Primeira Vista”

SIC obrigada a apagar imagens de Daniel e Sónia em “Casados à Primeira Vista”

Inster será o 100% elétrico mais acessível da Hyundai

Inster será o 100% elétrico mais acessível da Hyundai

Sonos Ace em teste: Qualidade e conforto premium

Sonos Ace em teste: Qualidade e conforto premium

Ronaldo compra participação na Vista Alegre e vai levar a marca para a Ásia

Ronaldo compra participação na Vista Alegre e vai levar a marca para a Ásia

Exame 35 anos: venha discutir a Economia e celebrar o nosso aniversário

Exame 35 anos: venha discutir a Economia e celebrar o nosso aniversário

Dior apresenta coleção Cruise Collection 2025

Dior apresenta coleção Cruise Collection 2025

Zona: Três mitos sobre esta doença que pode ser incapacitante

Zona: Três mitos sobre esta doença que pode ser incapacitante

Onde ficar em Lisboa: Torel Palace

Onde ficar em Lisboa: Torel Palace

Cevisama: novos conceitos para (re)vestir a casa

Cevisama: novos conceitos para (re)vestir a casa

Como as poeiras do Saara podem ajudar a impedir furacões

Como as poeiras do Saara podem ajudar a impedir furacões

A Tape não está (definitivamente) morta!

A Tape não está (definitivamente) morta!

Inédito: Maçons contestam expulsão do Grande Oriente Lusitano num tribunal

Inédito: Maçons contestam expulsão do Grande Oriente Lusitano num tribunal "profano"

Adoçante comum presente em pastilhas elásticas e até pastas dentífricas associado a duplicação do risco de AVC e enfarte

Adoçante comum presente em pastilhas elásticas e até pastas dentífricas associado a duplicação do risco de AVC e enfarte

Núria Madruga diverte-se com os filhos no

Núria Madruga diverte-se com os filhos no "Green Fest"

Entre no jogo de copos

Entre no jogo de copos

Casimiro de Brito - Entre o caos e o canto

Casimiro de Brito - Entre o caos e o canto

Novo estudo científico revela que o cérebro tenta prever o futuro enquanto se encontra em repouso

Novo estudo científico revela que o cérebro tenta prever o futuro enquanto se encontra em repouso

Aproveite a vida ao ar livre

Aproveite a vida ao ar livre

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites