Materiais usados para uma mutilização genital feminina assistida
Foto: SIMON MAINA / AFP

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) revelou dados que mostram que 230 milhões de meninas e mulheres vivas foram submetidas à mutilação genital feminina (MGF). Fica provado que houve um aumento de 15% desta prática nos últimos oito anos, uma vez que em 2016 havia 200 milhões de casos. 

“A mutilação genital feminina prejudica o corpo das meninas, prejudica o seu futuro e põe em perigo as suas vidas”, afirma Catherine Russell, diretora executiva da UNICEF. “Estamos a verificar uma tendência preocupante de submeter meninas cada vez mais jovens a esta prática. Isso reduz ainda mais as hipóteses de intervenção. Precisamos de fortalecer os esforços para acabar com esta prática.” Segundo a UNICEF seria necessário que a Organização das Nações Unidas (ONU) trabalhasse 27 vezes mais rapidamente do que faz atualmente para eliminar a MGF no mundo até 2030.

O relatório da UNICEF explica que a MGF não está a tornar-se mais comum no mundo, mas sim a aumentar porque estão a nascer mais meninas em países onde esta prática é já comum. Cerca de 144 milhões dos casos acontecem em países africanos, sendo que 80 milhões foram registados na Ásia e 6 milhões no Médio Oriente. Os países com maior taxa de MGF são a Somália, Guiné, Djibuti, Egito, Sudão e Mali que, segundo a UNICEF, têm também questões urgentes como conflitos ou escassez alimentar, o que faz com que seja difícil implementar programas de prevenção e proteção das meninas e mulheres.

Cláudia Cappa, principal autora deste relatório, explica que “a maioria dos homens e mulheres” dos locais onde a MGF está mais implementada “querem que a pática acabe”, mas que esse desejo não é acompanhado de uma mudança” efetiva. As denúncias estão a diminuir, uma vez que a prática deixou de ser feita em cerimónias públicas, sendo apenas do conhecimento da mãe da criança e de quem faz o corte, e há até registo de zonas de África em que mulheres se oferecem para se submeter a esta intervenção como forma de promover a “recuperação” de um aspeto cultural. O relatório revela ainda que muitas famílias optam por submeter as meninas à MGF cada vez mais cedo, muitas vezes até quando têm apenas dois anos, como forma de reduzir “danos físicos e traumas psicológicos”.

A mutilação genital feminina consiste na remoção parcial ou total da genitália externa de uma menina ou mulher. Em 2012, a ONU aprovou uma resolução para proibir esta prática que é tida como uma tradição em muitos países, especialmente em comunidades mais remotas.

Palavras-chave

Relacionados

Mais no portal

Mais Notícias

Almoços rústicos

Almoços rústicos

O problema dos ultraprocessados consumidos por crianças entre os 3 e os 6 anos

O problema dos ultraprocessados consumidos por crianças entre os 3 e os 6 anos

Miúdos a Votos: a grande festa dos livros mais fixes já começou!

Miúdos a Votos: a grande festa dos livros mais fixes já começou!

Está quase a chegar a festa final de 'Miúdos a Votos!'

Está quase a chegar a festa final de 'Miúdos a Votos!'

Desfile de famosos na festa Chopard em Cannes

Desfile de famosos na festa Chopard em Cannes

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Um novo estúdio em Lisboa para jantares, showcookings, apresentações de marcas, todo decorado em português

Os

Os "looks" da cerimónia de encerramento de Cannes

Estes são os dois únicos países no mundo onde a publicidade a medicamentos com receita médica é permitida

Estes são os dois únicos países no mundo onde a publicidade a medicamentos com receita médica é permitida

Quis Saber Quem Sou: Será que

Quis Saber Quem Sou: Será que "ainda somos os mesmos e vivemos como os nossos pais?"

Descubra 15 assentos topo de gama

Descubra 15 assentos topo de gama

Será que vamos bater o 12º recorde de temperatura mensal seguido?

Será que vamos bater o 12º recorde de temperatura mensal seguido?

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Salgueiro Maia, o herói a contragosto

Revolut vai lançar depósitos a prazo em Portugal: “As taxas de juros oferecidas pelos bancos são muito baixas”

Revolut vai lançar depósitos a prazo em Portugal: “As taxas de juros oferecidas pelos bancos são muito baixas”

Investigadores criam smartwatch capaz de analisar o suor

Investigadores criam smartwatch capaz de analisar o suor

Sweet Soul, em Leça da Palmeira: O rigor da pastelaria

Sweet Soul, em Leça da Palmeira: O rigor da pastelaria

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

De Zeca Afonso a Adriano Correia de Oliveira. O papel da música de intervenção na revolução de 1974

Nuno Júdice - Quando tudo se transformava

Nuno Júdice - Quando tudo se transformava

EV3: os detalhes do SUV compacto da KIA

EV3: os detalhes do SUV compacto da KIA

Alice Vieira: à conversa com uma

Alice Vieira: à conversa com uma "contadora de histórias"

GNR apreende 42 quilos de meixão em ação de fiscalização rodoviária em Leiria

GNR apreende 42 quilos de meixão em ação de fiscalização rodoviária em Leiria

Sede da PIDE, o último bastião do Estado Novo

Sede da PIDE, o último bastião do Estado Novo

Romantismo na passadeira vermelha de Cannes

Romantismo na passadeira vermelha de Cannes

Porsche revela versão híbrida do 911

Porsche revela versão híbrida do 911

BCE está pronto para baixar juros na próxima semana

BCE está pronto para baixar juros na próxima semana

Palavra de profissional: estúdio de design Raw-Edges

Palavra de profissional: estúdio de design Raw-Edges

Charlotte Casiraghi e Beatrice Borromeo apaixonadas pelo mesmo estilo de vestido

Charlotte Casiraghi e Beatrice Borromeo apaixonadas pelo mesmo estilo de vestido

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

A meio caminho entre o brioche e o folhado, assim são os protagonistas da Chez Croissant

Beatrice Borromeo e Pierre Casiraghi, os príncipes de Cannes

Beatrice Borromeo e Pierre Casiraghi, os príncipes de Cannes

E os vencedores dos Prémios Inovação em Prevenção são..

E os vencedores dos Prémios Inovação em Prevenção são..

Ao lado da mãe, o príncipe Hashem foi o grande protagonista da festa nacional da Jordânia

Ao lado da mãe, o príncipe Hashem foi o grande protagonista da festa nacional da Jordânia

Planeta continuou a aquecer em abril apesar da diminuição do El Niño

Planeta continuou a aquecer em abril apesar da diminuição do El Niño

Receita de Empanadas argentinas, por Fabiana Pragier

Receita de Empanadas argentinas, por Fabiana Pragier

Desfile de elegância na red carpet dos Prémios Sophia

Desfile de elegância na red carpet dos Prémios Sophia

"Casados à Primeira Vista": Inês confessa sobre Paulo: "Damos as mãos até hoje"

Pedro Cabrita Reis: Há 50 anos a criar no caos do atelier

Pedro Cabrita Reis: Há 50 anos a criar no caos do atelier

Como ler um jornal

Como ler um jornal

Instalação de carregadores em condomínios: Respostas às dúvidas sobre a legislação

Instalação de carregadores em condomínios: Respostas às dúvidas sobre a legislação

IRS: Falta muito para receber o seu reembolso? Saiba como ler o estado da sua declaração

IRS: Falta muito para receber o seu reembolso? Saiba como ler o estado da sua declaração

Vídeo: Os melhores momentos da III Conferência Girl Talk

Vídeo: Os melhores momentos da III Conferência Girl Talk

Serralves em Festa: 50 horas ininterruptas a celebrar

Serralves em Festa: 50 horas ininterruptas a celebrar

OMS atualiza lista de bactérias que ameaçam saúde humana por resistirem aos antibióticos

OMS atualiza lista de bactérias que ameaçam saúde humana por resistirem aos antibióticos

A reação dos filhos de Inês de “Casados à Primeira Vista” à visita de Paulo

A reação dos filhos de Inês de “Casados à Primeira Vista” à visita de Paulo

Cientistas identificam proteínas que podem ser sinal de desenvolvimento de cancro sete anos antes do diagnóstico

Cientistas identificam proteínas que podem ser sinal de desenvolvimento de cancro sete anos antes do diagnóstico

O plano ambicioso da Revolut para Portugal

O plano ambicioso da Revolut para Portugal

Sky Magnetar: avião a hidrogénio quer ligar Londres a Nova Iorque em 90 minutos

Sky Magnetar: avião a hidrogénio quer ligar Londres a Nova Iorque em 90 minutos

Parceria TIN/Público

A Trust in News e o Público estabeleceram uma parceria para partilha de conteúdos informativos nos respetivos sites