George Floyd. Ahmaud Arbery. Breonna Taylor. Diferentes nomes, com algo em comum – todos foram assassinados injustamente devido à cor da pele. De acordo com a presidente da American Psychological Association (APA), Sandra Shullman:

O racismo está associado a várias consequências psicológicas, incluindo a depressão, a ansiedade, e outras sérias – por vezes, debilitantes – condições, incluindo distúrbio de stress pós-traumático e distúrbios de abuso de substâncias. Além disto, o stress causado pelo racismo pode contribuir para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e outras doenças físicas“.

Em 2016, investigadores da Manchester University analisaram como o racismo sistémico poderia impactar a saúde mental. E os resultados, publicados no American Journal of Public Health, mostraram que pessoas de minorias que sofreram incidentes de racismo de forma repetida tinham bastantes mais probabilidades de sofrer problemas como depressão ou ansiedade.

Dos tópicos analisados, aquele que mostrou ter um impacto negativo mais forte na saúde mental foi o sentimento de insegurança e evitar certos espaços ou situações, por causa da etnia. E o simples facto de se assistir a atitudes racistas pode afetar-noster um impacto negativo “em segundo plano”. De acordo com uma das autoras do estudo, Laia Bécares:

A consciência da discriminação racial vivida por outros pode continuar a afetar a saúde mental de pessoas que pertencem a minorias étnicas“.

O “The Depression Project“, iniciativa de promoção da saúde mental, aproveitou o momento triste que vivemos – mas durante o qual temos também comprovado que, de facto, a união faz a força, e temos mais motivos para acreditar que algo pode mudar para melhor – para partilhar alguns dos sintomas que pessoas afetadas pelo racismo podem registar.

Sentir-se desconectado/só; duvidar; pouca esperança; aumento do ‘modo de sobrevivência’; diminuição da confiança; preocupação; sentimento de impotência; aumento do risco de depressão e ansiedade; trauma; questionamento existencial; pânico“, são aqueles mencionados.

Para Nelson Lopes, psicólogo, terapeuta familiar e formador multicultural, “o racismo é mais do que mero preconceito. Racismo é a institucionalização, a internalização do processo social de preconceito, de modo a que as estruturas sociais se tornaram fundadas nesses mesmos valores. Valores como a primazia do homem branco sobre outros grupos. E não é exclusivamente o racismo, também o sexismo é intrinsecamente institucional“.

Além disto, acrescenta o especialista:

existem ainda as micro-agressões, pequenos e subtis cortes, muitas vezes que os próprios perpetradores não se apercebem do grau de agressão ou objectificação do outro. São frases como ‘É negro, mas é muito inteligente!’, ‘lápis cor-de-pele’, ‘Mas sou preto ou quê?!’ ou ‘Não faças judiarias!’, que podem ser confundidas com elogios, simples nomes de coisas, ou expressões antigas, sem nada de mal ou discriminação… mas todas elas vão subtilmente entranhando a ideia no nosso subconsciente de que não ser branco é errado, inferior, indigno”.

De acordo com Lopes, ao receber constantemente informação que dita que o valor da sua vida é inferior, a vítima de racismo começa a desenvolver “sentimentos de auto desvalorização, ou de desvalorização da sua própria comunidade e cultura, isolamento, diminuição da auto estima e da auto eficácia, letargia, crise identitária, depressão“, entre outros.

Mais ainda, pode-se assistir a casos de revolta: “deixam de sentir que podem confiar no sistema ou na sociedade para os proteger e desenvolvem comportamentos mais disruptivos, na linha da revolta com figuras de autoridade, economia paralela, descrédito pelos valores veiculados pela sua comunidade, disrupção do núcleo familiar, gravidez adolescente, abandono escolar, isolamento social das comunidades“.

Para Nelson, o grande problema não está nos elementos abertamente racistas e facilmente identificáveis, mas sim nos “subtilmente racistas, de tal forma incutidos na nossa mente social, que não é clara nem automática a sua associação ao racismo. Assim, toda a população aprende a não dar muito significado a determinados actos ou expressões, pois estes passam despercebidos como sendo não relacionados com o racismo“.

Por fim, o psicólogo refere que o racista é qualquer “pessoa que não está disposta a analisar os seus privilégios pessoais, e a perceber que estes vieram da opressão de uma faixa da população. O não fazer nada para perceber as origens do seu privilégio, é silenciosamente apoiar o sistema que sustenta esses privilégios“. E cabe a cada um de nós parar de olhar para o lado.

Porque é hora de mudar – e porque a mudança não tem lugar onde não existe tolerância -, há que, primeiro, ter vontade de aprender. Depois, questionar, agir, e, sempre que possível, ensinar. Há que, acima de tudo, transmitir conhecimentos sem apontar o dedo. Porque é verdade o que dizem -sempre que o fazemos, temos muitos mais virados para nós.

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

Em

Em "A Sala dos Professores", o realizador Ilker Çatak mostra uma escola da vida real

769, 265 e 409. Os números esmagadores com que a Nvidia, “a cotada mais influente do mundo”, deu a volta a Wall Street

769, 265 e 409. Os números esmagadores com que a Nvidia, “a cotada mais influente do mundo”, deu a volta a Wall Street

Tinta vermelha lançada por ativistas foi o mais colorido de um debate em que líderes do PS e PSD se mostraram cinzentos

Tinta vermelha lançada por ativistas foi o mais colorido de um debate em que líderes do PS e PSD se mostraram cinzentos

Tesla Model 3 'Highland' em teste: Este carro devia ser mais caro…

Tesla Model 3 'Highland' em teste: Este carro devia ser mais caro…

Consumo urbano de água em janeiro no Algarve sobe 4,6% face a 2023

Consumo urbano de água em janeiro no Algarve sobe 4,6% face a 2023

Agasalhados: 35 casacos de malha para proteger do frio

Agasalhados: 35 casacos de malha para proteger do frio

Celebridades assistem ao desfile Fendi na Semana da Moda de Milão

Celebridades assistem ao desfile Fendi na Semana da Moda de Milão

Artur Jorge despede-se da filha, Francisca

Artur Jorge despede-se da filha, Francisca

Cerca de 70.000 trabalhadores das IPSS vão ter valorização salarial

Cerca de 70.000 trabalhadores das IPSS vão ter valorização salarial

Cor, brilho e irreverência na passadeira dos People's Choice Awards

Cor, brilho e irreverência na passadeira dos People's Choice Awards

Breve história da maquilhagem

Breve história da maquilhagem

Lisboa através dos tempos na VISÃO História

Lisboa através dos tempos na VISÃO História

iPhone, iPhone, iPhone: Apple domina modelos mais vendidos de 2023

iPhone, iPhone, iPhone: Apple domina modelos mais vendidos de 2023

Governo falhou e patronato aproveitou

Governo falhou e patronato aproveitou

Asus ROG Strix Scar 18 em teste

Asus ROG Strix Scar 18 em teste

Lisboa é a terceira cidade europeia mais inacessível para arrendar casa

Lisboa é a terceira cidade europeia mais inacessível para arrendar casa

Junte-se ao webinar

Junte-se ao webinar "Prevenção e a gestão do risco como chave da eficiência do negócio"

Encha a casa de verde, inspire-se na Natureza

Encha a casa de verde, inspire-se na Natureza

Quando a cantiga foi uma arma

Quando a cantiga foi uma arma

Dos idos de Março 62 às eleições de Março 24

Dos idos de Março 62 às eleições de Março 24

A primavera começa daqui a um mês ou daqui a uma semana?

A primavera começa daqui a um mês ou daqui a uma semana?

Brinquedos didáticos, livres e que estimulem a criatividade. Onde? Na Color Square

Brinquedos didáticos, livres e que estimulem a criatividade. Onde? Na Color Square

Tempos de Antena ‘Miúdos a Votos’: ‘Trincas - O Monstro dos Livros’

Tempos de Antena ‘Miúdos a Votos’: ‘Trincas - O Monstro dos Livros’

Portugal visto pelos estrangeiros

Portugal visto pelos estrangeiros

VOLT Live: como aumentar a competitividade e concorrência no mercado do carregamento de veículos elétricos

VOLT Live: como aumentar a competitividade e concorrência no mercado do carregamento de veículos elétricos

Black Trumpet: no reino encantado dos cogumelos

Black Trumpet: no reino encantado dos cogumelos

Exame Informática TV nº 852: Xiaomi de topo, escolas TUMO e ultraportátil HP Dragonfly G4

Exame Informática TV nº 852: Xiaomi de topo, escolas TUMO e ultraportátil HP Dragonfly G4

IL denuncia problemas de remuneração em todas as áreas da função pública

IL denuncia problemas de remuneração em todas as áreas da função pública

Sara Matos estreia-se na

Sara Matos estreia-se na "passerelle" em Londres

Tempos de Antena ‘Miúdos a Votos’: ‘Porque é Que os Animais não Conduzem’

Tempos de Antena ‘Miúdos a Votos’: ‘Porque é Que os Animais não Conduzem’

Recorde o casamento de Chiara Ferragni

Recorde o casamento de Chiara Ferragni

Tempos de Antena ‘Miúdos a Votos’: ‘O Principezinho’

Tempos de Antena ‘Miúdos a Votos’: ‘O Principezinho’

Ator da SIC casa-se em cerimónia de sonho

Ator da SIC casa-se em cerimónia de sonho

Governo alarga prazo das medidas excecionais para simplificar produção de energia renovável

Governo alarga prazo das medidas excecionais para simplificar produção de energia renovável

PLAY: Cinco momentos a não perder no Festival de Cinema Infantil e Juvenil

PLAY: Cinco momentos a não perder no Festival de Cinema Infantil e Juvenil

Caras Decoração de fevereiro: tranquilidade e aconchego em primeiro lugar

Caras Decoração de fevereiro: tranquilidade e aconchego em primeiro lugar

Fotos exclusivas! Francisco Monteiro troca Márcia por Joana - Triângulo amoroso

Fotos exclusivas! Francisco Monteiro troca Márcia por Joana - Triângulo amoroso

Carro do Ano: e os sete finalistas são…

Carro do Ano: e os sete finalistas são…

VISÃO Se7e: Está na hora do chá – os lugares mais convidativos e as lojas para servi-lo em casa

VISÃO Se7e: Está na hora do chá – os lugares mais convidativos e as lojas para servi-lo em casa

Máxima aposta num

Máxima aposta num "look" total branco

Praticar exercício físico só ao fim-de-semana pode ser suficiente para perder gordura, diz novo estudo. Mas é preciso investigar mais

Praticar exercício físico só ao fim-de-semana pode ser suficiente para perder gordura, diz novo estudo. Mas é preciso investigar mais

Bruna Gomes antecipa casamento relâmpago com Bernardo Sousa

Bruna Gomes antecipa casamento relâmpago com Bernardo Sousa

Exposição: Papier & Terre Mêlée na Ojo Gallery em Lisboa

Exposição: Papier & Terre Mêlée na Ojo Gallery em Lisboa

Juan Vicente Piqueras, Caçador de instantes

Juan Vicente Piqueras, Caçador de instantes

Artur Jorge: o exercício físico da poesia

Artur Jorge: o exercício físico da poesia

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites